LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tem como objetivo, ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas.


11/06/13

Questões de vestibular Clima e vegetação




01Questão: (UFRJ-RJ) O texto a seguir se refere aos grandes conjuntos climatobotânicos.

A vegetação é reflexo das condições naturais, principalmente do solo e do clima do lugar onde ocorre. O Brasil, por contar com grande diversidade climática, apresenta várias formações vegetais. Tem desde densas florestas latifoliadas tropicais, que ocupam mais da metade de seu território, até formações xerófitas, como a
caatinga.
SENE, E. de; MOREIRA, J. C. Geografia Geral e do Brasil: espaço geográfico e globalização. São Paulo: Scipione, 1998. p. 484.

Correlacione as colunas, associando a vegetação aos tipos climáticos.

Coluna 1
1 – Floresta Amazônica
2 – Floresta de Araucária
3 – Floresta Atlântica
4 – Cerrado
5 – Caatinga

Coluna 2
( ) Clima tropical típico
( ) Clima equatorial úmido
( ) Clima tropical litorâneo úmido
( ) Clima subtropical
( ) Clima tropical semiárido

A sequência correta que representa a correlação acima está na opção:

a) 4, 1, 2, 3 e 5.
b) 4, 1, 3, 2 e 5.
c) 4, 1, 5, 2 e 3.
d) 1, 2, 3, 4 e 5.
e) 2, 1, 3, 4 e 5.

02 Questão: (PUC-RS) A Amazônia tem sofrido agressões ambientais incontestáveis, desde desmatamentos para a produção de madeiras até uma quase incontrolável biopirataria. Embora seja necessário promover o desenvolvimento, também é preciso distribuir as riquezas de forma justa e conservar o patrimônio para as gerações seguintes. Para isso, o caminho mais recomendado tem sido o planejamento regional com investimento em políticas públicas qualificadas, o qual deverá considerar, sobretudo:

a) a criação de novas zonas francas, como a de Manaus.
b) o incentivo para as políticas agroindustriais facilitadoras
do ingresso de grupos estrangeiros com capital próprio e portadores de tecnologia moderna.
c) o ecoturismo de massa nas áreas de fácil acesso.
d) a criação de novas fronteiras agrícolas.
e) o desenvolvimento sustentável, com a participação das comunidades locais.

03 Questão:  (UFRRJ-RJ) A inevitável devastação ambiental decorrente do processo de desenvolvimento industrial é um “quadro” que começa a se modificar a partir da defesa pública de um novo conceito: O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.
O uso dessa expressão tem a finalidade de:

a) sustentar a inevitável necessidade do desenvolvimento.
b) garantir que o desenvolvimento contemporâneo não se sustenta.
c) sustentar o meio ambiente em detrimento do desenvolvimento.
d) propor a conciliação do desenvolvimento com o meio ambiente.
e) divulgar a insustentável situação do meio ambiente.

04 Questão:  (FGV- 2002)  Essa região brasileira apresenta as seguintes características geoambientais: pluviosidade irregular, em torno de 750mm/ano, concentrada num período de 3 a 5 meses. Ocorrem períodos agudos de estiagem, quando a precipitação pluviométrica cai para cerca de 450-500mm/ano. As temperaturas são altas, com taxas elevadas de evapotranspiração e balanço hídrico negativo durante parte do ano. A insolação é muito forte, 2.800horas/ano, e está aliada à baixa umidade relativa.
Fonte: http://www.cnpma.embrapa.br/projetos/prod_int/regiaosf.html

O tipo climático e a região brasileira correspondentes ao texto são:

a) Subtropical – Região Centro-Sul.
b) Tropical de altitude – Região Sudeste.
c) Semi-árido – Região Nordeste.
d) Tropical – Região Sudeste.
e) Desértico – Região Nordeste.

05 Questão: (Fuvest - 2002) Assinale a alternativa que indica o climograma que corresponde a uma cidade localizada aproximadamente a 3º Sul e 60º Oeste.


GEOGRAFALANDO COMENTA:
A cidade localizada a aproximadamente 3°S e a 60°O encontra-se na Amazônia. Esta região é mais bem representada pelo climograma da alternativa b, o qual apresenta temperaturas elevadas e estáveis (baixa amplitude térmica) e altos índices de chuva ao longo do ano.
OU AINDA...
As coordenadas geográficas fornecidas pelo enunciado (3° Sul e 60° Oeste) equivalem a um certo trecho do estado do Amazonas, próximo à sua capital, Manaus. Esta cidade está sujeita às variações climáticas referentes ao clima equatorial, que apresenta temperaturas anuais próximas aos 25°C, elevadas precipitações, que oscilam entre 2000 e 3000 mm de chuvas por ano, e ausência de estação seca prolongada.
OU AINDA...
A questão pede a identificação de um climograma de uma localidade situada próxima ao Equador no Brasil. Pela longitude a
cidade situa-se no oeste do Pará ou leste do Amazonas. Nessa região o clima equatorial é caracterizado por elevadas temperaturas médias e chuvas bem distribuídas no ano.

06 Questão: (Fuvest - 2002)  Dentre os vários aspectos que justificam a diversidade biológica da Mata Atlântica, encontram-se:
I – Concentração nas baixas latitudes, associada a elevadas precipitações.
II – Distribuição em áreas de clima tropical e subtropical úmido.
III – Ocorrência apenas em planícies litorâneas, que recebem umidade vinda dos oceanos.
IV – Ocorrência em diferentes altitudes.

Assinale a alternativa que apresenta apenas afirmações
corretas.

a) I e III.
b) I e IV.
c) lI e III.
d) lI e IV.
e) III e IV.

GEOGRAFALANDO COMENTA:
A Mata Atlântica é a floresta tropical úmida, localizada em baixas e médias latitudes, que recobre os mares de morros do Sudeste brasileiro, sendo denominada também Mata Tropical Úmida de Encosta. É heterogênea, fechada, densa, latifoliada, rica em madeiras de lei, e, por causa desse último aspecto, intensamente devastada ao longo do nosso processo histórico. Originalmente esta formação vegetal estendia-se pelo litoral desde o Rio Grande do Norte até o Rio Grande do Sul, portanto abrangia áreas de clima tropical e subtropical.

OU AINDA..

A Mata Atlântica é uma paisagem vegetal típica da faixa litorânea brasileira sob domínio climático tropical (Nordeste e Sudeste) e subtropical (Sul), com elevadas precipitações anuais. Por outro
lado, as unidades de relevo marcadas pela presença dessa paisagem vegetal apresentam diferentes níveis altimétricos. No Sudeste, por exemplo, a Mata Atlântica ocorria, originalmente, no conjunto de terras mais elevadas do país (terras altas do Sudeste), enquanto no Nordeste ela ocupava os baixos planaltos próximos ao litoral.

OU AINDA...

A Mata Tropical Atlântica, a de maior biodiversidade do
mundo, estende-se de 3º latitude Sul até aproximadamente
latitude 30º S. O fator climático é fundamental na
biodiversidade.

07 Questão: (Ufpi) Sobre o bioma que compreende o Cerrado brasileiro, é correto afirmar que:
a) é encontrado nas regiões Centro-Oeste e Sudeste, por conta das densas redes hidrográficas regionais.
b) tem vegetação arbustiva, caducifólia com raízes profundas, galhos retorcidos e casca grossa.
c) cobre 2 milhões de km2 do território nacional, sendo 80% inexplorados.
d) apresenta duas espécies vegetais dominantes, o buritizeiro e o pequizeiro, não exploradas economicamente.
e) tem solos de pouca profundidade o que facilita a infiltração das águas que corrigem a acidez dos solos.

08 Questão: (UFRN–2009) O clima do Brasil é influencia do pela atuação de diferentes massas de ar. A respeito das massas de ar que interferem nas condições climáticas do país pode- se afirmar que

a) A massa polar atlântica (mPa) é fria e úmida, forma-se no Atlântico Norte e no inverno sua atuação limita-se ao litoral nordestino e a Amazônia Ocidental.
b) A massa polar atlântica (mPa) é fria e úmida, forma-se no Atlântico Sul e no inverno atua sobre o litoral nordestino, a Amazônia Ocidental e as regiões Sul e Sudeste.
c) A massa tropical continental (mTc) é quente e úmida, origina-se na Depressão do Chaco e sua influência no Brasil abrange o sul das regiões Norte e Nordeste.
d) A massa tropical continental (mTc) é quente e úmida, origina-se na Amazônia e sua influência no Brasil restringe-se as regiões Norte e Centro-Oeste.


09 Questão: (Fuvest-SP) Considerando as massas de ar que atuam no território brasileiro e alguns de seus efeitos, analise o quadro a seguir e escolha a associação correta.



Massa de Ar
Características
Principais regiões atingidas
Efeitos
a)
Equatorial Atlântica (mEa)
Quente e úmida
Litoral Norte e Nordeste
Formação de chuvas e aumento dos ventos
b)
Equatorial Continental (mEc)
Quente e seca
Interior das regiões Norte, Centro-Oeste e Sul
Formação de ventos e diminuição da umidade relativa do ar
c)
Tropical Atlântica (mTa)
Quente e úmida
Faixa litorânea das regiões Norte e Nordeste
Formação de chuvas e diminuição das temperaturas
d)
Tropical Continental (mTc)
Quente e seca
Sudeste, Sul, parte do Nordeste e Norte
Aumento das temperaturas e dos ventos
e)
Polar Atlântica (mPa)
Fria e seca
Sudeste, Sul e Norte
Diminuição das temperaturas e da umidade relativa do ar


10 Questão: (Fuvest - 2002) Considere o mapa e o texto abaixo.


“A alternância de períodos chuvosos ao Sul e ao Norte da Bacia, garante uma alimentação farta e permanente do rio __________________ o ano inteiro, fazendo com que as oscilações do nível das águas apresentem uma amplitude bem menor do que ocorreria se ele fosse subordinado a um único regime pluvial. Esse relativo equilíbrio hidrológico decorre do deslocamento anual da massa _________________.”
Fonte: Adap. IBGE, 1977.
Assinale a alternativa que completa corretamente o texto.

a) Amazonas – Equatorial Atlântica
b) Paraguai – Tropical Continental
c) Paraguai – Equatorial Atlântica
d) Amazonas – Equatorial Continental
e) Amazonas – Tropical Continental

GEOGRAFALANDO COMENTA:
A Bacia Amazônica apresenta regime complexo, ou seja, recebe águas provenientes do degelo na região andina e das chuvas, ora de afluentes do hemisfério Sul, cujas cheias ocorrem entre dezembro e março, ora de tributários do hemisfério Norte, com cheias de junho a setembro.
OU AINDA...
O relativo “equilíbrio hidrológico” existente na Bacia Amazônica é decorrente das características geográficas da rede hidrográfica e do deslocamento norte-sul da massa Equatorial Continental sobre ela.
Tal massa, que se caracteriza pela elevada umidade, descarrega chuvas nos afluentes da margem esquerda (porção norte) no verão do Hemisfério Norte e nos afluentes da margem direita (porção sul) no verão do Hemisfério Sul, mantendo um relativo equilíbrio no fluxo hídrico do rio Amazonas.
OU AINDA ...
Quando o enunciado da questão se refere à alternância de períodos chuvosos ao sul e ao norte da Bacia, refere-se à região cortada pelo Equador, sendo que os afluentes do Norte (provenientes do antigo Planalto das Guianas) têm seu período de cheia no meio do ano (verão no Hemisfério Norte), enquanto afluentes do Sul (provenientes do antigo Planalto Central) têm suas cheias no final do ano (verão no hemisfério Sul). Na região das cabeceiras, no Peru (Cordilheira do Andes), o regime é nival. A massa de ar dominante é a Equatorial Continental, quente e úmida o ano todo.

11 Questão: (Fuvest - 2001) No trajeto destacado no mapa, predominavam, até fins do século XIX, diferentes tipos de vegetação original.

Assinale a alternativa que indica a sequência correta, segundo a direção NO-SE.



GEOGRAFALANDO COMENTA:
No perfil observado, na direção noroeste-sudeste, partimos de Rondônia, área de domínio da Floresta Equatorial, para, em seguida, passarmos pela formação complexa do Pantanal no Mato Grosso do Sul. Continuando na direção sudeste do perfil, encontramos o Cerrado, ainda no Centro-Oeste e Oeste Paulista, e a Floresta Tropical Atlântica no interior do Estado de São Paulo.
OU AINDA
Partindo-se da distribuição da cobertura original das paisagens vegetais do Brasil, o trajeto proposto pelo mapa, com a direção NO-SE, abrangeria a Floresta Amazônica (sul da Amazônia); Complexo do Pantanal (área da fronteira do Brasil com o Paraguai e a Bolívia); Cerrado (paisagem típica do Centro-Oeste); e Mata Atlântica (vegetação que chegava ao oeste paulista).

OU AINDA..
O trajeto destacado do mapa fica entre Rondônia e São Paulo. As paisagens vegetais naturais são pela ordem: Floresta Amazônica, Complexo do Pantanal, Cerrado e Mata Atlântica.

12ª Questão: Analise esta carta sinótica da América do Sul, em que está indicado, por uma seta, um sistema atmosférico:


A partir dessa análise e considerando outros conheci­mentos sobre o assunto,

a) IDENTIFIQUE o sistema atmosférico indicado, nessa carta, pela seta.
b) EXPLIQUE de que modo se forma esse tipo de sistema atmosférico.
c) IDENTIFIQUE dois fenômenos meteorológicos possivelmente resultantes da passagem desse sistema atmosférico sobre o sul do Estado de Minas Gerais.

GEOGRAFALANDO COMENTA:
Resposta:
a) Trata-se de um sistema frontal caracterizado por uma frente fria.
b) Os sistemas frontais formam-se a partir do deslocamento de ar por diferenças de pressão atmosférica. O ar circula na atmosfera das zonas de alta para as zonas de baixa pressão.
c) A entrada de um sistema frontal de frente fria no sul de Minas pode resultar em chuvas frontais, seguidas pela massa de ar frio, que provoca queda de temperatura e, em casos de frentes mais fortes, a formação de geadas

13ª Questão: (OSEC) O deslocamento das massas de ar, que dão origem aos ventos, se faz sempre:

a) das áreas mais elevadas para as mais baixas.
b) das áreas de temperaturas mais altas para as de temperatura mais baixa.
c) das áreas de alta pressão para as de baixa pressão.
d) das áreas mais úmidas para as mais secas.
e) de oeste para leste.


GEOGRAFALANDO COMENTA:
Resposta:

O que proporciona a formação dos ventos e o deslocamento das massas de ar sempre é a diferença de pressão, de forma que essas movimentações sempre acontecem das zonas de maior para as de menor pressão.
Letra C.
14ª Questão:  (UFSC) As massas de ar que determinam o tempo e o clima na região Sul do Brasil correspondem aos números 1, 2 e 3 do mapa.


Estas massas são, respectivamente:

a) tropical atlântica, equatorial continental e tropical continental;
b) polar atlântica, equatorial atlântica e tropical atlântica;
c) tropical atlântica, polar atlântica e tropical continental;
d) equatorial continental, equatorial atlântica e tropical atlântica;
e) tropical atlântica, equatorial continental e polar atlântica;

15ª Questão: (UFRN–2009) O clima do Brasil é influenciado pela atuação de diferentes massas de ar. A respeito das massas de ar que interferem nas condições climáticas do país pode-se afirmar que


a) A massa polar atlântica (mPa) é fria e úmida, forma-se no Atlântico Norte e no inverno sua atuação limita-se ao litoral nordestino e a Amazônia Ocidental.
b)A massa polar atlântica (mPa) é fria e úmida,forma-se no Atlântico Sul e no inverno atua sobre o litoral nordestino, a Amazônia Ocidental e as regiões Sul e Sudeste.
c)A massa tropical continental (mTc) é quente e úmida, origina-se na Depressão do Chaco e sua influência no Brasil abrange o sul das regiões Norte e Nordeste.
d)A massa tropical continental (mTc) é quente e úmida, origina-se na Amazônia e sua influência no Brasil restringe-se as regiões Norte e Centro-Oeste.

16ª Questão:  (Ufg) Observe os mapas a seguir.

A dinâmica das massas de ar é um dos fatores que explica a caracterização climática de uma área. A leitura e a interpretação dos mapas indicam que o clima do território goiano é influenciado pela atuação da massa

a) Equatorial continental durante o ano todo.
b) Tropical atlântica no verão e Polar atlântica durante o inverno.
c) Equatorial continental no verão e Equatorial atlântica no inverno.
d) Tropical atlântica durante o ano todo.
e) Equatorial continental no verão e Tropical atlântica no inverno.



Resposta: E

GEOGRAFALANDO COMENTA:

A leitura e a interpretação dos mapas indicam que o clima do  território goiano é  influenciado pela atuação  da Massa Tropical Atlântica (mTa) no inverno e no verão pela  massa Equatorial continental (mEc) que por não encontra obstáculos e se expande por boa parte do território brasileiro inclusive pelo território goiano nesse período. Pois no inverno o avanço da massa Polar atlântica inibe a presença da massa Equatorial continental que nessa área ficando restrita ao noroeste amazônico.
17 ª Questão: (UNEMAT) É um clima controlado por massas de ar equatoriais e tropicais, é muito quente, com pequenas amplitudes térmicas e chuvas abundantes na maior parte do ano.

Assinale a alternativa que identifica o clima e o local de ocorrência.

a) Tropical Continental - Cuiabá.
b) Equatorial seco - Rio Branco.
c) Tropical semi-úmido - Ilhéus.
d) Tropical semi-árido - Teresina.
e) Equatorial úmido - Boa Vista.

18ª Questão: (UDESC) Observe o mapa abaixo.

Analise as proposições sobre as massas de ar que atuam no Brasil, representadas no mapa pelos números arábicos.

I. O número 1 representa a Massa Equatorial Atlântica.
II. O número 2 representa a Massa Equatorial Amazônica.
III. O número 3 representa a Massa Tropical Atlântica.
IV. O número 4 representa a Massa Tropical Continental.
V. O número 5 representa a Massa Polar Atlântica.
Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I, III, IV e V são verdadeiras.
b) Somente as afirmativas I, II e V são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas IV e V são verdadeiras.
e) Todas as afirmativas são verdadeiras.

19ª Questão: (UECE) Assinale a afirmação INCORRETA sobre o semi-árido brasileiro.

a) Sob o ponto de vista geoambiental, além das vulnerabilidades climáticas, grande parte dos solos encontra-se degradada.
b) Os processos de uso da terra têm induzido à degradação dos solos, da biodiversidade e da perda da produtividade da agricultura tradicional.
c) A disponibilidade de água não é mais um fator crítico, pois, com a construção de grandes açudes, atende-se plenamente à população e às atividades que ela pratica.
d) O fator limitante mais importante para a vida humana e animal e para as atividades produtivas agropecuárias é a escassez de recursos hídricos.

20ª Questão: (PUC) As porções orientais do território brasileiro, em termos de clima, sofrem maior intervenção da massa de ar:

a) Equatorial Continental (mEc)
b) Equatorial Atlântica (mEa)
c) Tropical Continental (mTc)
d) Tropical Atlântica (mTa)
e) Polar Atlântica (mPa)


21ª Questão: (Mackenzie) "Essas características climáticas aparecem retratadas no quadro natural pela vegetação xerofítica, pelo escoamento hidrográfico intermitente e pelos solos pedregosos com formas agressivas, como, por exemplo, os campos de "inselbergs" (...)
(Ross, J. L. S. - "Geografia do Brasil")

As características climáticas citadas no texto referem-se ao clima:

a) equatorial.
b) subequatorial.
c) tropical continental.
d) semi-árido.
e) subtropical.

22ª Questão:   (Mackenzie)

Os climogramas anteriores se referem, respectivamente, aos climas brasileiros:

a) Tropical de altitude, Tropical e Tropical úmido.
b) Equatorial Semiúmido, Tropical de altitude e Tropical Semiárido.
c) Tropical Úmido, Equatorial Semiúmido e Equatorial úmido.
d) Equatorial úmido, Tropical e Tropical úmido.
e) Tropical, Subtropical e Tropical de altitude.

23ª Questão:  (Fgv) Essa região brasileira apresenta as seguintes características geoambientais: pluviosidade irregular, em torno de 750mm/ano, concentrada num período de 3 a 5 meses.  Ocorrem períodos agudos de estiagem, quando a precipitação pluviométrica cai para cerca de 450-500mm/ano. As temperaturas são altas, com taxas elevadas de evapotranspiração e balanço hídrico negativo durante parte do ano. A insolação é muito forte, 2.800 horas/ano, e está aliada à baixa umidade relativa
         Fonte:http://www.cnpma.embrapa.br/projetos/prodint/regiaosf.html

O tipo climático e a região brasileira correspondentes ao texto são:

a) Subtropical - Região Centro-Sul.
b) Tropical de altitude - Região Sudeste.
c) Semi-árido - Região Nordeste.
d) Tropical - Região Sudeste.
e) Desértico - Região Nordeste.

24ª Questão:  (FMTM-MG) Observe a figura  apresentado.

A vegetação  apresentado representa o Domínio Morfoclimático do:(a)

a) Pradarias ou pampas
b) Amazônica.
c) Cerrado
d) Mares de Morro.
e) Araucária.

25ª Questão:  (UFSC 2006) Com base no mapa da dinâmica das massas de ar no Brasil, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).


(01) O número 1 representa a massa equatorial continental.
(02) O elevado índice pluviométrico registrado no verão, no Nordeste brasileiro, deve-se à atuação das massas de ar de números 2 e 5.
(04) Identificada com o número 3, a massa tropical atlântica, formadora dos ventos alísios de sudeste, atua na faixa litorânea brasileira.
(08) Em localidades que sofrem a influência da continentalidade, a amplitude térmica sazonal é bem maior do que a das localidades que sofrem influência da maritimidade.
(16) No inverno, a massa de ar identificada com o número 4 atinge todo o Complexo Regional da Amazônia, provocando quedas bruscas na temperatura, o que constitui o fenômeno da friagem.
Total________

26ª Questões: (Ufrr) Observe atentamente o mapa a seguir:
 
Com base no mapa acima, assinale a opção que indica corretamente a classificação de climas (que leva em consideração as massas de ar) de cada região numerada:

a) I- Tropical; II - Equatorial úmido; III - Subtropical úmido; IV - Tropical semi-árido; V- Litorâneo úmido.
b) I - Equatorial úmido; II - Tropical semiárido; III - Tropical; IV - Subtropical úmido; V- Litorâneo úmido.
c) I - Tropical úmido; II - Tropical seco; III- Tropical semi-árido; IV - Tropical litorâneo; V- Subtropical frio.
d) I - Tropical; II - Equatorial úmido; III- Tropical seco; IV - Tropical litorâneo; V- Subtropical frio.
e) I- Equatorial úmido; II - Tropical; III - Tropical semi-árido; IV - Litorâneo úmido;V- Subtropical úmido.

27ª Questão (Fuvest-SP) Considerando as massas de ar que atuam no território brasileiro e alguns de seus efeitos, analise o quadro a seguir e escolha a associação correta.

28ª Questão: (Uel) Observe as figuras abaixo.



Tendo como base os domínios morfológicos descritos por Ab’Saber, numa viagem pelo Brasil, as paisagens reproduzidas nas figuras 1, 2 e 3, pertencem respectivamente aos domínios



a) Amazônico, Pampas e Cerrado.
b) Cerrado, Caatinga e Araucária.
c) Caatinga, Cerrado e Araucária.
d) Campos, Cerrado e Amazônia.
e) Caatinga, Campos e Cerrado.



29ª Questão: (Ufrn) Em uma aula de Geografia, o professor projetou para os alunos slides contendo características importantes de domínios morfoclimáticos brasileiros.



 
Os slides 1, 2, 3 e 4 correspondem, respectivamente, a características dos seguintes domínios morfoclimáticos:

a) mares de morros, caatinga, amazônico e cerrado.
b) cerrado, caatinga, mares de morros e amazônico.
c) cerrado, mares de morros, caatinga e amazônico.
d) caatinga, cerrado, amazônico e mares de morros.



30ª Questão:  Observe o mapa dos domínios morfoclimáticos brasileiros.


Marque a alternativa que relaciona corretamente os domínios morfoclimáticos numerados no mapa.



a) 1, domínio amazônico; 2, faixa de transição; 3, domínio do cerrado; e 5, domínio das araucárias.

b) 3, domínio de mares e morros; 7, faixa de transição; 4, domínio da caatinga; e 6, domínio das pradarias.

c) 2, domínio das pradarias; 4, domínio do cerrado; 7, domínio da caatinga; e 5, domínio das araucárias.

d) 1, domínio amazônico; 3, faixa de transição; 4, domínio do cerrado; e 2, domínio da caatinga.

e) 7, domínio de mares e morros; 1, domínio amazônico; 3, faixa de transição; e 6, domínio das pradarias.



31ª Questão: (UFRRJ-2009) A vegetação natural de uma área é a expressão das características do solo, relevo e clima, e das interações entre esses elementos ao longo do tempo. Leia as afirmativas I, II e III, que descrevem os tipos de vegetação do Brasil.



I. É uma floresta densa e intrincada, as plantas crescem muito próximas umas das outras, e é comum a ocorrência de plantas parasitas. Desenvolve-se em região de clima quente e úmido.

II. Constitui-se basicamente por vegetação arbustiva e herbácea. Desenvolve-se em clima tropical semi úmido.

III. Predominam as espécies lenhosas e herbáceas,de pequeno porte, geralmente dotadas de espinhos. Desenvolve-se em área de clima semi árido.



Assinale a única alternativa que contém todas as formações vegetais descritas:



a) I. Mata Atlântica, II. Caatinga e III. Mata de Araucária.
b) I. Pantanal, II. Cerrado e III. Floresta Amazônica.
c) I. Floresta Amazônica, II. Caatinga e III. Mata de Araucária.
d) I. Floresta Amazônica, II. Cerrado e III. Caatinga.
e) I. Mata de Araucária, II. Pantanal e III. Mangue.

32ª Questão:   (Ufpi) As áreas de deserto e de ambiente semi-áridos são constituídos por uma vegetação adaptada às condições destes meios. Com base nessa declaração e na gravura abaixo, pode-se afirmar corretamente que suas plantas são predominantemente:
a) xerófitas e caducifólias.
b) hidrófilas e perenifólias.
c) xerófitas e perenifólias.
d) hidrófitas e caducifólias.
e) xerófilas e hidrófitas.
 

33ª Questão: Leia o fragmento e observe o gráfico que segue.
O tempo refere-se ao estado momentâneo da atmosfera em dado instante e lugar, enquanto o clima diz respeito à série dos estados atmosféricos acima de um lugar em sua sucessão habitual, durante um longo período.
MENDONÇA, Francisco; DANNI-OLIVEIRA, Inês Moresco.
“Climatologia: noções básicas e climas do Brasil”. São Paulo: Oficina de Textos, 2007. [Adaptado].

Com base na leitura do texto e na interpretação do gráfico,
a) apresente e explique um dos fatores geográficos responsáveis pela determinação desse tipo climático;
b) explique a relação existente entre a temperatura e a pluviosidade durante o verão.

GEOGRAFALANDO COMENTA:

a) Um dos fatores geográficos e sua explicação, entre os apresentados a seguir:

- maritimidade/continentalidade: as áreas costeiras geralmente possuem umidade maior que as localizadas no interior do continente. Goiânia situa-se afastada da superfície marítima, por isso sofre inexpressiva influência da maritimidade;

- altitude: em decorrência da temperatura ser consequência da irradiação do calor existente na superfície terrestre, à medida que aumenta a altitude diminui-se a temperatura. Em Goiânia, tem-se altitudes do relevo, expressas em cotas altimétricas medianas;

- situação latitudinal: a proximidade ou não em relação à Linha do Equador determina maiores ou menores temperaturas médias. Em virtude de Goiânia localizar-se na área intertropical, sua temperatura média é de, aproximadamente, 23 °C;

- formas do relevo: a distribuição dos grandes compartimentos (serras, planaltos e planícies) formam corredores naturais para o desenvolvimento dos sistemas atmosféricos em grandes extensões, ou seja, a configuração do relevo pode facilitar ou dificultar a circulação das massas de ar. No caso de Goiânia, tem significativa expressão os alinhamentos N/S do território sul-americano e o relevo suave-ondulado de Goiânia;

- dinâmica das massas de ar e frentes: são responsáveis pelas características de temperatura e umidade. As massas de ar que mais interferem nas características do clima de Goiânia são a equatorial continental, tropical continental, tropical atlântica e a polar atlântica;

- vegetação/atividades humanas: as intervenções na paisagem, decorrentes da economia moderna, ocasionam transformações na dinâmica natural. Essas intervenções, no caso de Goiânia, são mais evidentes pelo processo do desmatamento para a realização de obras de engenharia.



b) Relação existente entre a temperatura e a pluviosidade durante o verão:

Essa área apresenta temperaturas elevadas na maior parte do ano, sendo nos meses de setembro e outubro o período em que se observa temperaturas mais elevadas. No período do verão (de dezembro a março), verifica-se que as temperaturas continuam elevadas, apresentando médias que oscilam entre 22 °C e 24 °C. A incidência dos totais pluviométricos concentra-se entre os meses de outubro a abril, com destaque para os meses de dezembro a março (verão), com índices pluviométricos médios entre 200 e 275 mm. Observa-se, mediante a leitura e interpretação das médias térmicas mensais e dos índices pluviométricos, que o verão caracteriza-se por ser uma estação quente e chuvosa.

34ª Questão: As figuras a seguir apresentam os mapas com a atuação das massas de ar no inverno e no verão brasileiros e o climograma da cidade de Cuiabá.


De acordo com a atuação das massas de ar equatorial continental, tropical atlântica e polar atlântica, justifique as variações da temperatura e da pluviosidade do clima de Cuiabá.
GEOGRAFALANDO COMENTA:

A temperatura mantém-se elevada o ano todo, pois as duas massas de ar que afetam a região são quentes. No inverno ocorre também o fenômeno da friagem, causada pelo avanço da Massa Polar Atlântica, resultando na queda de temperatura.

A pluviosidade é elevada no verão, período de influência da Massa Equatorial Continental, que é úmida. Durante o inverno, a Massa Tropical Atlântica não consegue levar a umidade, causando uma redução na quantidade de chuva.


Ou ainda...

A temperatura mantém-se elevada o ano todo, pois as duas massas de ar que afetam a região são quentes. No inverno ocorre também o fenômeno da friagem, causada pelo avanço da Massa Polar Atlântica, resultando na queda de temperatura. A pluviosidade é elevada no verão, período de influência da Massa Equatorial Continental, que é úmida. Durante o inverno, a Massa Tropical Atlântica não consegue levar a umidade, causando uma redução na quantidade de chuva.


35ª Questão: Compare os gráficos apresentados e, a seguir, faça o que se pede.
a) Identifique e nomeie os climas apresentados nos gráficos.
b) Caracterize os dois tipos climáticos apresentados.

GEOGRAFALANDO COMENTA:
a) Clima I: equatorial
    Clima II: subtropical

b) I: quente e úmido, com pequena amplitude térmica, alta pluviosidade, chuvoso o ano todo.

    II: grande amplitude térmica, invernos rigorosos, sem estação seca definida.

36ª Questão: Não raro, a temperatura no Rio de Janeiro cai bruscamente em função da chegada de “frentes” frias.

a) O que são “frentes”?
b) Dê o nome das massas responsáveis pela formação das frentes frias que atingem o Rio de Janeiro e apresente suas principais características.
GEOGRAFALANDO COMENTA:

a) As “frentes” são áreas limítrofes entre massas de ar de propriedades diferentes.

b) A massa tropical atlântica (mTa), que se origina no Atlântico Sul, quente e úmida, e a massa polar atlântica do hemisfério sul (mPa), fria e úmida.



37ª Questão: Os mapas adiante representam o comportamento das massas de ar no verão e inverno brasileiros:


Com base na leitura dos mapas e em seus conhecimen­tos, responda:
a) Qual é a massa de ar responsável pela queda de temperaturas observada durante o inverno nas regiões Sul e Sudeste do Brasil?
b) Qual é a massa de ar que mais atua no território brasileiro no verão?
c) Compare a atuação da Massa de Ar Equatorial Continental (mEc) no verão e no inverno brasileiros. O que você pode concluir?
GEOGRAFALANDO COMENTA:
Resposta:
a) Atuação da massa Polar atlântica (mPa).
b) Massa Equatorial continental (mEa) e também a massa Tropical atlântica (mTa).
c) No verão a massa Equatorial continental não encontra obstáculos e se expande por boa parte do território brasileiro.
No inverno o avanço da massa Polar atlântica inibe a presença da massa Equatorial continental que fica restrita ao noroeste amazônico.

38ª Questão: Nas épocas de estiagem, a dispersão de poluentes é dificultada e a qualidade do ar piora muito na cidade de São Paulo, afetando, consideravelmente, a saúde das pessoas.
Analise o gráfico sobre o número acumulado de inver­sões térmicas, de 1985 a 2003, e

a) defina o fenômeno meteorológico denominado inversão térmica.
b) explique a tendência de ocorrência desse fenômeno na cidade de São Paulo, no período analisado.
GEOGRAFALANDO COMENTA: 
a) As inversões térmicas resultam do rápido esfriamento do ar próximo à superfície, sob uma camada de ar quente. O fenômeno deixa o ar estagnado e dificulta a dispersão de poluentes, provocando graves problemas de saúde, principalmente respiratórios.
b) A ocorrência de inversões térmicas, está associada aos meses de inverno, junho, julho e agosto, período de baixas temperaturas e pouca pluviosidade.

39ª Questão: Os mapas a seguir representam a situação das massas de ar que atuam no Brasil no solstício de verão e no solstício de inverno.

Observe e faça o que se pede:

a) Durante o inverno, por que a massa polar consegue atingir mais facilmente a região amazônica?
b) Por que a massa tropical continental é atuante no Brasil apenas no verão?
c) Na Zona da Mata nordestina, por que as chuvas concentram-se no solstício de inverno?
GEOGRAFALANDO COMENTA:
a) Inverno: a diminuição da influência do centro de baixa do Chaco permite que o anticiclone do Atlântico Sul e da Argentina avance sobre o continente. Entram nas calhas de relevo e favorecem a ocorrência das friagens na Amazônia.
b) Verão: Ciclone formado na depressão barométrica do Chaco com baixas pressões (alta temperatura) facilitando a convergência das massas de ar equatorial e atlântica.
c) A influência da massa Polar atlântica se faz sentir no litoral nordestino, provocando chuvas de inverno.

40ª Questão: O gráfico a seguir retrata a distribuição das temperaturas e precipitações médias mensais de Barra (BA).
a) Qual é o tipo climático representado e sua principal área de ocorrência?
b) Descreva os principais aspectos térmicos e pluviométricos do tipo climático representado.
c) Qual é a formação vegetal que aparece associada a este tipo climático?
GEOGRAFALANDO COMENTA:

a) O tipo climático representado no gráfico é o Tropical semiárido, cuja principal área de ocorrência é o Sertão Nordestino.
b) Elevadas médias térmicas anuais (em torno de 28°C) e por chuvas escassas (menos de 750 milímetros por ano) e de irregular distribuição ao longo dos meses.
c) A caatinga.

41ª Questão

 Boletim do Tempo para o Brasil
Válido para 07 de abril de 2003 - segunda
A semana começa com chuva em quase todo o país. A frente fria que há alguns dias está no Sudeste, hoje, deixa o tempo instável e com chuva, chuviscos e trovoadas em SP, RJ, MG, ES, DF, GO, MS e MT. No Norte e Nordeste, devido ao calor e à umidade, há um aumento da nebulosidade e, à tarde, ocorrem pancadas de chuva e trovoadas isoladas. No Sul, uma massa de ar frio de origem polar deixa o tempo ensolarado e com temperaturas baixas. O Sol aparece com poucas nuvens na BA, SE e AL. A temperatura mínima fica em torno de 6°C nas serras gaúchas e catarinenses, e a máxima atinge 37°C no norte da BA e de RR.
(www.infotempo/uol.com.br)

A partir das informações sobre o tempo,

a) indique quatro elementos do clima;
b) explique como a latitude interfere no clima.
GEOGRAFALANDO COMENTA:

a) Elementos do clima: temperatura, umidade, pressão atmosférica (massas de ar) e precipitações (chuvas, chuviscos).
b) À medida que aumenta a latitude, diminui a temperatura e aumenta a amplitude térmica.
O tipo e a distribuição da cobertura vegetal está associada a fatores como clima, solo e recursos hídricos. Explique por que isso ocorre e cite o exemplo de um tipo específico de vegetação e suas características em função dos fatores citados.
A vegetação é um reflexo do conjunto de fatores apresentados. Dependendo da forma como interagem o clima, o solo e a água numa dada região e das características de cada um desses elementos haverá um certo tipo de vegetação. Como exemplos a vegetação amazônica, o cerrado ou a caatinga.

42ª Questão: (UDESC) Observe o mapa abaixo.
Analise as proposições sobre as massas de ar que atuam no Brasil, representadas no mapa pelos números arábicos.

I. O número 1 representa a Massa Equatorial Atlântica.
II. O número 2 representa a Massa Equatorial Amazônica.
III. O número 3 representa a Massa Tropical Atlântica.
IV. O número 4 representa a Massa Tropical Continental.
V. O número 5 representa a Massa Polar Atlântica.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I, III, IV e V são verdadeiras.
b) Somente as afirmativas I, II e V são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas IV e V são verdadeiras.
e) Todas as afirmativas são verdadeiras.

43ª Questão: (UECE) Assinale a afirmação INCORRETA sobre o semi-árido brasileiro.
a) Sob o ponto de vista geoambiental, além das vulnerabilidades climáticas, grande parte dos solos encontra-se degradada.
b) Os processos de uso da terra têm induzido à degradação dos solos, da biodiversidade e da perda da produtividade da agricultura tradicional.
c) A disponibilidade de água não é mais um fator crítico, pois, com a construção de grandes açudes, atende-se plenamente à população e às atividades que ela pratica.
d) O fator limitante mais importante para a vida humana e animal e para as atividades produtivas agropecuárias é a escassez de recursos hídricos.

44ª Questão: (UFAM) Na maior parte do Brasil central as chuvas ocorrem de outubro a março, e a seca de abril a setembro, constituindo o domínio do clima:

a) subtropical
b) equatorial
c) tropical
d) tropical semi-árido

45ª Questão: (UNIPAR) O clima do Brasil é influenciado diretamente pelas massas de ar que circulam na atmosfera, pois elas possuem
características distintas quanto à origem, umidade e temperatura. Sobre esse assunto podemos afirmar que:

I. A região Sul do Brasil sofre grande influência das massas polares que se originam na região Antártida, principalmente nos
meses de inverno.
II. As massas tropicais têm suas origens próximas aos trópicos, são sempre quentes, mas podem ser úmidas ou secas.
III. A massa tropical atlântica tem sua origem no oceano Atlântico, é quente e seca.

Podemos afirmar que:

a) I, II e III são corretas.
b) somente I e II são corretas.
c) somente I e III são corretas.
d) somente II e III são corretas.

46ª Questão: O Clima corresponde ao comportamento da atmosfera ao longo do ano em um determinado ponto da superfície terrestre devido a um conjunto de fatores e elementos climáticos (Sene & Moreira, 2002).

Qual das alternativas apresenta apenas alguns desses fatores climáticos?

a) Pressão atmosférica, altitude, temperatura, vegetação e longitude.
b) Umidade, urbanização, reflorestamento, temperatura e pluviosidade.
c) Massas de ar, relevo, altitude, vegetação e latitude.
d) Pressão atmosférica, clima, relevo, vegetação, antropização.

4Questão: Com base na análise dos climogramas e nos conhecimentos sobre os tipos de climas, assinale a alternativa que indica CORRETAMENTE a sequência de climas:

a)Equatorial, Tropical Semiárido e Tropical de Altitude.
b)Tropical de Altitude, Equatorial e Tropical Semiárido.
c)Equatorial, Tropical Úmido e Tropical Semi árido.
d) Tropical Semi árido, Tropical de Altitude e Equatorial.

48ª Questão: A partir da leitura do mapa abaixo:


Responda as questões que se segue.

a) Durante o inverno, por que a massa polar consegue
atingir mais facilmente a região amazônica?
b) Por que a massa tropical continental é atuante no
Brasil apenas no verão?
c) Na Zona da Mata nordestina, por que as chuvas
concentram- se no solstício de inverno?

49ª Questão: (UFRN) As condições climáticas de um dado lugar estão relacionadas à atuação de um conjunto de elementos e fatores, dentre os quais se destaca a latitude.

Observando a figura a seguir, fica evidente que a cidade de Belém apresenta temperaturas médias anuais mais elevadas que
a cidade de Porto Alegre.


Essa diferença acontece porque

a) Belém apresenta maiores temperaturas, tendo em vista receber maior incidência de raios solares, por estar localizada em áreas de altas latitudes.
b) Porto Alegre se encontra em baixas latitudes, ocorrendo uma menor incidência dos raios solares, e, portanto, apresenta maiores médias de temperatura.
c) Belém está localizada em baixa latitude e recebe uma maior incidência dos raios solares, o que contribui para a não ocorrência de grandes variações de temperatura.
d) Porto Alegre está localizada em áreas de alta incidência de raios solares, portanto, de altas latitudes, o que contribui para elevadas variações de temperatura.

50ª Questão: (UFPE) Considerando que a temperatura da atmosfera depende da insolação, é correto afirmar:

a) A atmosfera atua como uma enorme manta protetora que conserva grande parte do calor solar recebido pela Terra.
b) Quanto maior a altitude, maior é a quantidade de calor aprisionada pela atmosfera e, conseqüentemente, mais elevada é a temperatura.
c) O efeito estufa é um fenômeno atmosférico provocado pela ação humana.
d) Nas áreas tropicais e nas áreas polares, as variações anuais de temperatura são mais marcantes do que nas áreas temperadas.

51ª Questão: (UFF) O ecossistema amazônico abriga cerca de 80 mil espécies vegetais e 30 milhões de espécies animais. Toda essa
riqueza em biodiversidade resulta da interação de diversos fatores ecológicos, dentre os quais destaca-se a dinâmica das massas de ar que regulam as condições climáticas da região.

Pode-se afirmar que, na Amazônia, ocorre:

a) o domínio das massas de ar Equatorial Atlântica e Equatorial Continental, que contribuem para a alta pluviosidade e para as
elevadas temperaturas médias na região;
b) o predomínio da massa Tropical Atlântica no inverno, que desloca a Massa Equatorial Pacífica e provoca elevadas pluviosidade e temperatura, no verão;
c) o controle das massas Tropical Continental e Equatorial Atlântica, dividindo a região em duas estações bem definidas -
quente e seca no verão, chuvosa e fria no inverno;
d) o encontro das massas Polar Atlântica e Tropical Pacífica no inverno, e das massas Polar Pacífica e Tropical Continental no
verão, promovendo elevadas taxas de umidade o ano inteiro.

52ª Questão: (FATEC) Analise os climogramas.


Os climogramas correspondem, respectivamente, às localidades e aos tipos climáticos:

a) Belém: equatorial úmido; Porto Alegre: subtropical úmido.
b) São Luis: tropical; Salvador: tropical semi-árido.
c) Cuiabá: tropical; Belo Horizonte: tropical semi-árido.
d) Manaus: equatorial úmido; Palmas: tropical de altitude.

53ª Questão: (MACK)

No Brasil, os climogramas, caracterizados acima, identificam, respectivamente, os domínios morfoclimáticos

a) Amazônico, das Araucárias e das Pradarias.
b) da Caatinga, das Araucárias e Amazônico.
c) do Cerrado, Amazônico e das Araucárias.
d) do Cerrado, das Araucárias e Amazônico.

54ª Questão:(UFMS) As correntes marítimas frias provocam alterações no clima continental por onde passam. Ao se comparar a costa atlântica do sudeste brasileiro, banhada pela Corrente do Brasil, com a do sudoeste africano, banhada pela Corrente de Benguela, em relação à temperatura média e à precipitação anuais, é correto afirmar que

a) há um aumento da temperatura média e da precipitação anuais, na costa litorânea, banhada pela corrente marítima fria, decorrente da inversão térmica.
b) tanto a corrente marítima quente quanto a fria elevam a temperatura média anual no continente, porém diminuem a precipitação anual.
c) as correntes marítimas frias provocam chuvas no continente devido ao encontro de massas de ar de diferentes pressões.
d) ocorre uma diminuição da temperatura média e da precipitação anuais no lado africano em relação ao brasileiro.

55ª Questão:(UFRN-2009) O clima é influenciado pelo movimento das massas de ar que atuam sobre as diferentes áreas do planeta. A respeito das massas de ar, pode-se afirmar:

a) Os seus deslocamentos ocorrem de uma zona de alta pressão atmosférica para uma de baixa pressão.
b) Os valores originais de pressão, temperatura e umidade são mantidos no decorrer de seu deslocamento.
c) Aumentam sua umidade, ao passarem sobre as correntes marítimas frias, e provocam chuvas intensas no continente.
d) Ao se formarem próximo às altas latitudes, são quentes e, em áreas de baixas latitudes, são frias.

56ª Questão:(UFPI) Considerando a classificação dos tipos de chuva, segundo sua gênese, analise as alternativas:
I. A chuva frontal forma-se pela evaporação localizada, seguida de condensação e da precipitação.
II. Convectiva é o tipo de chuva na qual uma massa de ar frio se desloca e se choca com uma massa de ar quente, que se condensa e se precipita nessa faixa de contato.
III. Orográfica corresponde à chuva que ocorre devido à ascensão de ar quente e úmido que se resfria no contato com o relevo montanhoso ou de planalto.

Assinale a alternativa correta:
a) I está correta.
b) II está correta.
c) III está correta
d) I e II estão corretas

57ª Questão:(UFMA) As áreas I e II, no Mapa do Brasil abaixo, correspondem aos tipos climáticos


a) Tropical e Subtropical Úmido
b) Tropical e Litorâneo Úmido
c) Equatorial Úmido e Litorâneo Úmido
d) Equatorial Úmido e Subtropical Úmido

58ª Questão:(UFRN-2009) O clima do Brasil é influenciado pela atuação de diferentes massas de ar. A respeito das massas de ar que interferem nas condições climáticas do país pode-se afirmar que

a) A massa polar atlântica (mPa) é fria e úmida, forma-se no Atlântico Norte e no inverno sua atuação limita-se ao litoral nordestino e a Amazônia Ocidental.
b) A massa polar atlântica (mPa) é fria e úmida, forma-se no Atlântico Sul e no inverno atua sobre o litoral nordestino, a
Amazônia Ocidental e as regiões Sul e Sudeste.
c) A massa tropical continental (mTc) é quente e úmida, origina-se na Depressão do Chaco e sua influência no Brasil abrange o sul das regiões Norte e Nordeste.
d) A massa tropical continental (mTc) é quente e úmida, origina-se na Amazônia e sua influência no Brasil restringe-se as regiões Norte e Centro-Oeste.

59ª Questão:(UFPR) Os climogramas I, II, III e IV representam graficamente as variações de temperatura média mensal (linhas) e as quantidades mensais de chuva de determinadas localidades (colunas).
 Considerando os climogramas acima, é correto afirmar:

a) O climograma I é representativo de uma região equatorial, porque as temperaturas permanecem altas o ano todo e as precipitações são constantes e elevadas.
b) Os climogramas III e IV representam áreas semelhantes localizadas em hemisférios opostos.
c) O climograma III é adequado à representação do clima do sul da América do Sul, conforme indica a baixa pluviosidade em quase todos os meses do ano.
d) Os dados expressos no climograma IV permitem afirmar que as temperaturas elevadas são diretamente proporcionais à quantidade de precipitação.

60ª Questão:(MACK) As ilhas de calor fazem parte de um conjunto de fenômenos decorrentes da ação antrópica sobre o meio ambiente, resultado do tipo de sociedade criada e gerada por uma série de fatores, entre os quais podemos destacar:

a) a permeabilização dos solos através do calçamento e asfalto, que provoca o lento escoamento das águas da chuva, reduzindo o processo de evaporação.
b) a ação da poluição atmosférica, que dispersa a radiação do calor por toda a superfície, causando o aquecimento da atmosfera ou o que chamamos de efeito estufa.
c) a possibilidade da inversão térmica diminuir, devido à diminuição gradativa da temperatura nas camadas da atmosfera próximas à superfície das áreas urbanizadas.
d) a escassez de áreas revestidas de vegetação, que prejudica o que chamamos de albedo, ou seja, o poder refletor de determinada superfície, levando a uma maior absorção do calor recebido.

61ª Questão:(URCA) A classificação mais utilizada para os diferentes tipos de clima do Brasil assemelha-se a criada pelo estudioso Arthur Strahler, que se baseia na origem, natureza e movimentação das correntes e massas de ar. De acordo com essa classificação, os tipos de clima do Brasil são os seguintes; EXCETO:

a) Subtropical: presente na região sul dos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Caracteriza-se por verões quentes e úmidos e invernos frios e secos. Chove muito nos meses de novembro a março. O índice pluviométrico anual é de, aproximadamente, 2.000 mm. As temperaturas médias ficam em torno de 20º C. Recebe influência, principalmente no inverno, das massas de ar frias vindas da Antártida.
b) Semi-árido: presente, principalmente, no sertão nordestino, caracteriza-se pela baixa umidade e pouquíssima quantidade de chuvas. As temperaturas são altas durante quase todo o ano.
c) Equatorial-Tropical encontra-se na região da Amazônia. As temperaturas são elevadas durante quase todo o ano. Chuvas em grande quantidade, com índice pluviométrico acima de 2.500 mm anuais.
d) Tropical de altitude: ocorre principalmente nas regiões serranas do Espírito Santo, Rio de Janeiro e Serra da Mantiqueira. As temperaturas médias variam de 15 a 21º C. As chuvas de verão são intensas e no inverno sofre a influência das massas de ar frias vindas pelo Oceano Atlântico. Pode apresentar geada no inverno.
e) Tropical Atlântico (tropical úmido): presente, principalmente, nas regiões litorâneas do Sudeste, apresenta grande influência da umidade vinda do Oceano Atlântico. As temperaturas são elevadas no verão (podendo atingir até 40°C) e amenas no inverno (média de 20º C). Em função da umidade trazida pelo oceano, costuma chover muito nestas áreas.

62ª Questão:(PUCMG) Observe o esquema abaixo. Ele representa valores aproximados de troca de água, nos seus vários estados físicos, em uma região florestada como a Amazônia.

Sobre ele é CORRETO afirmar que:

a) a quantidade de vapor d’água fornecida pelas superfícies oceânicas é a principal fonte de alimentação do sistema hídrico florestal tropical.
b) a evaporação é a principal forma de transferência da umidade das regiões tropicais continentais para a atmosfera.
c) o processo de transpiração da floresta é parte intrínseca do delicado sistema climático das regiões florestais, especialmente nos trópicos.
d) o escoamento superficial é função direta do volume de água evaporada dos oceanos e conduzida até as regiões continentais florestais dos trópicos.

63ª Questão:(UFC) O comportamento térmico das rochas (meio sólido) é diferente do comportamento térmico da água (meio liquido).
Sobre a variação da temperatura nos continentes e oceanos, pode-se afirmar corretamente que:

a) em qualquer estação do ano, nos oceanos, as variações de temperatura são mais acentuadas que nos continentes.
b) quanto mais uma área continental estiver afastada do oceano ou de sua influência, maiores serão suas oscilações térmicas.
Este fenômeno denomina-se continentalidade térmica.
c) em função do Hemisfério Norte possuir maior dimensão continental, seus verões são mais frios e os invernos mais quentes que no Hemisfério Sul.
d) dada a existência de um maior volume das massas líquidas no planeta, há uma igualdade nos valores das oscilações térmicas entre continentes e oceanos.


64ª Questão:(UFPEL) O ar se move horizontal e verticalmente devido às diferenças de temperatura e de pressão entre os diversos locais da Terra. Características geográficas específicas dão origem a ventos especiais, regionais e locais, como por exemplo as brisas.
Observe a figura a seguir.

Com base nos textos acima e em seus conhecimentos, é correto afirmar que

a) 2 representa maior temperatura e menor pressão na brisa marítima e 3, na brisa continental.
b) 1 representa maior temperatura e menor pressão durante o dia e 4, durante a noite.
c) 1 e 2 representam menor temperatura e maior pressão na brisa marítima.
d) 3 e 4 representam menor temperatura e maior pressão na brisa continental.

65ª Questão:(UFC-2009) Os diferentes tipos de clima resultam da combinação de vários fatores, tais como latitude, altitude, penetração de sistemas frontais, taxas de evapotranspiração, linhas de instabilidade, existência de superfícies líquidas.

Em relação ao quadro climático da Amazônia, é correto afirmar que:

a) A temperatura média é elevada porque se trata de uma região de baixas latitudes.
b) O clima da Região sofreu variações muito reduzidas ao longo do tempo geológico.
c) A possibilidade de ocorrência de chuvas na Região é menor que em áreas de altas latitudes.
d) O norte da Região, entre os meses de dezembro e março, sofre o fenômeno da friagem em função da invasão de ar polar.
 
66ª Questão:(Ufmt) A 1ª coluna apresenta os principais climas do Brasil e a da direita, algumas das suas características. Numere a 2ª coluna de acordo com a 1ªcoluna.

1 – Clima equatorial úmido
2 – Clima tropical
3 – Clima subtropical úmido
4 – Clima tropical semi-árido

(   ) Abrange a maior parte das regiões Centro-Oeste e Sudeste e grande parte da região Norte. Caracteriza-se pela existência de duas estações bem diferenciadas: verões quentes e chuvosos e invernos secos. No verão, é influenciado pelas massas de ar Equatorial Continental e Tropical Atlântica, responsáveis pelas chuvas da época.
(   ) Ocorre na região Sul do país. É controlado pela Massa de Ar Tropical Atlântica e influenciado no inverno pela Massa de Ar Polar Atlântica. Apresenta chuvas bem distribuídas durante o ano, estações bem diferenciadas e invernos rigorosos.
(   ) Abrange o sertão nordestino e o norte de Minas Gerais.  Caracteriza-se por temperaturas muito elevadas e chuvas escassas e mal distribuídas durante o ano. Apresenta os menores índices pluviométricos do país e as médias térmicas mais elevadas.
(   ) Predomina na maior parte da Amazônia. É controlado pela Massa de Ar Equatorial Continental. Apresenta temperaturas sempre elevadas, baixa amplitude térmica anual e chuvas abundantes e bem distribuídas durante o ano.

Marque a seqüência correta.

a) 2, 4, 1, 3
b) 4, 3, 2, 1
c) 2, 3, 4, 1
d) 1, 4, 3, 2
e 1, 2, 3, 4

67ª Questão:Observe o mapa do Brasil a seguir.

Sobre o mapa, afirma-se:

I - O clima brasileiro sofre influência da maritimidade e continentalidade.
II - As amplitudes térmicas diárias e anuais são extremas devido à grande extensão longitudinal.
III - A maior parte do território se localiza na zona intertropical, onde há maior incidência solar.
IV - A distribuição territorial em duas zonas climáticas acarreta homogeneidade climatobotânica. São corretas apenas as afirmativas

a) I e III.
b) I e IV.
c) II e III.
d) II e IV.



68ª Questão: (Puc-pr) Observe a imagem e leia o texto a seguir:


A previsão do tempo para o dia 16 de outubro de 2007, segundo o Simepar foi a seguinte: A instabilidade permanece em grande parte do Estado nesta terça-feira (16). Haverá um significativo aumento de nebulosidade no Centro-Norte do Estado. Nesta área, está prevista a ocorrência de chuva a qualquer hora do dia. Nas demais regiões, o céu fica parcialmente nublado com possibilidades de pancadas de chuvas isoladas no decorrer do período.
(Fonte: Simepar)

A instabilidade presente no tempo e o aumento de nebulosidade são decorrentes:

a) do deslocamento da frente fria que está no Sul do país, associada à ação da Massa Polar Atlântica - fria e úmida.
b) do deslocamento da frente fria que está no Sul do país, associada à ação da Massa Tropical Continental - quente e úmida.
c) do deslocamento da frente quente que está no Norte do país, associada à ação da Massa Equatorial Continental – quente e úmida.
d) do deslocamento da frente fria que está no Sul do país, associada à ação da Massa Equatorial Atlântica – quente e úmida.
e) do deslocamento da frente fria que está no Sul do país, associada à ação da Massa Tropical Atlântica – fria e úmida.

69ª Questão: O esquema abaixo representa a entrada de uma frente fria, uma condição atmosférica muito comum, especialmente nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. 


Sobre esta condição é correto afirmar que:

a) É típica de inverno, quando massas frias atravessam essas regiões, provocando inicialmente uma precipitação e, na sequência, queda da temperatura e tempo mais seco.

b) Trata-se da chegada de uma massa quente, que ocorre tanto no verão quanto no inverno, provocando intensas chuvas, sendo comuns a ocorrência de tempestades e o aumento significativo na temperatura.

c) O contato entre as massas de ar indica fortes chuvas, de tipo orográficas, que permanecem estacionadas num mesmo ponto durante vários dias.
d) As precipitações de tipo convectivas ocorrem especialmente nos meses de verão, sendo comum a ocorrência de chuvas de granizo no final da tarde.

GEOGRAFALANDO COMENTA: O diagrama ilustra o fenômeno das “chuvas frontais”, normalmente associado ao avanço das frentes frias. Normalmente, a frente fria ocasiona chuvas e, em seguida, tempo seco com queda de temperatura.




70 Questão: (PUC-MG-2002) A caatinga cobre uma extensa área do território brasileiro, especialmente na região Nordeste. Trata-se de um tipo de vegetação complexa, não se constituindo em um tipo exclusivamente florestal ou herbáceo. Nesse caso, ela se assemelharia ao cerrado. A caatinga se distingue do cerrado principalmente por sua acentuada:

a) xerofilia.
b) altimetria.
c) homogeneidade.
d) higrofilia.

Resposta: A

GEOGRAFALANDO COMENTA

Tanto o Cerrado quanto a caatinga são vegetações de médio porte físico, isto é, são arbustivas com resquícios  de gramíneas (pequeno porte) e ambas são savanas, a diferença de uma para a outra está na quantidade de chuva que ocorre na área da ocorrência da caatinga que é a penas a metade do índice pluviométrico da região de abrangência dos cerrados, o que explica por exemplo na caatinga a presença de vegetação do tipo xerófila (plantas em que suas folhas são espinhos= de regiões características de desertos quentes.)

71 Questão:  (FGV- 2002)  Essa região brasileira apresenta as seguintes características geoambientais: pluviosidade irregular, em torno de 750mm/ano, concentrada num período de 3 a 5 meses. Ocorrem períodos agudos de estiagem, quando a precipitação pluviométrica cai para cerca de 450-500mm/ano. As temperaturas são altas, com taxas elevadas de evapotranspiração e balanço hídrico negativo durante parte do ano. A insolação é muito forte, 2.800horas/ano, e está aliada à baixa umidade relativa.
Fonte: http://www.cnpma.embrapa.br/projetos/prod_int/regiaosf.html

O tipo climático e a região brasileira correspondentes ao texto são:

a) Subtropical – Região Centro-Sul.
b) Tropical de altitude – Região Sudeste.
c) Semi-árido – Região Nordeste.
d) Tropical – Região Sudeste.
e) Desértico – Região Nordeste.

Resposta: C

GEOGRAFALANDO COMENTA:



As características climáticas citadas no texto são típicas do domínio semi-árido do Brasil. Na região Nordeste, tal domínio ocupa grandes partes da sub-região denominada Sertão Nordestino.

72 Questão  (UNIR/RO) A coluna da esquerda apresenta tipos climáticos brasileiros e a da direita, suas características. Numere a coluna da direita de acordo com a da esquerda.

1 – Clima Equatorial 
2 – Clima Tropical  
3 – Clima Subtropical   
4 – Clima Semiárido
  
 (     ) Predominante no território brasileiro, ocupa a parte  central com duas estações bem definidas: uma seca e outra chuvosa.
 (     ) Localiza-se nas proximidades da linha do Equador;  possui chuvas abundantes o ano todo.
 (     ) A quantidade de chuva não varia muito ao longo do  ano, mas as temperaturas mudam constantemente.
 (     ) Caracterizado por baixa umidade, pouca chuva e  elevadas temperaturas.

Assinale a sequência correta.
A - 1, 3, 4, 2
B - 2, 1, 3, 4
C - 2, 1, 4, 3
D - 3, 2, 1, 4
E - 4, 1, 3, 2
Resposta: B

GEOGRAFALANDO COMENTA:

73 Questão: As características abaixo são da região brasileira denominada:

Uma das características físicas:
• vegetação de caatinga presente no Sertão fortemente associada às paisagens regionais
• clima semi-árido do Sertão Nordestino
• hidrografia sertaneja, marcada pelos rios temporários em função das características climáticas
• climas megatérmicos, marcados pela pequena amplitude térmica

Uma das características socioeconômicas:
• grandes desigualdades socioeconômicas
• concentração fundiária
• perfil de renda com médias inferiores às do restante do país
• predomínio, nas áreas rurais, das atividades agropecuárias tradicionais.

a) Concentrada
b) Centro-Oeste
c) Amazônia
d) Sul
e) Nordeste

Resposta: E

GEOGRAFALANDO COMENTA:



Para responder essa questão você precisa conhecer as características físicas e econômicas das regiões bem como as propostas de divisão regional. E se sabe é claro que você marcou a letra E



74 Questão: Observe o mapa abaixo, sobre os domínios morfoclimáticos:

Indique o número correspondente ao domínio morfoclimático:

(    )  domínio da caatinga
(    )  domínio do cerrado
(    )  domínio das pradarias
(    )  domínio amazônico
(    )  domínio dos mares e morros
(    )  domínio das araucárias
(    )  faixas de transição

Assinale a alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo.

a.  (   )  2 – 6 – 1 – 4 – 5 – 7 – 3
b.  (   )  2 – 4 – 6 – 1 – 3 – 7 – 5 
c.  (   )  4 – 2 – 1 – 7 – 3 – 5 – 6 
d.  (   )  4 – 2 – 6 – 1 – 3 – 5 – 7 
e.  (   )  6 – 1 – 3 – 5 – 4 – 2 – 7  
Resposta: D

GEOGRAFALANDO COMENTA:

A questão exigia que o aluno soubesse interpretar as legendas e, a partir delas, identificar o tipo de domínios morfoclimático a partir dessa leitura  localizar no mapa os domínios morfoclimáticos brasileiros. A sequência dos domínios geoecológicos estão de acordo com a seqüência 4 – 2 – 6 – 1 – 3 – 5 – 7 

75 Questão:  (Fatec – 2007) No Brasil, este clima apresenta elevadas temperaturas sempre superiores a 24 ºC e pequena amplitude térmica anual, pois a diferença entre a média do mês mais quente e a do mês mais frio não ultrapassa 3 ºC. Mas o que torna este clima singular é o volume de precipitações, que varia entre 1 800 e 3 000 mm. As chuvas do tipo convectivo ocorrem durante todo o ano, não existindo um período seco.

As características descritas referem-se ao clima:
a) tropical de altitude.
b) equatorial.
c) litorâneo úmido.
d) tropical típico.
e) úmido de encosta.

Resposta: B

GEOGRAFALANDO COMENTA:



O clima equatorial, predominante na Amazônia, caracteriza-se pelas altas temperaturas médias, baixa amplitude térmica, alta umidade, pluviosidade abundante (acima de 1 800 mm) e prevalência de chuvas de convecção. As massas de ar dominantes na região são a mEc (massa Equatorial continental) e a mEa (massa Equatorial atlântica).

76 Questão:  (UDESC) Observe o mapa abaixo. 
  
Analise as proposições sobre as massas de ar que atuam no Brasil, representadas no mapa pelos números arábicos.

I. O número 1 representa a Massa Equatorial Atlântica.
II. O número 2 representa a Massa Equatorial Amazônica.
III. O número 3 representa a Massa Tropical Atlântica.
IV. O número 4 representa a Massa Tropical Continental.
V. O número 5 representa a Massa Polar Atlântica.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I, III, IV e V são verdadeiras.
b) Somente as afirmativas I, II e V são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas IV e V são verdadeiras.
e) Todas as afirmativas são verdadeiras.

Resposta: E

GEOGRAFALANDO COMENTA:

A questão exigia que o aluno soubesse identificar num mapa a área de ocorrência das massas de ar e à estas relacionar suas respectivas denominações. A ordem das respectivas sequência dos números estão todas corretas.

77 Questão:  (Vunesp-1997) Observe o mapa e as gravuras adiante.

 
Fonte: Simielli, MILE. - Geoatlas Básico - Editora Ática. Garcia, Helio C. e Caravello, T.M. - Lições de Geografia Editora Scipione

No mapa do Brasil, os algarismos romanos indicam os tipos climáticos e as gravuras numeradas de 1 a 3 representam alguns tipos de vegetação. Assinale a alternativa que apresenta a correspondência correta entre os tipos climáticos e as paisagens vegetais.
a) I -1; II - 2; III - 3.
b) II - 1; III- 3; IV - 2.
c) V - 1; III - 2; IV - 3.
d) II - 3; III - 1; V - 2.
e) I - 3; IV - 1; III - 2.
Resposta: E

GEOGRAFALANDO COMENTA:

Questão bem elaborada, apontando as gravuras de Percy Lau:

Figura 1 – Matas das Araucárias ou Floresta aciculifoliada, típica da Região Sul, dos planaltos e serras de Clima Subtropical.

Figura 2 – Domínio da Caatinga, Nordeste Brasileiro, com plantas xerófitas, clima tropical semi-árido, solos cristalinos pouco permeáveis e ácidos.

Figura 3 – Floresta Amazônica, típico da Região Norte, com vegetação densa, arbórea. formação da cobertura vegetal de floresta ombrófila, com árvores de grande porte e folhagens sempre verdes.

78 Questão: (Acafe-SC) Correlacione os números constantes no mapa com a afirmações dadas


( ) Terras baixas, recobertas por florestas pluviais com solo pouco profundo.
( ) Chapadas e chapadões, recobertos por vegetação de clima semi-úmido, semelhantes às savanas africanas, com solo em geral muito ácido.
( ) Planalto subtropical de origem sedimentar basáltico, recoberto por florestas aciculifoliadas.
( ) Formado por “coxilhas” de clima subtropical recoberto por pradarias extensivas.
( ) Relevo com serra de clima tropical úmido, recoberto por floresta latifoliada.
( ) Região interplanáltica de clima semi-árido, recoberta por vegetação xerófita.
A alternativa contendo afirmações verdadeiras é:

a) 1 – 2 – 6 – 5 – 4  e 3.
b) 2 – 1 – 5 – 6 – 4 e 3
c) 3 – 2 – 4 – 3 – 5 e 6
d) 1 – 2 – 5 – 6 – 4 e 3 
e) 2 – 1 – 6 – 5 – 3 e 4

Resposta: D

GEOGRAFALANDO COMENTA:

A questão exigia que o aluno soubesse identificar e relacionar num  mapa a área de ocorrência dos domínios morfoclimáticos e à estes relacionar suas respectivas características.As características dos domínios geoecológicos estão de acordo com a seqüência 1 – 2 – 5 – 6 – 4 e 3  

79 Questão:  (UEFS/BA) –(Adaptada)


TAMDJIAN, James O.; MENDES, Ivan. Geografia geral e do Brasil. São Paulo: FTD, 2004. p. 165.
Com base no mapa, no climograma e nos conhecimentos sobre climas do Brasil, é correto afirmar que o tipo de clima e a vegetação predominante apresentado corresponde:
a) – tropical típico e o Cerrado
b) – equatorial úmido e Floresta Amazônica.
c) – semiárido e a Caatinga.
d) – tropical de altitude e Mata Atlântica.
e) – subtropical e Cerrado.

Resposta: A

GEOGRAFALANDO COMENTA:

No mapa representa o domínio dos cerrados ocupa vastas extensões do Brasil Central e do Meio Norte, além de áreas periféricas, totalizando cerca de 20 a 25% do território brasileiro. Corresponde, predominantemente, ao clima tropical típico, com estação seca prolongada e temperatura média anual em torno de 22-23 °C. Observando o climograma este destaca duas estações bem definidas, uma seca e outra úmida, caracterizando o clima tropical típico, portanto a opção correta é a letra “A”

80 Questão:  (Pucmg 99) Refere-se às grandes regiões geoeconômicas brasileiras:

I. A Amazônia é a região mais extensa e com a paisagem menos modificada do espaço geográfico brasileiro; atualmente, é pólo de atração populacional.
II. O Nordeste, antiga área de ocupação, hoje é pólo de repulsão demográfica, devido à estagnação da economia na maior parte do espaço e à falta de eficazes programas governamentais e empresariais.
III. O Centro-Sul tem perdido significativos índices de sua produção agrícola e industrial para as novas fronteiras agrícolas e pólos de desenvolvimento subsidiados por Superintendências Regionais.

a) se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas.
b) se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas.
c) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas.
d) se todas as afirmativas estiverem corretas.
e) se todas as afirmativas estiverem incorretas.
Resposta: A

GEOGRAFALANDO COMENTA:



I – Verdadeiro = A Amazônia brasileira é o espaço de povoamento mais recente, ainda em estágio inicial de ocupação humana. Por isso é uma área que está ainda coberta por uma densa floresta, com clima equatorial, que dificulta o povoamento, mas mesmo assim é hoje o complexo regional que mais recebe população. Os movimentos migratórios na direção desse complexo regional partem tanto do Centro-Sul como do Nordeste.



II – Verdadeiro = O Nordeste foi o pólo econômico mais rico da América portuguesa no período Colonial. Tornou-se, no século XX, uma região economicamente problemática, com forte excedente populacional. As migrações de nordestinos para outras regiões atestam essa situação de pobreza. Em meio à pobreza tradicional.



III Falso = O Centro-Sul é na atualidade o núcleo econômico do país. Ele concentra a economia moderna, tanto no setor industrial como no setor agrícola, além da melhor estrutura de serviços.

81 Questão: Observe o mapa.


Assinale a alternativa que contém os domínios morfoclimáticos intertropicais.

a) I, II, III e IV.
b) I, II, IV e V.
c) I, II, IV e VI.
d) I, II, V e VI.
e) III, IV, V e VI.
Resposta: A

GEOGRAFALANDO COMENTA:

Os domínios morfoclimáticos intertropicais são: I – domínio das terras baixas amazônicas, II – domínio do cerrado, III – domínio dos mares de morros florestados, IV – domínio da caatinga. Os domínios V – Araucárias e VI – Pradarias estão em área subtropical.



82 Questão: (Mack-2005) Vegetação do tipo arbórea, homogênea e aciculifoliada.—Recobre vastas áreas do Planalto Meridional, de terrenos geologicamente sedimentar-basáltico. Desenvolve-se em áreas de clima com verões quentes e invernos amenos.— Sofre e sofreu intensa devastação, restando menos de  5% da área de ocorrência original.

As características citadas correspondem a um domínio
morfoclimático brasileiro que se localiza em
Resposta: E

GEOGRAFALANDO COMENTA:

A relação correta entre o texto e a alternativa correta em relação a localização da área de ocorrência do domínio morfolimático das Araucárias originalmente presente nas terras altas das regiões sul e sudeste do Brasil.

83 Questão: FFFCMPA/RS–2009) Ocupando extensa área do território brasileiro e composta, essencialmente, por uma formação florestal latifoliada com variedade enorme de espécies vegetais, este espaço está vinculado a um tipo climático equatorial úmido, caracterizando-se por ser uma das regiões mais chuvosas do planeta. Em certos locais, a existência de clareiras com vegetação rasteira, como os campos, contrasta com o restante da formação.
O trecho acima se refere à(ao):
a)Mata atlântica.
b)Mata de araucária.
c)Floresta latifoliada tropical úmida de encosta.
d)Floresta amazônica.
e)Pantanal.
Resposta:D

GEOGRAFALANDO COMENTA:

Fica muito fácil identificar a opção correta quando no enunciado é indicado que essa  formação é do tipo florestal latifoliada com variedade enorme de espécies vegetais- heterogênea - (ela só pode ser mata atlântica ou floresta  Amazônica). E logo, o enunciado diz “este espaço está vinculado a um tipo climático equatorial úmido”, é então a floresta amazônica. Pois como sabemos essa região é uma das regiões mais chuvosas do planeta.

84 Questão: (Uel-2007) Observe as figuras abaixo. 


Tendo como base os domínios morfológicos descritos por Ab’Saber, numa viagem pelo Brasil, as paisagens reproduzidas nas figuras 1, 2 e 3, pertencem respectivamente às domínios morfoclimáticos :

a) Amazônico, Pradarias e Cerrado.
b) Cerrado, Amazônico e Caatinga.
c) Caatinga, Cerrado e Araucária.
d) Mata Atlântica, Araucária e Mata dos cocais.
e) Amazônico, Caatinga e Araucárias.
Resposta: C

GEOGRAFALANDO COMENTA:

Questão bem elaborada, apontando as gravuras de Percy Lau:

Figura 1 – Domínio da Caatinga, Nordeste Brasileiro, com plantas xerófitas, clima tropical semi-árido, solos cristalinos pouco permeáveis e ácidos.

Figura 2 – Cerrados ou Savana Brasileira, típico da Região centro Oeste, com vegetação rasteira, arbustos e pequenas árvores com troncos retorcidos, casca ou periderme espessa, adaptado à seca sazonal.

Figura 3 – Matas das Araucárias ou Floresta aciculifoliada, típica da Região Sul, dos planaltos e serras de Clima Subtropical.

  
85 Questão: (UFAC) Atuam no território brasileiro cinco massas de ar, que estão representadas pelas letras A, B, C, D e E no mapa a seguir:

Com base na leitura do mapa podemos verificar:
a) - A massa de ar correspondente a letra B, representa a massa equatorial continental que influencia o território brasileiro, deslocando calor e umidade.
b) - As massas de ar, representadas pelas letras A, B, C e D, são originárias da Planície do Chaco, as quais contribuem para manifestação de períodos quentes e secos.
c) - A massa de ar indicada pela letra E, no mapa, é originária do Sul do Oceano Atlântico. É quente e úmida e forma os ventos alísios de sudeste.
d) - No mapa, a letra A corresponde à massa polar atlântica, que exerce forte influência em todas as regiões brasileiras. Ela é responsável pela queda de temperatura na região Norte e Planície do Pantanal, fenômeno conhecido como “friagem”.
e) - A massa tropical continental corresponde à letra D, no mapa, a qual atua nas áreas do interior das regiões Sudeste, Sul e Centro Oeste.
Resposta: D
GEOGRAFALANDO COMENTA:

A mPa– Massa Polar Atlântica – se DESTACA no inverno. Ela

é fria e úmida, tem sua origem  nas porções do oceano atlântico próximas à Patagônia. No território brasileiro (quando entra no Brasil como frente fria), provocando quedas de temperatura.

Dessa forma, exerce forte influência em todas as regiões brasileiras.

- No verão, a mPa é mais úmida e menos fria, provocando fortes chuvas.

- No inverno, ela é mais fria e ocasiona quedas de temperaturas no Sul, eventuais nevascas e geadas: penetra no litoral do Nordeste, provocando chuvas e no interior da Amazônia, a friagem.

85 Questão: (Unifesp) Durante o inverno, pode ocorrer a chamada friagem, por meio da ação da
a) Massa Tropical Atlântica, que diminui as chuvas no Rio Grande do Sul.
b) Massa Equatorial Atlântica, que abaixa as temperaturas em São Paulo.
c) Massa Equatorial Continental, que aumenta a temperatura no Ceará.
d) Massa Tropical Continental, que incrementa as chuvas em Brasília.
e) Massa Polar Atlântica, que reduz a temperatura no Amazonas.
Resposta: E

GEOGRAFALANDO COMENTA:
A massa polar atlântica, que exerce forte influência em todas as regiões brasileiras. Ela é responsável no inverno pela diminuição da influência do centro de baixa do Chaco permite que o anticiclone do Atlântico Sul e da Argentina avance sobre o continente, fazendo com que a umidade dessa massa de ar entre nas calhas do relevo (acompanhando o cursos dos rios) cruzando o território nacional de norte (passa pela planície do pantanal mato grossense e chegue ao oeste da floresta amazônica) o que faz ocorrer a queda de temperatura na região Norte e Planície do Pantanal, favorecem a ocorrência das friagens na Amazônia.  




86 Questão:(UEPB/2011) Observe o mapa que representa os Domínios Morfoclimáticos Brasileiros


Analise as afirmações a seguir e identifique a alternativa correta
I.  O número1  refere-se à floresta amazônica, área de abrangência de clima equatorial, que conta com um terço do número de espécies do planeta e uma rica biodiversidade.
II.  O número  2  refere-se  à  área  de  cerrado,  onde  predomina  o  clima tropical  e  apresenta  uma  vegetação formada  por  dois  estratos:  um  superior  formado  por  uma  vegetação  composta  de  arbustos  e  pequenas
árvores retorcidas e um segundo por gramíneas.
III.  O número4  refere-se à caatinga, área de predominância de clima semiárido, com temperaturas elevadas,  chuvas moderadas e uma vegetação resistente à seca do tipo xerófita.
IV.  O número6 refere-se à mata dos cocais, onde predomina o babaçu e a carnaúba, e se constitui uma mata
de transição entre os biomas da caatinga e a floresta amazônica e o cerrado.

Estão corretas

a)Apenas as proposições I e III
b)Apenas as proposições I, II e III
c)Apenas as proposições I e V
d)Apenas as proposições II e IV
e)Todas as proposições.

87 Questão: (Uespi) - O chamado “Planalto das Araucárias” é uma porção do  Brasil composta de quatro grandes unidades geomorfológicas distintas e um clima que a diferencia consideravelmente das demais regiões brasileiras. Identifique esse tipo climático entre as opções a seguir.

a)Subtropical
b)Frio
c)Temperado continental
d)Tropical continental
e)Subequatorial

88 Questão: (FGV – SP) De acordo com o geógrafo Aziz N. Ab’Sáber, o território brasileiro é constituído por seis domínios morfoclimáticos e fitogeográficos, além de faixas de transição. A esse respeito é correto afirmar que o domínio:

a) dos mares de morros tropicais englobam mais cerrados do que áreas florestadas.
b) das caatingas é predominantemente de clima semi-árido com depressões interplanálticas.
c) dos planaltos de araucárias e as pradarias mistas caracterizam a paisagem do sudeste brasileiro.
d) dos cerrados ocupa regiões topográficas e hidrológicas similares ao domínio da caatinga.
e) das terras baixas amazônicas, com floresta equatorial, circunscreve-se apenas ao território brasileiro.

89 Questão: (UEPB) Observe o mapa a seguir:


Observe no mapa as massas de ar que atuam no território brasileiro. Com base no seu conhecimento sobre o assunto e com o auxílio do cartograma, assinale com V ou com F as proposições, conforme sejam respectivamente Verdadeiras ou Falsas em relação aos aspectos climáticos do Brasil.

(      ) As chuvas no litoral nordestino se concentram no inverno quando a massa Polar Atlântica, que é fria, alcança o litoral do Nordeste oriental e entra em contato com a massa Tropical Atlântica, que é quente e úmida, provocando as chuvas frontais.
(     ) A massa Equatorial Continental que se origina na Amazônia Ocidental é úmida devido à presença da floresta e da rica rede hidrográfica amazônica. É a responsável por provocar chuvas de verão na maior parte do território brasileiro.
(     ) A massa de ar Tropical Atlântica tem sua atuação mais restrita ao litoral quando encontra o planalto brasileiro ocasionando aí as chuvas orográficas. Ao penetrar para o interior do continente, esta massa, já sem umidade, apresenta significativa redução dos índices pluviométricos.
(    ) Os tipos de clima no Brasil são definidos apenas pela circulação atmosférica, com os ventos alísios de sudeste que agem sobre todo o nosso território, visto que o nosso relevo tem altitudes modestas que são incapazes de interferir na atuação das massas de ar que se formam no hemisfério sul.

Assinale a sequência correta das assertivas:
A - V F V F
B - F FF V
C - V VV F
D - F V V F
E - V F F V

90 Questão:Observe  a  figura  e  o  climograma  apresentados  a seguir.


A vegetação e o clima apresentados combinam-se:
a)na Campanha Gaúcha.
b)na Amazônia ocidental.
c)na Zona da Mata mineira.
d)no oeste paulista.
e)no planalto catarinense
  
91Questão: (UFMA) As áreas I e II, no Mapa do Brasil abaixo, correspondem aos tipos climáticos:


a) Tropical e Subtropical Úmido
b) Tropical e Litorâneo Úmido
c) Equatorial Úmido e Litorâneo Úmido
d) Equatorial Úmido e Subtropical Úmido

92 Questão  (UEPB)
Numere a coluna 2 de acordo com a 1.

Coluna 1
(1) Região Norte
(2) Região Nordeste
(3) Região Centro-Oeste
(4) Região Sudeste
(5) Região Sul

Coluna 2
( ) Reúne um dos mais baixos Índices de Desenvolvimento Humano - IDH - do país, com problemas graves como altas taxas de mortalidade infantil, desnutrição e analfabetismo.
( ) É responsável por mais da metade do Produto Interno Bruto - PIB - do país. A descoberta de uma grande reserva petrolífera no campo de Tupi, na Bacia de Santos, abre uma importante fronteira para exploração de petróleo e gás natural no país.
( ) Enfrenta o desafio de aliar o crescimento econômico com a preservação ambiental. Seu setor agropecuário tem destaque no cenário brasileiro e possui grande parte do rebanho bovino no país.
( ) Nos últimos anos, seu crescimento tem ocorrido à custa de atividades responsáveis por grandes impactos ambientais como pecuária extensiva, avanço da agricultura com destaque para a lavoura de soja, e da extração de madeira.
( ) Apresenta os melhores indicadores de mortalidade infantil, educação e saúde. Sua industrialização tem destaque nos setores automobilístico, metalúrgico e têxtil. O setor de serviços também é bem desenvolvido.

A alternativa que apresenta a sequência correta é:

a) 3 2 1 4 5
b) 3 1 5 4 2
c) 2 1 3 4 5
d) 5 4 3 2 1
e) 2 4 3 1 5

GABARITO
42 Letra ‘E”
43 Letra ‘C”
44 Letra ‘C”
45 Letra ‘B”
46 Letra ‘C”
47 Letra ‘?”
48 Letra ‘?”
49 Letra ‘C”
50 Letra ‘A”
51 Letra ‘A”
52 Letra ‘A”
53 Letra ‘D”
54 Letra ‘D”
55 Letra ‘A”
56 Letra ‘C”
57 Letra ‘A”
57 Letra ‘B”
58 Letra ‘A”
59 Letra ‘A”
60 Letra ‘D”
61 Letra ‘C”
62 Letra ‘C”
63 Letra ‘B”
64 Letra ‘B”


1ª Questão: (UFSCAR) A tropicalidade é um dos fatores que mais influenciam no comportamento climático de áreas do território brasileiro. A primeira coluna do quadro faz referência às características do ambiente


As correlações corretas entre características e efeitos são:

(A) 1, 2 e 3.
(B) 3, 4 e 5.
(C) 1, 2 e 4.
(D) 2, 4 e 5.
(E) 1, 3 e 5.


2ª Questão: (UFRPE) O desenho a seguir retrata um importante domínio morfoclimático brasileiro. Com relação a esse domínio, é correto dizer que ele:

(A) surge dominantemente em climas subtropicais secos, particularmente no Nordeste brasileiro.
(B) apresenta uma vegetação tipicamente hidrófila, especialmente no Sertão.
(C) possui solos bem desenvolvidos, sobretudo nas encostas e inselbergues, mas com pobreza de recursos nutrientes.
(D) tem formações vegetais consideradas xerófilas, adaptadas, portanto, ao déficit hídrico.
(E) apresenta uma estação seca que se estende por até três meses, dificultando o desenvolvimento da vegetação herbácea.

3ª Questão: (UFRPE) A Floresta Amazônica cobre a maior parte da Região Norte do Brasil e seus limites avançam pelos estados do Maranhão e do Mato Grosso. Entre as características fitogeográficas dessa floresta podem ser mencionadas as seguintes, exceto:

(A) plantas de espécies latifoliadas.
(B) caráter heteróclito.
(C) espécies dominantemente decíduas.
(D) abundância de plantas produtoras de fibras.
(E) vegetais de uma mesma espécie localizados muito longe um dos outros.

4ª Questão: (UFSCAR) No mapa estão representados os grandes hotspots mundiais. São áreas que conjugam duas  características: grande biodiversidade e alto grau de ameaça de destruição, por diferentes agressões e ocupações do espaço.

(Biodiversity hotspots for conservation priorities. Nature. 403, 853-858, 24.02.2000. www.nature.com/nature/journal. Acessado em 29.07.2008.)

Sobre os hotspots, são feitas quatro afirmações. Analise-as.

I. Há localização de maior número de hotspots na faixa intertropical, porque ela é, de modo geral, propícia ao desenvolvimento de grande número de espécies vegetais e animais.
II. A expansão das áreas de cultivo, seja com objetivos alimentares ou para produção de biocombustíveis, pode representar uma grave ameaça à preservação de alguns dos hotspots.
III. A biodiversidade das regiões peninsular e insular da Ásia é gravemente ameaçada pela alta concentração populacional e intensivo uso agrícola do solo pelo cultivo tradicional de arroz.
IV. O processo acelerado de desmatamento e conseqüente ocupação da Amazônia coloca em perigo um dos mais biodiversos hotspots da atualidade.

Estão corretas as afirmações:

(A) I, II, III e IV.
(B) I, II e III, apenas.
(C) II, III e IV, apenas.
(D) I e III, apenas.
(E) II e IV, apenas.

5ª Questão: (UFSCAR) Dois problemas ambientais similares, porém distintos, têm afetado o solo de regiões brasileiras situadas a cerca de quatro mil quilômetros de distância uma da outra: a desertificação e a arenização.
(L. Almeida & T. Rigolin, 2005.)

A respeito destes problemas e de suas áreas de abrangência, é correto afirmar que:

(A) a desertificação ocorre em regiões de clima árido e a arenização em áreas de clima tropical alternadamente úmido e seco.
(B) a desertificação é típica de regiões de solos profundos, com formação intensa de lateritas, e a arenização é típica de solos pobres de elevada acidez.
(C) a desertificação vem ocorrendo nos planaltos centrais do Brasil e a arenização é característica do norte da Amazônia, onde há desmatamento.
(D) a desertificação ocorre em áreas de relevo de planícies aluviais e a arenização em relevos cristalinos levemente ondulados.
(E) no Brasil, há risco de desertificação no bioma da caatinga e verificam-se pontos de arenização no sudoeste do Rio Grande do Sul.

6ª Questão: (FURG-RS) O diagrama abaixo representa os limites de temperatura e precipitação das áreas de ocorrência dos biomas terrestres.
Analise o diagrama e assinale a alternativa com bioma correspondente à área hachurada.



(A) Floresta tropical úmida.
(B) Tundra.
(C) Desertos.
(D) Floresta temperada decídua.
(E) Floresta boreal.

7ª Questão: (UFJF) Leia o gráfico a seguir que apresenta a relação entre população e emissões de CO2 per capita.

Fonte: Scientific American Brasil. Como deter o aquecimento global.
São Paulo: Ediouro, Segmento-Duetto, 2007. Edição Especial.

De acordo com o gráfico e o Painel Intergovernamental sobre as Alterações Climáticas (IPCC) é CORRETO afirmar que:

(A) a Ásia, com 6 bilhões de habitantes, é a região de maior emissão de CO2 per capita do mundo moderno.
(B) as elevadas emissões de dióxido de carbono são provenientes da queima de combustíveis fósseis.
(C) há uma relação diretamente proporcional entre população total e a emissão de dióxido de carbono.
(D) os países da Oceania emitem pequena quantidade de CO2 porque preservam suas florestas.
(E) os países menos desenvolvidos emitem CO2 devido ao baixo padrão tecnológico de suas indústrias.

8ª Questão: (UNIFEI) Pode-se afirmar que o clima corresponde ao comportamento do tempo atmosférico, ao longo do ano, num determinado lugar da Terra. O clima tem comportamento diversificado, que é caracterizado pela combinação de diferentes fatores. 
Com relação aos fatores climáticos, assinale a alternativa incorreta.

(A) A latitude é o mais evidente fator climático, e quanto mais se afastar do Equador, menores serão as temperaturas.
(B) As massas de ar influem diretamente nas condições climáticas.
(C) As massas de ar podem ser frias ou quentes, secas ou úmidas, e, ao se deslocarem, interagem umas com as outras, trocando e distribuindo calor pela terra.
(D) Em maiores altitudes, o ar se torna mais rarefeito, ou seja, há mais concentração de gases e umidade, o que aumenta a retenção de calor.

9ª Questão: (Cefet-ensino médio) O rio Amazonas banha uma imensa planície verde, cortada pela linha do Equador, o que lhe garante características especiais de clima que são mostradas no climograma
(A)

(B)

(C)

(D)

(E)













10ª Questão: (Cefet-ensino médio) O gráfico, publicado no jornal O Estado de S.Paulo, 06.09.2006, mostra, em porcentagem, quem mais desmatou na Amazônia Legal entre agosto de 2005 e julho de 2006. Constatamos que apesar de ter registrado queda na área desmatada, em comparação com igual período do ano anterior, em função da queda do preço da soja, Mato Grosso continua como o Estado campeão do desmatamento.



Sabendo-se que entre agosto/05 e julho/06, juntos, Acre, Maranhão e Tocantins desmataram 660 km², pode-se afirmar que nesse mesmo período Mato Grosso desmatou

(A) 4 700 km².
(B) 5 071 km².
(C) 5 710 km².
(D) 5 740 km².
(E) 5 980 km².

11ª Questão: (Cefet) A caatinga é o domínio morfoclimático brasileiro que apresenta, entre outras, as seguintes características:

(A) extensa planície entrecortada por planaltos, solos profundos e escassez de chuvas.
(B) presença de serras e chapadas cristalinas, solos humosos e rios de grande extensão.
(C) existência de depressões e chapadas, solos rasos e pedregosos e rios intermitentes.
(D) predomínio de chapadas e chapadões, solos ácidos e pouco férteis e rios intermitentes.
(E) presença de mares de morros entrecortados por rios perenes e solos rasos e argilosos.

12ª Questão: (Pucpr). As florestas tropicais, a despeito das leis ambientais e da criação de parques e reservas, continuam sendo reduzidas em suas áreas, por conta da devastação de seus recursos naturais.

Confira as características abaixo que se relacionam com as florestas tropicais do globo:

1 – Ombrófilas.
2 – Elevada biodiversidade.
3 – Homogeinidade de espécies.
4 – Elevada pluviosidade.
5 – Espécies latifoliadas.
6 – Caducifólias.
7 – Baixo índice de evapo-transpiração.
8 – Apresenta vários estratos.

Assinale a alternativa que contém as características das florestas tropicais.

(A) 1 – 2 – 4 – 5 – 8.
(B) 2 – 4 – 6 – 7 – 8.
(C) 1 – 3 – 5 – 6 .
(D) 3 – 4 – 5 – 7.
(E) 2 – 3 – 4 – 7 - 8.

13ª Questão: (Utfpr) A vegetação natural de uma área é a expressão das características do solo, relevo e clima. Leia as afirmativas I, II e III, que descrevem os tipos de vegetação do Brasil.

I) É uma floresta densa e intrincada, as plantas crescem muito próximas umas das outras e é comum à ocorrência de plantas parasitas. Desenvolve-se em região de clima quente e úmido.
II) Constitui-se basicamente por vegetação arbustiva e herbácea. Desenvolve-se em clima tropical semi-úmido.
III) Constitui-se por cobertura arbórea, na qual predominam pinheiros, erva-mate, imbuia, canelas, ipê e outras. O clima predominante é o tropical.

A alternativa que contém todas as formações vegetais descritas é:

(A) Mata Atlântica, caatinga e mata de araucária.
(B) Pantanal, cerrado e floresta amazônica.
(C) Floresta Amazônica, cerrado e mata de araucária.
(D) Floresta Amazônica, cerrado e mata atlântica.
(E) Mata de araucária, pantanal e mangue.

14ª Questão: (Mack) Observe a tabela e as afirmações abaixo e assinale a alternativa correta.
Temperaturas médias anuais
I. Vitória, cidade portuária, tem sua formação climática apenas constituída pela continentalidade, o que resulta em maiores variações térmicas.
II. As duas cidades apresentam temperaturas médias anuais próximas, típicas de áreas em que se tem o domínio climático tropical úmido.
III. Situadas em latitudes muito próximas, as cidades mencionadas na tabela possuem temperaturas médias distintas devido às diferenças de altitudes.

É correto apenas o que se afirma em:

(A) I.
(B) I e II.
(C) II.
(D) III
(E) II e III.

15ª Questão: (Fdels) As ilustrações abaixo retratam as formações vegetais bem características de dois domínios morfoclimáticos brasileiros:


A respeito das duas formações vegetais, assinale a afirmativa correta:

(A) As duas formações vegetais estão adaptadas ao tipo climático tropical com duas estações muito bem definidas, uma chuvosa, no verão, e outra seca, no inverno
(B) A vegetação 1 domina as depressões interplanálticas semi-áridas do Nordeste, enquanto a vegetação 2 é característica dos extensos planaltos e chapadões do Centro-Oeste
(C) Das duas formações vegetais, a primeira já sofreu uma maior alteração em sua configuração original, tendo em vista o uso mais intensivo do território pelas atividades econômicas
(D) A formação vegetal 2 domina as coxilhas subtropicais brasileiras, sendo um prolongamento do pampa argentino e uruguaio no sul do país
(E) O xeromorfismo caracteriza ambas as formações vegetais, com a presença de espécies adaptadas a longos períodos, às vezes anos, de estiagem

16ª Questão: (Ufpr) De acordo com o IBGE (2005), o bioma é “um conjunto de vida (vegetal e animal) constituído pelo agrupamento de tipos de vegetação contíguos e identificáveis em escala regional, com condições geoclimáticas similares e história compartilhada de mudanças, o que resulta em uma diversidade própria”. Considerando essa definição, identifique os distintos biomas brasileiros, numerando a coluna da direita de acordo com a da esquerda.

1. Cobre cerca de 2 milhões de km² do território nacional, incluindo os campos rupestres; é constituído por diversos tipos de vegetação savânica que diferem entre si pela abundância relativa de espécies rasteiras e espécies de árvores e arbustos, abrangendo desde formas campestres (campo limpo) até formas florestais.
(   )      Cerrado
2. Originalmente cobria uma área de mais de 1 milhão de km². É um dos mais importantes repositórios de diversidade biológica do país e do planeta. É também o bioma mais ameaçado, com menos de 9% de área remanescente, sendo que 80% dessa área estão em propriedade privada. As unidades de conservação correspondem a 2% da área remanescente. O desmatamento é conseqüência principalmente de atividades agrícolas, de reflorestamento homogêneo (pinus e eucalipto) e da urbanização.
(   )      Amazônia
3. Um dos mais valiosos patrimônios naturais do Brasil e a maior e mais significativa área úmida do planeta, cobre cerca de 140 mil km² em território brasileiro.
(   )      Mata Atlântica
4. É o bioma brasileiro com maior porcentagem de área em   Unidades de Conservação (10%). Cerca de 15% da área total foi removida devido à construção de rodovias que abriram caminho para atividades mineradoras, colonização, avanço da fronteira agrícola e exploração madeireira.
(   )      Pantanal
5. Caracteriza-se como savana estépica, com chuvas irregulares e solos férteis, que contêm boa quantidade de minerais básicos para as plantas. Compreende um ecossistema único que apresenta grande variedade de paisagens, relativa riqueza biológica e endemismo.
(   )      Caatinga

Assinale a alternativa que apresenta a seqüência correta da coluna da direita, de cima para baixo.

(A) 1, 4, 2, 3, 5.
(B) 4, 1, 2, 5, 3.
(C) 5, 4, 1, 3, 2.
(D) 1, 4, 3, 2, 5.
(E) 3, 5, 2, 4, 1.

17ª Questão: (Uem) Assinale a alternativa correta sobre a circulação geral da atmosfera da Terra.

(A) Os pólos correspondem a zonas de baixa pressão atmosférica.
(B) As zonas subtropicais de alta pressão dos hemisférios Norte e Sul estão associadas,
respectivamente, aos ventos alísios de nordeste e de sudeste.
(C) A faixa equatorial da Terra corresponde a uma região anticiclonal de divergência dos ventos.
(D) As correntes de oeste originam-se na zona de baixa pressão subpolar, estando associadas a
ventos extremamente frios.
(E) As zonas de alta pressão correspondem às áreas ciclonais, responsáveis pelas instabilidades
climáticas.

18ª Questão: (Upe) Observe a área I, indicada no mapa a seguir.

Essa área caracteriza-se por possuir

(A) as maiores reservas de urânio do Brasil. 
(B) grandes deltas interiores.
(C) elevada densidade demográfica.
(D) extensas áreas de cultivo de juta e pimenta-do-reino.
(E) cerrados.


19ª Questão: (Pucsp) Analise o gráfico de precipitação:
Assinale a alternativa que explica as diferenças de precipitação entre as cidades do Rio de Janeiro e de Belo Horizonte.

(A) A diminuição da precipitação nos meses de abril a setembro em Belo Horizonte é decorrência do aumento da atuação da massa de ar Equatorial Continental em Minas Gerais.
(B) A maior ocorrência de precipitação nos meses de outubro a março em Belo Horizonte é
conseqüência da atuação mais intensa, nesse período, da massa de ar Polar Atlântica.
(C) As chuvas se distribuem com maior regularidade, ao longo do ano, no Rio de Janeiro devido à constante influência da massa de ar Tropical Atlântica nessa área do litoral.
(D) A precipitação entre outubro e março no Rio de Janeiro é menor em comparação a Belo Horizonte, devido à densidade maior de edificações, fator que dificulta as precipitações.
(E) A precipitação mais elevada entre outubro e março em Belo Horizonte decorre da atuação da massa de ar Tropical Continental, mais úmida que a massa Tropical Atlântica.

20 Questão: (Pucpr) Leia com atenção o texto abaixo:

“Sobre as cidades paira uma ‘abóbada climática’ própria, dentro da qual as propriedades do conteúdo, temperatura, umidade e vento atmosféricos distinguem-se de certa forma do clima regional dominante. Em grandes cidades, com um milhão de habitantes ou mais, o clima alterado paira de 50 a 300 metros
acima do solo e se estende dezenas de quilômetros a barlavento.”
(DREW, David. Processos interativos homem - meio ambiente.Rio de Janeiro:Bertrand-Brasil, 1989.)
Em relação ao fenômeno tratado no texto, assinale a alternativa correta:

(A) O fenômeno referido no texto tem abrangência planetária: trata-se do “aquecimento global”, que se manifesta pelo aumento das temperaturas médias dos diferentes locais da Terra, devido sobretudo ao crescimento da industrialização, à circulação dos meios de transporte e às queimadas nas florestas tropicais.
(B) As alterações da atmosfera urbana mencionadas no texto são decorrentes da desintegração de parte da camada de ozônio situada especificamente sobre as metrópoles mundiais.
(C) O fenômeno tratado no texto diz respeito à formação de uma zona anticiclonal na atmosfera das grandes cidades, a partir de onde se deslocam massas de ar que seguem para zonas de menor pressão atmosférica.
d) A “abóbada climática” mencionada no texto independe de se situar sobre área urbana ou rural, pois ela se forma de acordo com o deslocamento dos ventos.
(E) O fenômeno ao qual o texto se refere é a “ilha de calor”, próprio das grandes cidades e que é originado principalmente pela presença de indústrias, pela frota de veículos e pela impermeabilização do solo urbano, de modo que a temperatura numa metrópole tende a aumentar à medida que nos afastamos dos bairros mais arborizados e nos dirigimos ao centro da cidade.

21ª Questão: (Mack) As ilhas de calor fazem parte de um conjunto de fenômenos decorrentes da ação antrópica sobre o meio ambiente, resultado do tipo de sociedade criada e gerada por uma série de fatores, entre os quais podemos destacar:

(A) a permeabilização dos solos através do calçamento e asfalto, que provoca o lento escoamento das águas da chuva, reduzindo o processo de evaporação.
(B) a ação da poluição atmosférica, que dispersa a radiação do calor por toda a superfície, causando o aquecimento da atmosfera ou o que chamamos de efeito estufa.
(C) a possibilidade da inversão térmica diminuir, devido à diminuição  radativa da temperatura nas camadas da atmosfera próximas à superfície das áreas urbanizadas.
(D) a escassez de áreas revestidas de vegetação, que prejudica o que chamamos de albedo, ou seja, o poder refletor de determinada superfície, levando a uma maior absorção do calor recebido.
(E) a concentração de altas densidades de construções que repelem o calor, bem como da poluição, que tende a subir e se aquecer nas altas camadas da atmosfera, gerando o calor latente nas demais camadas.

22ª Questão: (Ufg) A Mata das Araucárias cobria, nas primeiras décadas do século XX, quase todo o território dos estados do Paraná e de Santa Catarina, além de boa parte do estado do Rio Grande do Sul.

Hoje, essa vegetação original está reduzida a, apenas, 20% da sua extensão.
Identifique a opção que explica essa brutal redução.

(A) A densa e veloz urbanização regional que provocou o desmatamento das áreas de araucária para dar lugar aos atuais subúrbios metropolitanos.
(B) O plantio extensivo de eucaliptos que, por possuir maior valor econômico, passou a concorrer com a araucária pelo uso do solo regional.
(C) As mudanças climáticas sucessivas que alteraram o ecossistema regional e reduziram as condições naturais de florescimento da araucária.
(D) O desmatamento provocado pela exploração em grande escala do pinheiro-brasileiro e a expansão territorial da agricultura comercial.
(E) A migração do litoral para o interior da Região Sul, promovendo uma ocupação desordenada das terras e difundindo o uso da queimada na agricultura.

23ª Questão: (Ufjf) Observe a figura:



Marque a alternativa que caracteriza a paisagem observada:

(A) Ocorre entre os trópicos, nas terras baixas, recebendo uma precipitação elevada e bem distribuída ao longo do ano. São ecossistemas nos quais concentra-se uma grande biodiversidade terrestre.
(B) Ocorre em uma região em que as chuvas são irregulares, e seu solo não é necessariamente pobre. Sua vegetação apresenta pequenas árvores espaçadas, arbustos e gramíneas.
(C) Ocorre em uma área onde as chuvas têm distribuição uniforme, com estações bem marcadas. São ecossistemas em que prevalece a formação arbórea, como os pinheiros.
(D) Ocorre em uma região de altitudes mais elevadas, com chuvas bem distribuídas durante o ano. Sua vegetação é densa, formada principalmente por árvores, quase não há ocorrência de arbustos e gramíneas.
(E) Ocorre em uma vasta planície alagadiça, onde as chuvas se concentram em um período do ano. Apresenta uma grande variação na cobertura vegetal, em função das estações seca e chuvosa.

23ª Questão: (Ufpb) Observe o climograma relativo à cidade de São Gabriel da Cachoeira-AM (localizada na região da Amazônia Ocidental). Com base no gráfico, é correto afirmar que, nessa cidade, predominam as características do clima:


(A) litorâneo úmido, marcado por médias elevadas de temperatura e com meses mais chuvosos ou de maior pluviosidade no outono e no inverno.
(B) tropical semi-árido, marcado por médias térmicas elevadas (em torno de 2 8 oC) e por chuvas escassas e regulares.
(C) equatorial úmido, em razão das médias elevadas de temperatura (de 2 5 oC a 28 oC) e pequena amplitude térmica (em torno de 3 oC) anuais.
(D) tropical de verão úmido e de inverno seco, uma vez que, nos meses de maio a setembro, os índices pluviométricos diminuem.
(E ) subtropical úmido, caracterizado pela ocorrência de chuvas, nos doze meses do ano, e por invernos com temperaturas abaixo de 0 oC.

24ª Questão: (Uel)
“A umidade relativa do ar e as temperaturas são altas, pouco variando ao longo do ano em virtude de sua localização latitudinal e da densa presença de rios e vegetação. Possui temperatura média que varia entre 25 ºC e 28 ºC, pouco flutuante ao longo das estações. Com pluviosidade média situada entre 1500 e 2500 mm/ano, suas chuvas são constantes e abundantes, em geral, resultado de processos convectivos. Nela, predomina a atuação da massa de ar equatorial continental.”

O texto refere-se a um tipo de clima, região e fenômenos climáticos. Assinale a alternativa que relaciona corretamente esses elementos.

(A) Clima: Subtropical; região: pampas sul-riograndenses; fenômenos climáticos: deslocamento sazonal de frente fria, friagem, chuvas orográficas.
(B) Clima: Tropical semi-úmido; região: semi-árido nordestino; fenômenos climáticos: deslocamento de massa de ar tropical marítima, chuvas de inverno.
(C) Clima: Equatorial semi-úmido; região: campos; fenômenos climáticos: deslocamento de massas de ar tropicais e equatoriais continentais, chuvas frontais.
(D) Clima: Equatorial úmido; região: amazônica; fenômenos climáticos: chuvas convectivas, elevada taxa de umidade, alto índice pluviométrico.
(E) Clima: Tropical de altitude; região: cerrado; fenômenos climáticos: deslocamento de massas de ar tropicais atlânticas, sazonalidade da precipitação.

25ª Questão: (Ufrn) As metrópoles podem ser consideradas como a expressão espacial mais complexa da produção do espaço geográfico no sistema capitalista. Por isso, podem ser vistas, também, como o espaço geográfico onde ocorrem as mais profundas alterações do quadro natural, que provocam uma série de problemas ambientais, como, por exemplo, o efeito estufa, a inversão térmica e a ilha de calor.
No caso específico da ilha de calor, trata-se de um fenômeno que ocorre nos centros urbanos resultante de uma série de fatores, dentre eles:

(A) retenção do calor irradiado pela superfície terrestre; impermeabilização dos solos e cobertura vegetal densa.
(B) construção de edifícios; cobertura vegetal densa e emissão de gases pelas indústrias.
(C) redução da evaporação e do aquecimento da atmosfera; retirada da cobertura vegetal e dispersão de poluentes na zona central da cidade.
(D) retirada da cobertura vegetal; concentração de edifícios e impermeabilização dos solos.


26ª Questão: (Ufpe) "Em condições normais, nas camadas inferiores da troposfera, o ar se resfria de baixo para cima à razão de 0,6°C a cada 100m, fato ao qual se pode dar o nome de gradiente vertical. Em certas condições, porém, cria-se uma situação oposta: a camada mais fria situa-se sob a mais quente."
(CONTI, José Bueno. "Clima e Meio Ambiente". Ed. Atual)

Qual a denominação que é dada a essa "situação oposta", referida no texto?

(A) termoclina
(B) ilha de calor
(C) gradiente termo-barométrico normal
(D) inversão térmica
(E) isoterma

27ª Questão: (Pucrs) Responder à questão com base no desenho a seguir, referente ao meio ambiente.
O desenho refere-se
(A) ao efeito tampão, que causa aumento exagerado de temperatura em cidades litorâneas durante os invernos.
(B) ao efeito estufa, aumento de calor em função da agressão à camada de ozônio.
(C) à formação de chuva ácida, que ocorre somente em áreas urbanas, em função da industrialização.
(D) à inversão térmica, ocasionada pelo movimento do ar das zonas rurais para as zonas urbanas, aumentando as temperaturas nas cidades.
(E) à formação de ilha de calor, aumentando a temperatura à medida que nos aproximamos dos centros urbanos.

28ª Questão: (Unesp) Observe o quadro a seguir.



As letras A, B, C e D do quadro correspondem, respectivamente, a:

(A) Mata de Araucária; tropical; floresta latifoliada; planaltos com coxilhas.
(B) Amazônia; tropical de altitude; floresta caducifólia; planaltos tabuliformes.
(C) Mata de Araucária; semi-árido; florestas tropicais; planícies onduladas e planícies deprimidas alagáveis.
(D) Pradarias; tropical e semi-árido; manguezais; serras.
(E) Pradarias; equatorial úmido; floresta caducifólia; planícies.

29ª Questão: (Ufc) A figura a seguir representa a distribuição geográfica das principais formações vegetais originais do território brasileiro.


Assinale a alternativa que associa corretamente o espaço numerado no mapa à formação vegetal.

(A) 1 - Floresta Amazônica, 2 - Cerrados, 7 - Vegetação do Litoral
(B) 3 - Caatinga, 5 - Complexo do Pantanal, 6 - Mata de Araucária
(C) 3 - Cerrados, 1 - Floresta Amazônica, 5 - Campos
(D) 6 - Complexo do Pantanal, 8 - Mata de Araucária, 3 - Caatinga
(E) 5 - Campos, 7 - Vegetação do Litoral, 2 - Floresta Amazônica


30ª Questão: (Mack) Assinale a alternativa correta sobre a dinâmica de massas de ar no Brasil.

(A) A massa equatorial atlântica origina-se no Atlântico Norte e influencia o clima de todo o interior do país.
(B) A massa tropical continental origina-se na Depressão do Chaco e provoca chuvas torrenciais de inverno no litoral sul e sudeste.
(C) A massa tropical atlântica originária do Atlântico Sul atua principalmente na faixa litorânea desde o nordeste até o sul do país.
(D) A massa equatorial continental origina-se na Amazônia Ocidental e é uma das responsáveis pela seca do Nordeste.
(E) A massa polar atlântica, originária da Antártida, tem atuação restrita ao extremo sul do país.

Questão Discursiva:

1ª Questão: Os domínios morfoclimáticos (ou morfoclimatobotânicos) correspondem a porções da superfície terrestre nas quais os elementos naturais como a estrutura geológica, o relevo, o clima, a hidrografia e a vegetação se combinam, criando uma paisagem individualizada e diferenciada das demais. O geógrafo Aziz N. Ab'Sáber determinou a existência de seis domínios morfoclimáticos, no Brasil. Compare os domínios Amazônico e do Cerrado, ressaltando as diferenciações entre os dois tipos de paisagem natural.

a) Explique o que é domínio morfoclimático enfocando a abordagem conceitual desse termo usado exclusivamente na geografia?

b) Quais, quantos são e como são classificados (quanto ao porte estrutural dos vegetais) os domínios morfoclimáticos brasileiros ;

c) Relacione o nome de cada domínio com o local de sua abrangência juntamente com o tipo de relevo e clima predominante da área.



20 comentários: