LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tinha como objetivo, apenas de ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas AGORA também estaremos postando aulas com assuntos das Ciências Natureza (Biologia, Química e Física).


10/11/2014

Movimentos Sociais= Sociologia 2º e 3º Ano



Fala galera! Tudo bem? 

Vamos iniciar mais uma aula de sociologia. Hoje vamos falar sobre um tema bastante cobrado e recorrente nas prova dos vestibulares que é o tema  Movimentos Sociais. Tema bastante relevante por conta da Jornada de junho (daquelas manifestações que a gente presenciou no Brasil). E também em outras partes do mundo, como por exemplo, a primavera árabe no norte da África.

Galera!, Antes de mais nada nós precisamos definir (conceituar) o que é um movimento social. Certo?

O que vem a ser um Movimento Social?
Um movimento social não é basicamente qualquer tipo de aglomeração de indivíduos. Isto é, qualquer tipo de manifestação.

Então o que seria um movimento social?
Seria a união de um grupo de indivíduos que se agregam a partir de luta  ou da busca tendo em vista objetivos específicos.

Definição: Grupo de indivíduos agregados a partir de objetivos específicos que tenham em seu seio  

E isso se dá através da Busca objetivos específicos que poder ser de
- Manutenção ou de
- Transformação da sociedade


Galera! Quando nós estamos falando de movimentos sociais. Nós estamos falando de grupos que buscam esses objetivos específicos, sendo que estes objetivos específicos podem ser tanto visando:

- A manutenção de determinada características da sociedade (ou evitar transformações, mudanças)
- A transformação dentro da estrutura social.

Essas são (- Manutenção/ Transformação) a primeira característica de um movimento social.

Galera se agente for pegar o movimento anti-aborto ou movimentos favoráveis ao aborto. Podemos caracterizá-los como grupos que buscam objetivos específicos, mesmo com finalidades diferentes. Assim são movimentos sociais.       


Vamos para o segundo critério:

Observem que o movimento anti-aborto luta pela manutenção de leis que visão a proibição do aborto (buscam a manutenção de uma estrutura legal que proíba o aborto).

Já  o movimento favorável a prática do aborto luta pela transformação da sociedade a partir de leis que tornem essa pratica legal na sociedade(buscam a transformação dessa estrutura legal que permitiria a prática do aborto).

Observe que ambas tenha - Valores/ ideias, isto é, identidade especifica. Essa e o segundo critério para que um movimento seja um movimento social.

 Um outro, exemplo de movimento social com interesse contrários, mas que não deixam de ser movimentos sociais são os dos simpatizantes(ou favoráveis) pela união homo afetivas e contrários a união homo afetiva       
Por serem movimentos sociais contrários o que é que os torna parecidos é que ambos possuem valores ou ideias especificas.
Então nesse sentido dá para perceber que todo e qualquer movimento social precisa ser orientado por valores e ideias (ideologias) especificas.

Galera esses ideais  ou esses valores sejam lá qual for. Para existir o movimento social ele irá precisar de um valor ou uma ideia comum a todos os membros que fazem parte desse determinado movimento social. Esse valor ou ideal é que irá determinar o de luta seja ela qual for ela, e que também será especifica a esse determinado grupo.

   
Nesse sentido, nós não podemos definir a jornada de junho que ocorreu no Brasil como um movimento social.
Por que? Podemos dizer até que as jornadas de junho, tenham se iniciado por um movimento social, com uma reivindicação especifica todos se lembram que foi devido ao aumento das passagens de ônibus, mas o movimento acabou agregando uma série de outros valores e uma série 
De outras reivindicações especificas e acabou perdendo a sua identidade de movimento social.

Pensando agora a respeito da primavera árabe. Ela pode ser classificada como algo mais próximo do movimento social. Justamente porque existia uma ideologia (valores) específicos com relação a todos aquelas manifestante que seria uma crítica uma busca a uma transformação de estrutura de governos daqueles países.

IMPORTANTE: Quando nos pensamos nesses movimentos sociais contemporâneos, nesse movimentos mais recentes, nós temos que nota que eles apresentam uma clara tendências a globalização. Nesse sentido a gente pode perceber nas manifestações que ocorreram aqui no Brasil no norte da África, uma certa novidade que foi a utilização de redes sociais, visando a divulgação suas ideologias e principalmente de agregar indivíduos entorno de seus objetivos específicos.

Bem se agente for pensar no caso da primavera árabe, o movimento conseguiu se alastrar, se expandir, conseguiu ter uma série de adeptos, conseguiu atrair muita gentes a partir das redes sociais.

Mas porque as redes sociais?
Porque uma das principais características é encurtamento do espaço. Acabando criando um espaço virtual onde pessoas distantes geograficamente possam se encontrar, compartilhar ideias, valores e a partir daí reuniram-se e formar um novo movimento social.

Então as redes sociais é um fenômeno recente obviamente com facebook, twite , etc...

E finalmente para que a gente entenda o que é um movimento social, nós temos que nós focar em três elementos definidores   

- Identidade
- Oposição
- Totalidade

Esses três elementos nos permitem afirmar que um conjunto de indivíduos, ou seja, que um movimento social não é simplesmente uma aglomeração de indivíduos.

Então vamos lá!!

Todo movimento social tem que atender ao principio da IDENTIDADE. Ou seja, quem somos, o que queremos, o que defendemos = qual é a nossa  luta!
Assim um movimento social sempre precisa ser identificado através de sua bandeira que representa os seus valores e ideais.

Outro principio importante é que todo e qualquer movimento social tem que possuir é a ideia de OPOSIÇÃO, isto é, se levantar contra algo. Podemos exemplificar isso  usando o exemplo dos movimentos sociais contrários (os favoráveis ao aborto e o dos contrários ao aborto) são movimentos que se opõem aos outro. Isto é se levantam contra algo seja porque não consideram que esse algo seja legitimo ou correto dentro da estrutura da sociedade, por isso buscam essa transformação  ou contra uma transformação preeminentes dentro da estrutura dessa sociedade e portanto, contrários a essas mudanças.

Estamos entendidos ate  aqui!!???

Então se agente for pensar em algum tipo de movimento social, com por exemplo, o movimento feminista é um  movimento que tem uma identidade clara e definida, e exerce uma oposição contra a sociedade machista (uma sociedade que descriminaliza a mulher e supervaloriza o gênero masculino).

Se a gente for pensar num movimento social/ecológico (GREENPEASE), observamos que existe uma identidade clara, e se opõem, faz uma oposição a politica contrarias a sustentabilidade a preservação do meio ambiente, isto é, oposição as politicas de degradação ambiental.

Então sempre existe uma identidade e uma oposição

E por fim galera!!Todo e qualquer movimento social se apresenta como um defensor de uma ideia de totalidade, ou seja,  a minha luta, a luta do meu movimento social e benéfica não apenas para as pessoas que fazem parte do meu movimento social, mas para toda a sociedade.

Então se a gente for pensar no maior movimento social do mundo, que está aqui no Brasil, o MST –  movimento dos trabalhadores rurais sem terra. É um movimento que existi uma identidade (luta pela terra para quem não tem) e uma  oposição especificamente contra o latifúndio improdutivo, e que coloca a sua luta como uma luta que não só beneficiará o grupo dos trabalhadores rurais sem terras mas toda a população da sociedade brasileira, através da implantação da pluralidade da economia com o cultivo de diversas culturas no campo através do fim do latifúndio improdutivo.

Então sempre teremos essas três características dentro de um movimento social.



EXERCÍCIOS PROPOSTOS:

1ª Questão: Leia o texto a seguir.

Com vestidos de noivas e ternos, três casais gays [...] se apresentaram nesta quarta-feira no cartório de registro civil de Montevidéu para uma simulação de casamento, no lançamento de uma campanha em favor do casamento homossexual.
(Folha de São Paulo, 19 maio 2010, Caderno Mundo. 
Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/fsp>. Acesso em: 19 maio 2010.)

Com base no texto e nos conhecimentos sobre os novos movimentos sociais, considere as afirmativas a seguir

I. Desde a segunda metade do século XX, o Ocidente vivencia a explosão de variados movimentos sociais cujo eixo são as políticas identitárias.

II. Movimentos sociais são expressão de demandas do cotidiano que se transformam em reivindicações coletivas para a ampliação dos direitos de cidadania.

III. O que diferencia o movimento gay em relação ao antigo movimento operário é a negação da instância política enquanto elemento mediador da ação reivindicativa.

IV. Dentre as condições para a existência de movimentos sociais está o respeito aos valores morais tradicionais, como a aceitação da união heterossexual e a negação da homossexual.

Assinale a alternativa correta.

(A) Somente as afirmativas I e II são corretas.
(B) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
(C) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
(D) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
(E) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.


2ª Questão: Leia o texto abaixo:

[...] A luta pelo sufrágio  universal, pela ampliação dos direitos da democracia, não incluía, no entanto, o sufrágio feminino. Esta foi uma luta específica que abrangeu mulheres de todas as classes. Foi uma luta longa, demandando enorme capacidade de organização e uma infinita paciência. Prolongou-se, nos Estados Unidos e na Inglaterra, por 7 décadas. No Brasil, por 40 anos,  a contar da constituição de 1891. [...]  


Nesse texto, o movimento social feminista possuía como característica a defesa da

(A) comemoração do Dia da Mulher.
(B) criação da lei do divorcio.
(C) integração das mulheres nas indústria.
(D) manutenção do direito de associação.
(E) participação da mulher nas eleições.

3ª Questão: “Em 1848, a Convenção dos Direitos Femininos, realizada em Nova York, publicou a “Declaração de Sentimentos”, na qual defendia o direito de voto para as mulheres. [...] em 1920, as mulheres norte-americanas conquistaram o direito de voto. (...) No Brasil, o movimento organizado em defesa do voto feminino surgiu em 1922, quando foi fundada a Federação Brasileira pelo Progresso Feminino, no Rio de Janeiro. Em 1932, o governo federal estabeleceu as novas regras eleitorais permitindo as mulheres votar e candidatar-se”.

CAMPOS, Flávio. MIRANDA. Renan Garcia. A Escrita da História.
São Paulo: Editora Escala Educacional, 2005. p. 61. [Adaptado].

Sobre a situação das mulheres na Grécia Antiga, marque a alternativa correta.

(A) Diferente do que ocorreu no século XIX e XX na Europa e no Brasil, as mulheres, em boa parte das cidades-Estado gregas, eram tratadas como cidadãs com direitos e deveres.
(B) O Código de Drácon, instituído por Solon, antecipando em vários séculos as Constituições do EUA e do Brasil, determinava que as mulheres gregas tivessem os mesmos direitos de voto que os homens.
(C) O Código de Drácon, instituído por Solon, fundamentava o machismo grego e determinava que as mulheres gregas, em todas as cidades-Estado, não tivessem os mesmos direitos de voto que os homens.
(D) Em Atenas, por mais que houvera a democracia, essa estava restrita aos homens atenienses adultos não escravos. Já em Esparta, as mulheres gozavam de maior liberdade.
(E) Em Esparta, pólis marcada pelo militarismo, as mulheres não tinham a menor liberdade, muito menos o direito de voto. Já em Atenas, berço da democracia, houve, de certo modo, a antecipação dos direitos da mulher que seriam conquistados nos EUA e no Brasil só no século XX.

4ª Questão: Leia o texto abaixo:

[...] O movimento abolicionista intensificou-se, ganhando maior respeito e adesão popular. Uma série de iniciativas de caráter popular em defesa da abolição foram surgindo. Nas cidades eram frequentes a realização de manifestações e comícios em favor  do fim da escravidão. A tática da recusa também foi muita empregada. Na imprensa, por exemplo, os tipógrafos passaram a não imprimir folhetos com textos que defendessem a escravidão.

Ao jangadeiros, que realizavam o transporte de escravos da decadente zona açucareira do Nordeste para a região Sul, entraram inúmeras vezes em greve. Em 1887, o Exército nacional lança um documento declarando que não mais desempenharia a função de perseguir os escravos fugitivos. Todas as ações levam progressivamente o trabalho escravo a se desagregar. [...]

Esse texto, refere-se a mobilização sociais que provocaram a assinatura da

(A) Lei Áurea
(B) Lei de Terras
(C) Lei dos Sexagenários
(D) Lei Eusébio de Queirós
(E) Lei Feijó     



5ª Questão: Leia o texto abaixo sobre o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra.

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, também conhecido pela sigla MST, é um movimento social brasileiro, cujo objetivo é implantação da reforma agrária no Brasil. O MST declara buscar a redistribuição das terras improdutivas.

(A) a difusão da agroindústria  como forma de produção.
(B) a diminuição do custo de produção dos cereais.
(C) a melhoria da qualidade de vida do camponês.
(D) o combate ao programa da agricultura familiar
(E) o incremento da auto-subsistência alimentar


6ª Questão: (ENEM 2011) Na década de 1990, os movimentos sociais camponeses e as ONGs tiveram destaque, ao lado de outros sujeitos coletivos. Na sociedade brasileira, a ação dos movimentos sociais vem construindo lentamente um conjunto de práticas democráticas no interior das escolas, das comunidades, dos grupos organizados e na interface da sociedade civil com o Estado. O diálogo, o confronto e o conflito têm sido os motores no processo de construção democráticas.  

Segundo o texto, os movimentos sociais contribuem para o processo de construção democrática, porque

(A)  determinam o papel do Estado nas transformações socioeconômicas.
(B)  aumentam o clima de tensão social na sociedade civil.
(C) pressionam o Estado para o atendimento das demandas da sociedade.
(D) privilegiam determinadas parcelas da sociedade em detrimento das demais.
(E)  propiciam a adoção de valores éticos pelos órgãos do Estado.

GEOGRAFALANDO COMENTA
A alternativa correta é a letra “C”
Essa questão do ENEM é bem interessante para se perceber como o tema dos movimentos sociais é cobrado nos concursos. Assim como o autor do enunciado, os vestibulares em geral sempre veem os movimentos sociais com bons olhos. Pode até ser que você discorde disso, mas é importante ficar ligado. Nesse caso específico, a citação do enunciado é bem clara em seu conteúdo: os movimentos sociais são importante porque levam as demandas da sociedade civil para o Estado – justamente o que é expresso pela letra C.

A letra A é falsa, pois, do ponto de vista do enunciado, os movimentos sociais apenas influenciam os rumos do Estado, não os determinados.
A letra B é falsa, pois, apesar do conflito ser mencionado no texto, ele não é visto como um valor em si, mas como um bem unicamente por ajudar o desenvolvimento democrático.
 A letra D é falsa, pois, para o autor, os movimentos sociais não estabelecem privilégios.
Por fim, a letra E não faz sentido: o tema da ética nem foi mencionado na questão.


7ª Questão: No Brasil, o movimento ecológico emerge na década de 1970, época em que se vivia sob uma ditadura que combatia diretamente todos os movimentos sociais oposicionistas. Durante o regime militar, o Estado criou diversas instituições para gerir o meio ambiente, visando principalmente à atração de investimentos estrangeiros – como por exemplo do Banco Mundial e do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) – para a realização de ações ambientais. No entanto, grande parte destes recursos não foram utilizados para os fins aos quais se destinavam.
(Adaptado de GONÇALVES, Carlos W. P. Os (des)caminhos do meio ambiente. São Paulo: Contexto, 2002.)
A leitura do texto permite afirmar que

(A) o Estado procurou administrar o meio ambiente utilizando principalmente recursos internos.
(B) o regime militar tomou várias medidas que impediram a utilização dos recursos naturais.
(C) o regime militar utilizou a questão ambiental como forma de atrair o capital internacional.
(D) o movimento ecológico surgiu num momento em que o regime militar era mais democrático.
(E) o capital financeiro internacional se uniu ao movimento ecológico contra o regime militar.

GEOGRAFALANDO COMENTA
A alternativa correta é a letra “C”
A questão caracteriza-se como interpretação de texto. No entanto abrange com muita propriedade a exploração das reivindicações do movimento ecológico com finalidades econômicas e políticas pelo regime militar no Brasil na década de 1970.


8ª Questão: (Unesp 2011) A campanha pelo restabelecimento das eleições diretas para presidente da República do Brasil, em 1984, intitulada “Diretas Já!”,

(A) tentava garantir que o primeiro presidente pós-regime militar fosse escolhido, em 1985, pelo Colégio Eleitoral.
(B) defendia a continuidade dos militares no poder, desde que fossem escolhidos pelo voto direto dos brasileiros.
(C) foi a primeira mobilização pública de membros da sociedade civil brasileira desde o golpe militar de 1964.
(D) reuniu diferentes partidos políticos em torno da aprovação de emenda constitucional que reintroduzia o voto direto para presidente.
(E) teve sucesso, pois contou com apoio oficial da Igreja Católica, dos sindicatos, das forças armadas e do partido situacionista.

GEOGRAFALANDO COMENTA
A alternativa correta é a letra “D”

A campanha das “Diretas Já” mobilizou milhões de brasileiros e reuniu os partidos políticos de oposição, sindicatos e entidades civis, que pretendiam a aprovação da Emenda Dante de Oliveira, que reestabelecia eleições diretas para Presidente da República, uma vez que, apesar do processo de “abertura política” que se desenrolava desde 79, as eleições presidenciais de 1985 deveriam seguir as regras antigas, e se dariam através do Colégio Eleitoral.

8ª Questão: Movimento dos Caras-Pintadas
O movimento representado na imagem, do início dos anos de 1990, arrebatou milhares de jovens no Brasil. Nesse contexto, a juventude, movida por um forte sentimento cívico,

(A) aliou-se aos partidos de oposição e organizou a campanha Diretas Já.
(B) manifestou-se contra a corrupção e pressionou pela aprovação da Lei da Ficha Limpa.
(C) engajou-se nos protestos relâmpago e utilizou a internet para agendar suas manifestações.
(D) espelhou-se no movimento estudantil de 1968 e protagonizou ações revolucionárias armadas.
(E) tornou-se porta-voz da sociedade e influenciou no processo de impeachment do então presidente Collor

GEOGRAFALANDO COMENTA
A alternativa correta é a letra “E”
Habilidade: Analisar a atuação dos movimentos sociais que contribuíram para mudanças ou rupturas em processos de disputa pelo poder.
O movimento demonstrou a inserção da juventude urbana na vida política brasileira da época, reivindicando ação das autoridades diante das denúncias de corrupção no governo Collor. Apesar de fácil, a questão é factual e exige conhecimento específico do período para resolver.

9ª Questão: (PUC-SP-2000) Sobre o movimento operário no Brasil: “No dia 4 de maio [de 1919] o Conselho-Geral dos Operários, constituído de representantes de todas as fábricas da cidade, formulou uma lista de reivindicações na sede da União Operária do Brás. Estava em primeiro lugar o dia de oito horas. Os trabalhadores novamente pediram a proibição do trabalho de menores de 14 anos e do trabalho noturno das mulheres.”
Dulles, John W. F. Anarquistas e Comunistas no Brasil
(1900-1935).RJ: Nova Fronteira, 1973.
Analise as afirmações a seguir:
I. a presença de imigrantes entre os trabalhadores das fábricas, nos principais centros industriais do Brasil, contribuiu para a ideologização do movimento operário.

II. o movimento operário brasileiro, no início do século, não pôde valer-se da imprensa como instrumento de divulgação de suas motivações, dada a predominância de analfabetos entre os trabalhadores.

III. a especificidade das relações de trabalho no Brasil, nas primeiras décadas desse século, colocava as reivindicações do operariado brasileiro em completa disparidade, em relação ao movimento operário internacional.

IV. o anarquismo foi ideologia rejeitada pelos trabalhadores brasileiros, desde suas primeiras iniciativas de organização, ao contrário do que ocorreu na Europa.

V. os acontecimentos revolucionários na Rússia tiveram repercussões consideráveis na organização operária noBrasil, especialmente entre os anos de 1917-20.

As afirmações corretas são

(A) II e IV
(B) III e V
(C) I e V
(D) II e III
(E) I e IV

10ª Questão:
(Enem 2ª aplicação 2010) 

A gente não sabemos escolher presidente 
A gente não sabemos tomar conta da gente / 
A gente não sabemos nem escovar os dentes / 
Tem gringo pensando que nóis é indigente/ Inútil / 
A gente somos inútil 
MOREIRA, R. Inútil. 1983 (fragmento). 
O fragmento integra a letra de uma canção gravada em momento de intensa mobilização política. A canção foi censurada por estar associada 

(A) ao rock nacional, que sofreu limitações desde o início da ditadura militar. 
(B) a uma crítica ao regime ditatorial que, mesmo em sua fase final, impedia a escolha popular do presidente. 
(C) à falta de conteúdo relevante, pois o Estado buscava, naquele contexto, a conscientização da sociedade por meio da música. 
(D) a dominação cultural dos Estados Unidos da América sobre a sociedade brasileira, que o regime militar pretendia esconder. 
(E) à alusão à baixa escolaridade e à falta de consciência política do povo brasileiro. 



11ª Questão: (Uftm 2012) O refrão Um, dois, três, quatro, cinco, mil, queremos eleger o presidente do Brasil! foi entoado nos vários comícios do movimento Diretas Já, iniciado em fins de 1983 e que tomou conta das ruas do país em 1984. Sobre esse movimento, é correto afirmar que 

(A) resultou na eleição do Presidente Fernando Collor de Mello, que não chegou a terminar o seu mandato. 
(B) preocupou os militares, que tentaram acalmar os ânimos por meio da lei que anistiou os presos políticos. 
(C) renovou o cenário político nacional, pois foi a causa do surgimento de novos partidos e lideranças políticas. 
(D) contou com o apoio do Presidente Figueiredo, que autorizou a realização dos comícios e retirou o exército das ruas. 
(E) terminou por não atingir seus objetivos, pois não se obtiveram os votos necessários para alterar a Constituição então em vigor

12ª Questão: 
(Unicamp 2012) O movimento pelas Diretas Já provocou uma das maiores mobilizações populares na história recente do Brasil, tendo contado com a cobertura nos principais jornais do país. Assinale a alternativa correta. 

(A) O movimento pelas Diretas Já, baseado na emenda constitucional proposta pelo deputado Dante de Oliveira, exigia a antecipação das eleições gerais para deputados, senadores, governadores e prefeitos. 
(B) O fato de que os protestos populares pelas Diretas Já pudessem ser veiculados nas páginas dos jornais indica que o governo vigente, ao evitar censurar a imprensa, mostrava-se favorável às eleições diretas para presidente. 
(C) O movimento pelas Diretas Já exigia que as eleições presidenciais de 1985 ocorressem não de forma indireta, via Colégio Eleitoral, mas de forma direta por meio do voto popular. 
(D) As manifestações populares pelas Diretas Já consistiram nas primeiras marchas e protestos civis no espaço público desde a instituição do AI-5, em dezembro de 1968. 

13ª Questões
(Fatec 2010) Considere a foto a seguir, que é uma referência da história política do Brasil da década de 80, para responder à questão.
Os comícios que atraíram milhares de pessoas em todo o país eram realizados em defesa

(A) da anistia aos exilados políticos.
(B) das greves dos metalúrgicos de São Bernardo do Campo.
(C) das eleições diretas para presidente.
(D) da permanência dos militares no poder.
(E) de uma ação conjunta entre Brasil e Argentina para por fim à ditadura militar.


GEOGRAFALANDO COMENTA
A alternativa correta é a letra “C”

A questão refere-se ao movimento das “Diretas Já”, um movimento civil ocorrido na fase final da ditadura militar que se iniciara em 1964. O movimento, iniciado em 1983 e com grande repercussão em 1984, reivindicava eleições diretas para Presidente da República no Brasil, objetivando pressionar o Congresso a aprovar a proposta de Emenda Constitucional do deputado Dante de Oliveira que esabelecia eleições diretas para a Presidência da República no Brasil já na eleição presidencial que ocorreria em 1985. Entretanto, a Proposta de Emenda Constitucional foi rejeitada, frustrando a sociedade brasileira. Ainda assim, o movimento influenciou a eleição de Tancredo Neves pelo Colégio Eleitoral derrotando Paulo Maluf, representante do continuísmo do autoritarismo, e abrindo caminho para redemocratização efetiva do país.

14ª Questões: A atuação do anarquismo, na condução do movimento operário, dava importância a atividades culturais como festas, bailes, apresentação de peças teatrais, numa tentativa de criar um universo alternativo à cultura burguesa. Essa oposição operário/burguesia apontava ainda para a necessidade da luta direta entre esses pólos, tendo em vista a consecução dos interesses do operariado, sem a intermediação de órgãos ou instâncias, como o Estado ou a Igreja.

O texto seguinte faz parte de uma peça teatral anarquista, "Uma Comédia Social", encenada em São
Paulo em 1910:

"Anarquista: veja você, meu amigo, te resta apenas um meio para não ser explorado, nem oprimido: demonstrar coragem. Se os trabalhadores que são tão numerosos se opuserem com todas as suas forças aos patrões e governos (...) estaríamos bem próximos dos homens verdadeiramente livres."

Das alternativas abaixo, a que apresenta algumas das propostas básicas do movimento anarquista na condução do movimento operário nas primeiras décadas do século é:

(A) o nacionalismo, a valorização da ação parlamentar, a atuação dos sindicatos, a educação das massas como forma de acesso ao poder político;
(B) o internacionalismo, o sindicalismo, a greve como instrumento de conquistas dos trabalhadores, a valorização da ação parlamentar;
(C) o nacionalismo, a organização corporativa dos trabalhadores, o partido único, a intervenção estatal em todos os setores da economia;
(D)a solidariedade entre os operários, o internacionalismo, o anti-clericalismo, a ação direta e a rejeição da ação parlamentar;
(E) o nacionalismo, o sindicalismo, frente única entre trabalhadores e burguesia nacional, e a organização de um partido de massas






























































Um comentário:

  1. Obrigada professor por contribuir com o nosso aprendizado , belo material.
    Parabéns pela atitude...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...