LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tem como objetivo, ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas.


quarta-feira, 6 de março de 2013

Correntes do Pensamento Geográfico - Exercícios Vestibulares (1ª Parte)



1. – (UFC) Sobre a Geografia, seus métodos, seus procedimentos, suas abordagens,assinale V para o que for verdadeiro e F para o que for falso.

a) ( ) A Geografia Tradicional tem por base metodológica a teoria marxista.
b) ( ) O Determinismo Geográfico de Ratzel, surge como resposta ao Possibilismo de Vidal de la Blache.
c) ( ) O espaço geográfico tem uma dimensão histórica e, portanto, devemos considerá-lo na sua relação temporal.
d) ( ) A Geografia ao longo de sua trajetória tem vivenciado avanços e recuos. Hoje, pode-se dizer que a Geografia apresenta grandes avanços metodológicos permitindo  compreender a dinâmica e as contradições sociais do espaço geográfico.
e) A sala onde você está se anasilando este exercício contém natureza transformada pelo trabalho social. Olhe para as paredes, carteiras e demais objetos ao seu redor e perceberá isto. Quase tudo que nos cerca é o resultado do trabalho social sobre a natureza, inclusive o espaço geográfico, objeto de estudo da Geografia.

a)  F,F,F,F e V        c) F,F,V,F e F        e) V,V,V,F e V
b)  V,F,V,F e V       d) F,F,V, V e V     

2 – (UFC) Considerando o tratamento dado à questão do subdesenvolvimento, pelas Escolas Geográficas, assinale V para o que for verdadeiro e F para o que for falso.

a) ( ) Na Escola Determinista, a questão do subdesenvolvimento coloca-se como resultado dos condicionantes naturais.
b) ( ) Na Escola Possibilista, a superação do subdesenvolvimento dar-se-á após o contato com a civilização.
c) ( ) A adoção de políticas de industrialização não era considerada pela Escola Quantitativista, ao tratar da possibilidade de Superação do subdesenvolvimento.
d) ( ) Na Escola da Geografia Crítica, a questão do subdesenvolvimento é vinculada à situação da dependência e exploração existente entre países.

a)   F,F,F e V        c) V,V,F,V        e) V,V,V e V
b)  V,F,V e V        d) F,F,V e V 
     
3 –  (UFC) No que diz respeito à relação entre as escolas da Geografia e a legitimação de interesses de determinados Estados-Nações, assinale V para o que for verdadeiro e F para o que for falso.

a) ( ) O Determinismo Geográfico serviu para legitimar a política expansionista  bismarckiana - na Alemanha.
b) ( ) O Possibilismo Geográfico, embora utilizando-se do discurso da neutralidade  científica, atendia aos interesses da França, ao contrapor à política expansionista bismarckiana e a viabilizar a política colonialista francesa na África e na Ásia.
c) ( ) A Nova Geografia (Geografia Quantitativista), no pós-45, escamoteia a realidade vivênciada pelos países subdesenvolvidos, ao afirmar que a situação de pobreza e miséria existente é um estágio superável a partir da adoção de políticas de planejamento eficazes.,
d) ( ) A Geografia Crítica segue os mesmos postulados da Geografia Tradicional e da Nova Geografia.
e) ( ) A Geografia Crítica desmascara a Geografia Tradicional e a Nova Geografia ao demonstrar o papel da Geografia na legitimação dos interesses das classes hegemônicas.

a)  F,F,F,F e V        c) F,F,V,F e F        e) V,V,V,F e V
b)  V,V,V,F e V       d) F,F,V, V e V     


4 – (UFC) Considerando as diferentes concepções teórico-metodológicas da Geografia é possível afirmar corretamente:

a) Para o Determinismo, o espaço geográfico estrutura-se a partir das relações que se dão entre o homem e a natureza, comandadas pelo primeiro.
b) Segundo o Possibilismo, as características intrínsecas do meio natural são responsáveis pelas diferentes formas e níveis de organização da sociedade.
c) Para o movimento de renovação da Geografia, iniciado na década de 70 o espaço geográfico é produto do trabalho humano.
d) A Geografia Crítica trabalha com o método dialético na análise da especialização das relações sociais, fazendo uso dos princípios da Extensão e Causalidade estabelecidos, respectivamente, por Humboldt e Ratzel.
e) A Geografia Física moderna adota o método geossistêmico, o qual compartimenta a paisagem através da análise isolada do clima, do relevo, da água e do solo.

5 –   [...]  as  principais  correntes  de  pensamento geográfico  ou  paradigmas  da  geografia  são: Determinismo  ambiental, Possibilismo,  a Teorética-Quantitativa  e  a  geografia  crítica. (CORRÊA, R. L. Região e organização espacial. São Paulo: Ática, Série Princípios, 2003.)

Sobre  o  assunto,  assinale  a  afirmativa INCORRETA.

(a) No determinismo ambiental, afirma-se que as condições  naturais  determinam  o  comportamento do  homem,  interferindo  na  sua  capacidade  de progredir.
(b)  O  possibilismo  surgiu  como  contraponto  ao determinismo  ambiental  ao  afirmar a  capacidade do  homem  de  superar  os  desafios  impostos  pelo meio natural.
(c)  O  racionalismo  enfatiza  a  diferenciação  de áreas  a  partir  da  integração  de  fenômenos heterogêneos  em  uma  dada  porção  da  superfície da Terra.


06 –  Quanto às práticas espaciais, responda com V para verdadeiro e F para falso

( ) As praticas espaciais impõe relações ao uso do espaço, principalmente para explorá-lo mais.
( ) Ação seletiva dos sujeitos sociais no processo de organização do seu espaço. Esta prática envolve julgamento e decisão segundo o projeto estabelecido e possibilita a realização de interesses imediatos ou futuros. Isto é um conceito dado à antecipação espacial.
( ) Espaços marcados pela evasão de capitais, o que pode corresponder à não concretização das virtualidades presentes num determinado lugar, é o conceito para a pratica da marginalização.
( ) A prática definida pela exploração de uma área para a realização de uma atividade antes que condições favoráveis ao seu desenvolvimento tenham sido completamente satisfeitas, é chamada de seletividade espacial.

07 – Ela é constituída assim como um instrumentos de controle social eficazes para a reconstrução de áreas devastadas pela Guerra. As técnicas matemáticas e estatísticas eram fundamentais, na visão dessa corrente, para os processos de urbanização, industrialização e expansão de capital que se davam de forma intensa no mundo.

A sociedade que deve ser a preocupação fundamental de todo o ramo do saber humano, é um conjunto total e complexo. Cada ciência particular estuda um dos aspectos desta sociedade. Marque a opção em que é destacado o aspectos que cabe à ciência geográfica estudar.

a) A natureza, pois a Geografia procura defendê-la.
b) A terra, porque a Geografia é a descrição da Terra.
c) O meio ambiente, porque nele o homem está inserido.
d) a organização espacial, porque resulta do trabalho do homem sobre a natureza

08 – (URCA – 2001) “O espaço é concebido como lócus da reprodução das relações sociais de produção, isto é, reprodução da sociedade.”

O autor refere-se ao desenvolvimento da análise do espaço no âmbito da:

a) geografia tradicional, em que muito se apóia na teoria do determinismo geográfico;
b) geografia teorética-quantitativa, calcada no raciocínio hipotético-dedutivo do positivismo lógico;
c) geografia crítica, que adota o materialismo histórico e dialético como paradigma;
d) geografia humanística, assentada na subjetividade e no conceito;
e) geografia tradicional francesa, calcada nos conceitos de meio, ação humana e gênero de vida

09 – UECE 94.1 Marque a opção verdadeira: 
a) O determinismo defende que o homem modifica o meio
b) Possibilismo defende que o homem é produto do meio
c) A Nova Geografia defende que o subdesenvolvimento é um estágio para se chegar ao desenvolvimento
d) A Nova Geografia defende que o desenvolvimento é um estágio para se chegar ao subdesenvolvimento
e) A Geografia Crítica apóia-se em dados estatísticos e planos para explicar a espacialidade social  

10 – ENEM 2009 - H9 Considere o trecho do artigo abaixo.

"Nascendo na Alemanha, a Geografia moderna teve seus primeiros grandes mestre nesse país; a escola alemã de Geografia notou-se por seu caráter determinista, cuja principal nome é Frederic Ratzel. Em oposição ao determinismo alemão surgiu, na França,o possibilismo, corrente que teve Em Vidal de la Blache seu maior expoente,consolidando a escola francesa de Geografia. Foram essas duas escola que exerceram a maior influência no estabelecimento da Geografia brasileira, durante as primeiras décadas do século XX: o pensamento alemão, presente sobretudo nos órgãos do Governo, e o francês principalmente nas recém-criadas faculdades, cujos professores vieram da França.

O método regional foi uma corrente que esteve em voga em fins do século XIX e princípio do século XX, especialmente na França e na Inglaterra,devido e ao grande império colonial pertencentes a esses dois países. Após a década de 50, novos paradigmas urgiram na Geografia, afetando também a produção geográfica brasileira; primeiro, a chamada Nova Geografia ou Geografia Quantitativa, ligada à Estatística e à matemática; esta foi, posteriormente, cedendo espaço para a Geografia Crítica, a partir do final dos anos 70, que utilizava a teoria marxista como base ideológica. Esta é, atualmente, a corrente mais difundida no Brasil, sobretudo através da Obra de Milton Santos."
O artigo trata a gênese da Geografia Moderna e suas correntes epistemológica. Como base no artigo, é correto afirmar que:

a) a Geografia é uma ciência estática, sua produção acadêmica pode ser resumida nas postulações de Ratzel e Vidal de La Blache.
b) a Geografia Moderna teve seus principais grandes mestres nesse país; a escola alemã de Geografia notou-se por seu caráter determinista, cujo principal autor é Vidal de La Blache.
c) em oposição ao possibilismo alemão: surgiu, na frança, o determinismo, corrente que teve Vidal de La Blache.
d) a origem de diferentes paradigmas das correntes geográficas, tais como a deterministas, possibilista, regional, quantitativa, está relacionada a diversas formas de poder político e econômico dos Estados.
e) após a década de 50, novos paradigmas surgiram na Geografia, afetando também a produção geográfica brasileira; primeiro, a chamada Nova Geografia ou Geografia Quantitativa, que  utilizava a teoria marxista como base ideológica. 


11 –  No que se refere às correntes de pensamento Geográfico, marque a proposição errada:

a) ( ) O determinismo transfere aos elementos naturais a capacidade ou não de progressos dos povos.
b) ( ) No possibilismo está contido o caráter competitivo das classes sociais procurando verificar o papel das relações sociais na organização do espaço
c) ( ) O método Regional estuda a questão da diferença das áreas como objeto de estudo da Geografia.
d) ( )A Geografia teórica encara o subdesenvolvimento como uma etapa necessária superada em pouco tempo.
e) ( ) De acordo com a geografia crítica os agentes da Organização Espacial são os proprietários fundiários, os industriais, os incorporadas imobiliários, etc.


12 – (UECE) São várias as Correntes de Pensamentos Geográficos ou Paradigmas da Geografia a última corrente a ser incorporada que passou a existir conflitamente com as anteriores foi:


a) ( ) Geografia teórica
b) ( ) Determinismo Ambiemtalismo
c) ( ) Método Regional
d) ( ) Geografia crítico-dialética.



13 –  (UECE) Nos últimos anos a ciência geográfica têm passados por grandes mudanças conceituais e metodológicos. Esse processo evolutivo, já nos fornece a idéia que a Geografia:
a) ( ) deve limitar a estudar os aspectos físicos dos territórios, para sociólogos explicarem a vida de sociedade.
b) ( ) a ciência de base para entender os fenômenos climáticos, como a seca e as enchentes.
c) ( ) busca, a partir das relações entre os homens e deste com a natureza no ocorrer dos tempos, a explicação da organização do espaço.
d) ( ) é a ciência que estuda as relações dos homens com a natureza.



14 –  (Unifor 84.1)
Considere as seguintes afirmações:

I.“O homem tem seu modo de vida estabelecido pelo meio natural”.
II.“O homem é o agente organizador do espaço”.

De sua análise conclui-se que:

a) ( ) I e II são determinismo e se completam.
b) ( ) I e II são possibilistas e se completam.
c) ( ) I e II são possibilistas mas se opõem.
d) ( ) I é deterministas, II é possibilita e se opõem.
e) ( ) I é possibilita, II é determinista e se opõem.

15 –  (UFC-92.2) Modifica no que diz respeito à relação entre as escolas da geografia e a legitimação dos interesses de determinados estados-nações, é verdadeiro afirmar: (marque V ou F )

( ) o determinismo geográfico serviu para legitimar a política expansionista bismarckiana
na Alemanha
( ) O possibilismo geográfico, embora utilizando-se do discurso da neutralidade cientifica, atendia aos interesses da França, ao contrapor-se a política colonialista francesa na África e na Ásia.
( ) A nova geografia ( geografia quantitativista), no pós 45, escamoteia a realidade vivência pelos países subdesenvolvidos, ao afirmar que a situação de pobreza de miséria existente é um estágio superável da adoção de política de planejamento eficazes.
( ) A geografia crítica segue os mesmos postulados da geografia tradicional e d nova geografia.
( ) A geografia crítica desmascara a geografia tradicional e a nova geografia ao demostrar o papel da geografia na legitimação dos interesses das classes hegemônicas.

16 – (UECE) “Uma das grandes metas conceituadas da geografia foi justamente de um lado, esconder o papel do Estado bem como o das classes sociais na organização da sociedade e do espaço. A justificativa da obra colonial fio um outro aspecto do mesmo programa (M. Santos)” .

As nações teórico-metodológicas que invertem essas metas conceituadas estão contidas na:

a) ( ) geografia teórica
b) ( ) geografia descritiva
c) ( ) geografia crítica
d) ( ) geografia de percepção

17 –  (UECE-91.2) A ideologia segundo a qual os povos mais inteligente e os mais cultos são os das zonas temperadas, enquanto os da zona trópica, em função do clima quente, são os mais indolentes, resultando disso o desenvolvimento e o subdesenvolvimento, essa postura é defendida pelo (a):

a) ( ) geografia crítica
b) ( ) darwinismo geográfico
c) ( ) determinismo geográfico
d) ( ) possibilismo geográfico


18   (UECE) Identifique a opção em que esteja definido o caráter ideológico da Geografia, desde o início da expansão territorial ao capitalismo:

a)Defensora intransigente de um mundo mais justo onde o espaço seria organizado para felicidade das comunidades autóctones.
b)Focalizava o papel das classes sociais na organização do espaço.
c)Sempre adotou uma atitude dinâmica, buscando verificar o papel funcional das áreas do contexto em prol da igualdade social.
d)Serve de esteio científico para expansão do capitalismo, oferecendo-lhe maior conhecimento dos espaços a das sociedades de muitas colônias.


19   (UECE) A história da Geografia, como todas as ciências particulares, passou por fases determinadas de eminentes geógrafos. Desse modo, podemos afirma:


a) ( ) a geografia só teve dois momentos: o do Determinismo e o do Positivismo.
b) ( ) hoje predominam os trabalhos de geógrafos. Desse modo, podemos afirmar:
c) ( ) no último pós guerra ficou a geografia reduzida às postulações da geografia quantitativa, um ramo da geografia pragmática.
d) ( ) na atualidade, as propostas da geografia crítica, como instrumentos da liberdade do homem. Opõem-se às postulações da geografia pragmática e às da geografia tradicional.


8) Assinale a alternativa que corresponde à Escola de Pensamento Geográfico e seu divulgador que estiver corretos respectivamente escola e divulgador.


A
Determinismo
Vidal de La Blache
B
Possibilismo
Hartshone
C
Método Regional
Frederich Ratzel 
D
Nova Geografia
Milton Santos
E
Geografia Crítica
Yves Lacostes









4 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...