LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tem como objetivo, ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas.


08/04/2013

Exercício/Comentado: Projeções cartográficas e Curvas de nível






01 (Fuvest) Analise os mapas abaixo e assinale a alternativa que indique a resolução cartográfica MAIS ADEQUADA para representar, com precisão, as distâncias da cidade de São Paulo em relação às várias localidades do mundo.
a)
I - Projeção Azimutal Eqüidistante (Soukup)
b) II - Projeção Cilíndrica Conforme (Mercator)
c) III - Projeção Equivalente Interrompida (Good)
d) IV - Projeção Equivalente (com base em Mollweide)
e) V - Projeção Cilíndrica Equivalente (Peters)


GEOGRAFALANDO – COMENTA:
  .
A projeção azimutal é tipo de projeção usada para dá destaque normalmente a um país ou região, possibilitando que essa área seja o centro da superfície (local de grande importância estratégica). Ela é também chamada de projeção equidistante (permite saber com precisão a distância em linha reta do centro
a qualquer ponto da terra). Esse tipo de projeção possibilita uma visão estratégica das distâncias relativas de todos os outros lugares que se relacionam com ele.
Alterativa incorreta: “A”
05 (Fuvest) A partir de seus conhecimentos sobre projeções cartográficas e analisando a que foi utilizada no mapa a seguir, você pode inferir que se trata da projeção


a) de Mercator, adequada para estabelecer a direção das rotas comerciais marítimas.
b) polar, adequada para representações geoestratégicas e geopolíticas.
c) de Peters, adequada para representar a área dos continentes, sem deformações.
d) cilíndrica, adequada para a representação centrada nas regiões polares.
e) cônica, adequada para representar as regiões de latitudes médias.


GEOGRAFALANDO – COMENTA:
A imagem projetada da superfície da Terra no mapa da questão é fruto de uma projeção da superfície da terra sobre um plano, a partir de um determinado ponto central.
Esse tipo de projeção caracteriza-se por ser geopolítica, pois o centro da projeção (azimute) normalmente é o país ou região de destaque para o analista, possibilitando que essa área seja o centro da superfície (local de grande importância estratégica).
Ela é também chamada de projeção eqüidistante (permite saber com precisão a distância em linha reta do centro a qualquer ponto da terra).
São consideradas ideais para temas geopolíticos e regionais, pois esse ponto central pode ser colocado em qualquer lugar que se queira pôr em evidência, o que possibilita uma visão estratégica das distâncias relativas de todos os outros lugares que se relacionam com ele.

Alterativa incorreta: “B”
 


04 (Unifesp) Observe o mapa, centrado num ponto do Brasil, que pode ser empregado para uma avaliação estratégica do país no mundo.
 
Esse mapa foi desenhado segundo a projeção
a) de Mercator.
b) cônica eqüidistante.
c) de Peters.
d) azimutal.
GEOGRAFALANDO – COMENTA:
A imagem projetada da superficie da Terra no mapa da questão é fruto de uma projeção da superfície da terra sobre um plano, a partir de um determinado ponto central.
Esse tipo de projeção caracteriza-se por ser geopolítica, pois o centro da projeção (azimute) normalmente é o país ou região de destaque para o analista, possibilitando que essa área seja o centro da superfície (local de grande importância estratégica). Ela é também chamada de projeção eqüidistante (permite saber com precisão a distância em linha reta do centro a qualquer ponto da terra).
São consideradas ideais para temas geopolíticos e regionais, pois esse ponto central pode ser colocado em qualquer lugar que se queira pôr em evidência, o que possibilita uma visão estratégica das distâncias relativas de todos os outros lugares que se relacionam com ele.
 
Alterativa incorreta: “D”
03 (ENEM- 2001) – Existem diferentes formas de representação plana da superfície da Terra (planisfério). Os planisférios de Mercator e de Peters são atualmente os mais utilizados. Apesar de usarem projeções, respectivamente, conforme e equivalente, ambas utilizam como base da projeção o modelo




















GEOGRAFALANDO – COMENTA:
As duas projeções, Mercator e Peters, utilizaram um cilindro para desenhar a Terra. A projeção de Mercator é mais antiga e foi criada pelo cartógrafo Gerard Kramer no século XVI. Nela, mantêm-se
as formas dos continentes, contudo as áreas surgem distorcidas, principalmente na proximidade dos pólos. A projeção de Peters, criada em 1972, procura corrigir as áreas, entretanto, acaba por distorcer as formas dos territórios, que, por vezes, aparecem “achatadas” ou “alongadas”
Alterativa correta: “C”

05. (FATEC-2006) Considere um mapa a ser usado em sala de aula para representar diferentes temas geográficos.
Assinale a alternativa que relaciona, corretamente, a escala, a área mapeada e o exemplo.

Resposta: Alternativa correta C

Comentários:

Escalas: 
Próxima (entre 1:1.000 a 1:50.000).
Média (entre 1:100.000 a 1:1.000.000); ou
Distante (no mínimo 1:2.000.000);



08) (Mack-2004) Considerando que a distância real entre duas cidades é de 120km e que a sua distância gráfica, num mapa, é de 6cm, podemos afirmar que esse mapa foi projetado na escala:
a) 1 : 1.200.000
b) 1 : 2.000.000
c) 1 : 12.000.000
d) 1 : 20.000.000
e) 1 : 48.000.000

Resposta: Alternativa correta B

Comentários:


10) (Mack-2006) Sobre um mapa, com escala 1:750.000, um geógrafo demarca uma reserva florestal com formato de um quadrado, apresentando 8cm de lado. A área da reserva florestal medirá, na realidade,

a) 3,6km2.
b) 36 km2.
c) 360 km2.
d) 3.600 km2.
e) 36.000 km2.

Resposta: Alternativa correta D

Comentários:


 11)A representação abaixo corresponde a uma porção de uma carta topográfica de escala 1: 50.000 e a distância entre as curvas de nível é de 20 metros. Baseado na carta, faça o que se pede:



Adaptado de IBGE. Carta Topográfica Folha SF. 22-Z-C-II-4, Folha Santo Antonio da Platina/PR, escala 1: 50.000.


a)Considerando que a distância entre dois pontos hipotéticos (A e B) na carta é de 3,8 cm, qual a distância real em quilômetros entre esses dois pontos?
b)Utilizando os pontos cardeais, indique o sentido do escoamento das águas do rio.
c)Qual margem do rio é a mais indicada para culturas temporárias? Justifique.

Comentários

a) (2 pontos)

Resolução: Transforma a escala numérica 1:50.000 em escala gráfica: corta 5 zeros fica assim 0,5 km. e multiplica por 3,8 = 1,9 km (um quilômetro e novecentos metros).

Outra forma de resolução:

D=E .d = 50. 000 . 3,5 = 190.000 cm = 1,9km

b) (2 pontos)
O rio apresenta sentido sul/sudoeste.

c) (1 ponto)
A margem direita, pois as curvas estão mais distantes entre si, indicando uma
menor declividade, que associada às práticas de manejo e ao tipo de cultura, evita os processos erosivos como ravinamentos e voçorocamentos.

a) Numa escala 1:50.000, cada centímetro vale 0,5km.
Assim, multiplicando-se 3,8cm por 0,5km, obtêm-se 1,9 km.
b) Pela observação das curvas de nível, que decrescem no sentido inferior da carta, ou seja, o sul, verificamos que a linha em negrito, que representa o rio, tem a direção nordeste-sudoeste.

c) A margem própria é a da direita, pois culturas temporárias exigem terrenos mais firmes e planos. A cobertura do solo propiciada por esse tipo de cultura evita o processo erosivo associado à ação das chuvas. A margem esquerda, de terrenos muito inclinados, está mais sujeita à erosão e exige cultivos permanentes.


15) (UFU-2006) O mapa topográfico contém informações de relevo, codificadas em curvas de nível, dispostas de forma mais ou menos concêntricas, conforme a representação cartográfica abaixo.




A partir das informações contidas na figura, é possível afirmar que no local assinalado pela letra A temos:

a) uma depressão.
b) as maiores altitudes.
c) uma depressão e um lago.
d) um rio.

Resposta: Alternativa corretaB

Comentários:


26. (Ufpr 2000) Considerando a figura a seguir, que representa esquematicamente uma região da superfície terrestre por meio de curvas de nível e onde estão situadas as localidades x e y, é correto afirmar:


(Figura extraída de SGARBI, G .N .C.; CARDOSO, R. N. "PRÁTICA DE GEOLOGIA INTRODUTÓRIA". Belo Horizonte: Editora UFMG, 1987. p. 59.)


(01) A área que está representada é uma planície em que o desnível topográfico não ultrapassa 100 metros.
(02) Os pontos mais baixos da área representada na figura estão na porção norte.
(04) As altitudes máximas da área estão representadas pela curva de nível de 1.000 metros.
(08) Entre as localidades x e y existem duas elevações, separadas por uma área mais baixa com altitude inferior a 600 metros.
(16) As curvas de nível, além de representar os desníveis, permitem também inferir as formas de relevo do terreno.

Soma (04+16 )

16. (Ufrs 98) Observe as figuras a seguir, que representam curvas de nível.




As figuras a, b e c representam, respectivamente, curvas de nível típicas
a) de terrenos planos; de terrenos íngremes; de um promontório.
b) de áreas de fundo de vale; de áreas com coxilhas; de uma depressão fechada.
c) de terrenos planos; de áreas com coxilhas; de um promontório.
d) de áreas de fundo de vale; de terrenos íngremes, de um promontório.
e) de terrenos planos; de áreas de fundo de vale; de uma depressão fechada.


Resposta: Alternativa correta B

Comentários:
 
01 - (UNICAMP SP/2012)  Abaixo é reproduzido um mapa projeção de Mercator.
É possível afirmar que, nesta projeção,


a)os meridianos e paralelos não se cruzam formando  ângulos de 90°, o que promove um aumento das massas continentais em latitudes elevadas.

b)os meridianos e paralelos se cruzam formando ângulos de 90°, o que distorce mais as porções terrestres próximas aos polos e menos as porções próximas ao equador.

c)não há distorções nas massas continentais e oceanos em nenhuma latitude, possibilitando o uso deste mapa para a navegação marítima até os dias atuais.

d)os meridianos e paralelos se cruzam formando ângulos perfeitos de 90°, o que possibilita a representação da Terra sem deformações.

02 - (UPE/2012)  A professora de Geografia de uma turma do terceiro ano do Ensino Médio entregou aos alunos o mapa esquemático reproduzido a seguir e perguntou-lhes o  que ele estava representando. Das respostas obtidas, a CORRETA afirma que são curvas.

a) de gradiente de pressão entre A e B.
b) batimétricas de uma ilha fluvial.
c) de nível.
d) isotérmicas das áreas insulares A e B.
e) do tipo isóbaras.

03 -(UEMG) Analise as informações e as ilustrações seguintes:
“A transferência de uma imagem da superfície curva da esfera terrestre para o plano da carta sempre produz deformações, isoladas ou conjuntas, de várias naturezas: na forma, em área, em distâncias e em ângulo. As projeções cartográficas foram desenvolvidas para tentar oferecer uma solução conveniente para essas dicotomias”.


BOCHICCHIO,Vincenzo Raffaele. Atlas
Mundo Atual. Ed. Atual. 2003.

Considere os conceitos, a seguir, que relacionam as informações do texto com as ilustrações 1, 2 e 3, acima. Depois, assinale a alternativa que aponta a sequência correta dessa relação.

(    ) os meridianos convergem para os pólos e os paralelos são arcos concêntricos situados a igual distância uns dos outros.
(    ) a projeção deforma as superfícies nas altas latitudes, mantendo as baixas latitudes em forma e dimensão mais próximas do real.
(    ) a construção se organiza em volta de um ponto central chamado “centro de projeção”.

Está CORRETA a relação sequencial indicada em

a) 1 – 2 – 3
b) 2 – 3 – 1
c) 3 – 1 – 2
d) 3 – 2 – 1
GEOGRAFALANDO – COMENTA:
A questão trás ilustrações das três principais técnicas usadas na projeção cartografia. A primeira técnica é a azimutal ou plana, a segunda trata-se da cilíndrica e a terceira a cônica.


Lendo os enunciados relacionando a sequência correspondentes a ordem estabelecida a partir da apresentação das ilustrações, pode-se descobrir relação sequencial, usado para isso as palavras chaves nos enunciados:
 

- arcos concêntricos – indica projeção cônica= 3
- deforma as superfícies nas altas latitudes – indica projeção cilíndrica= 2
- volta de um ponto central – indica = projeção plana ou azimutal=1
 

A relação sequencial indicada é: 3,2 e 1
Alterativa correta: “D
04 - (UFU MG/2010)  Abaixo e representação cartográfica em relação à superfície de projeção.
Abaixo estão colocadas três formas de representação cartográfica em relação à superfície de projeção.

Sobre as superfícies de projeção apresentadas, é INCORRETO afirmar:

a)Outro tipo de projeção muito utilizada é projeção cônica, que se refere à projeção do globo em um cone imaginário, cujo eixo é coincidente com o eixo da Terra em relação ao Equador. Esta projeção é utilizada principalmente para a representação das regiões polo.
b)As projeções cartográficas fornecem mapas que oferecem diversos tipos de ponto de vista do planeta, sendo que cada projeção distorce o tamanho ou a forma dos continentes.
c)A projeção cilíndrica está baseada na projeção do globo sobre um cilindro imaginário de raio e eixo coincidentes como raio e o eixo relacionados ao Equador. Neste tipo de projeção, as áreas próximas ao Equador possuem suas formas mostradas com precisão, mas as porções  mais próximas dos polos são distorcidas inevitavelmente.
d)Resumidamente, a projeção azimutal consiste na projeção do globo sobre um plano imaginário cujo centro é trespassado pelo eixo da Terra em relação ao Equador. Este tipo de projeção mostra as áreas em suas reais proporções, mas esta técnica acarreta a deformação das verdadeiras formas dos continentes e países.
GEOGRAFALANDO – COMENTA:
A Projeção azimutal consiste na projeção do globo sobre um plano imaginário. O plano da projeção tangencia à esfera terrestre, em um pólo, o que corresponde, a distribuição dos paralelos em círculos concêntricos e os meridianoslinhas retas irradiam-se do pólo. Como as projeções cartográficas são representações de uma superfície esférica (o planeta) em uma superfície plana (mapa), essa representação acarreta distorções.


Nesse tipo de projeção ocorre distorção na medida que nos afastamos do ponto de referencial. Exemplo se temos Pólo Norte ao centro e as terras do Hemisfério Sul ao longe, acabam distorcidas.

Alterativa correta: “D”


05 - (UNIFESP SP/2009)  Observe o mapa:


(IBGE. Atlas geográfico escolar. Rio de Janeiro, 2004.)

A superfície terrestre está representada segundo a projeção:

a) de Peters, criada na época das navegações.
b) de Mercator, elaborada no século XVI.
c) azimutal, que permite uma visão estratégica.
d) de Mercator, que facilita a navegação.
e) de Peters, que privilegia a área em detrimento da forma.

06 - (UEPG PR/2008)  Sobre projeções cartográficas e convenções utilizadas na confecção de mapas, assinale o que for correto.

01.As projeções cilíndricas, a exemplo da de Mercator,  são baseadas na projeção dos paralelos e meridianos em um cilindro  envolvente, posteriormente planificado.
02. As projeções azimutais se baseiam na projeção da superfície terrestre num plano em que os meridianos são linhas retas divergentes e os paralelos são círculos concêntricos.
04.As projeções cônicas são baseadas na projeção do globo terrestre sobre um cone que o tangencia e que depois é planificado.
08.Os símbolos ou sinais utilizados nos mapas são convenções. As formas de relevo podem ser representadas por curvas de nível, hachuras e sombreamento.
16.A profundidade nos oceanos é representada nos mapas por tonalidades diferentes da cor azul, indo de um tom mais escuro  (maiores profundidades) para um azul-esbranquiçado (menores profundidades).

GABARITO
1) Gab: B
2) Gab: C
3) Gab: D
4) Gab: D
5) Gab: E
6) Gab: 31


5 comentários:

  1. Coloquem as resoluções em outra página, por favor. As resoluções embaixo da questão, nos impede de pensar...

    ResponderExcluir
  2. Resposta em outra página mesmo, o nosso olha vai automaticamente na resposta em baixo da questão

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...