LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tem como objetivo, ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas.


quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

A Guerra Fria: Noções gerais


Geopolítica e Economia no pós-guerra
Objetivos da Aula:
- Concceitar o termo Guerra Fria
- Identificar os conflitos que marcaram a Guerra Fria.
- Relacionar os conflitos ao contexto histórico da Guerra Fria.:

Fala galera !! Tudo bem?? Na aula de hoje vamos  conhecer as principais mudanças que ocorreram no mundo do pós Segunda Guerra mundial. Neste período o mundo ficou dividido, em dois blocos antagonicos (opostos) um em relação ao outro tanto em suas geopolíticas quanto também em relação a questões ideológicas. De um lado o bloco ocidental, e do outro, o bloco oriental. O bloco ocidental chamado de países capitalistas, apoiados pelos Estados Unidos. O bloco oriental denominado de países socialistas, junto com a União Soviética. Essa divisão influênciou forma profunda o mundo do pós guerra e ainda marca ate hoje releções geopolíticas entre alguns países, como é o caso, por exemplo, do conlito atual entre as Coréias.

NOÇÕES PRELIMINARES


Com o término da II Guerra Mundial (1939- 1945), o mundo passou por uma forte alteração na ordem política, econômica e social. Esse período iniciou- se com a mudança do foco de hegemonia, antes determinado pela Europa, principalmente pela supremacia do Reino Unido, para a formação de dois grandes blocos de sistemas que marcaram a guerra fria (capitalismo e socialismo).

Essa nova configuração mundial marcada pela bipolaridade, foi derivada de um expansionismo natural, no sentido de que ambos os sistemas (capitalismo e socialismo) tinham o intuito de buscar garantir novos espaços no Globo.

Essas duas superpotências  competiam para conseguir ou consolidar zonas de influencia para legitimarem suas geopolíticas e suas ideologias. Essa disputa passou-se para o campo militar. Nessa disputa começaram então uma corrida armamentista, um querendo, superar o outro em força militar para inibir o outro.  partir de um deterinado período a  paz passou a ser algo quase que impossível de ocorrer, mas também a guerra não aconteceu. Isto porque cada país tinha um grande poder destrutivo, e se ocorresse uma guerra, era certo que esta guerra não teria vencedores, haveria uma mútua destruição. 

Esse período ficouconhecido como Guerra Fria, ou paz armada, caracterizou-se por ser uma disputa ideológica, econômica, política, tecnológica e militar. Contudo, nunca determinou uma disputa direta entre as potências, mesmo tendo ocorrido disputas em áreas de influência, principalmente na Ásia e África.

ORIGEM DA GUERRA FRIA
Conferência de Bretton Woods

Essa conferência ocorreu em 1944, nos Estados Unidos, e determinou a instauração  do dólar como moeda mundial, definindo uma nova ordem econômica, que estimulava o desenvolvimento capitalista e uma maior integração mundial, influindo ainda mais na presença mundial dos Estados Unidos como potência. Nessa mesma conferência, foram criados o FMI (Fundo Monetário Internacional), Bird (Banco Mundial) e o Gatt que em 1995 foi substituído pela OMC (Organização Mundial do Comércio).

Conferência de Yalta
Foi realizada uma conferência entre os Estados Unidos, Inglaterra e União Soviética, onde a União Soviética destacou a necessidade de uma área de influência, que foi determinada como a área do leste europeu, criando assim uma área de segurança junto a suas fronteiras.

Conferência de Potsdan
Essa conferência traçou os rumos da Alemanha no pós-II Guerra. A Alemanha, derrotada na guerra, foi dividida em 4 (quatro) grandes zonas, uma para cada potência vitoriosa na II Guerra Mundial, ou seja, Estados Unidos, França, Reino Unido e União Soviética. Contudo a França e o Reino Unido cederam suas áreas de influência para o líder capitalista, os Estados Unidos. Posteriormente, os Estados Unidos criaram a RFA (República Federativa Alemã), capitalista e com a capital sediada em Bonn. Do outro lado, a União Soviética criou a RDA (República Democrática Alemã), socialista e com capital em Berlim. Essa divisão foi marcada pela construção do Muro de Berlim, que foi um dos maiores símbolos da guerra fria.
 


Doutrina Truman e Plano Marshall

“É consenso considerar 1947 (...) o ano em que se iniciou a Guerra Fria, quando os Estados Unidos lançaram as bases da Doutrina Truman e o Plano Marshall. Em 11 de março de 1947, o presidente norte-americano Harry fez um discurso propondo a concessão de créditos para a Grécia e a Turquia, com o objetivo de sustentar governos pró-ocidentais naqueles países. Ao proferir esse discurso, lançava a doutrina que levaria seu nome.


Doutrina Truman: O pressuposto geopolítico fundamental da Doutrina Truman era a contenção do socialismo.Desenvolvida pelo então conselheiro da embaixada norte-americana em Moscou, George F. Kennan, aidéia básica era impedir o expansionismo da União Soviética, fazendo alianças com outros países para isola-la Esse princípio norteou as discussões na Guerra Fria, tornando-se o foco político principal do início desse período histórico

Plano Marshall: Completamente a Doutrina Turman, o secretário de Estado norte-americano, George C. Marshall, idealizou um plano de ajuda econômica para acelerar a recuperação dos países da Europa ocidental. Além de frear a influência comunista, ainda tinha como objetivo recuperar mercados para produtos e capitais norte-americanos. (...) Esse plano tinha como intuitos: 
- auxiliar no crescimento econômico dos países europeus; 
- proporcionar um aquecimento da economia norte-americana (indústria e comércio); e
- manter a presença dos Estados Unidos no Continente europeu, como forma de conter o avanço do socialismo na região. 

Esse plano foi estendido a todos os países da Europa, inclusive a União Soviética, contudo da parte socialista apenas a antiga Iugoslávia aceitou a ajuda econômica.






 

“Cortina de Ferro” foi uma expressão usada no Ocidente para designar a fronteira que dividiu a Europa em duas áreas de distintas influências política e econômica, do final da Segunda Guerra Mundial até ao final da chamada Guerra Fria. Durante este período, a Europa Oriental esteve sob o controle político e/ou influência da União Soviética, enquanto que a Europa Ocidental esteve sob o controle político e/ou influência dos Estados Unidos da América. Era apenas uma linha imaginária, ao contrário do Muro de Berlim, que se constituiu numa barreira física.


A Doutrina Truman, como ficou conhecida, inaugurava a Guerra Fria. A partir de então, Estados Unidos e União Soviética passaram à busca do fortalecimento econômico, político, ideológico e militar próprios e de suas áreas de influência, formando verdadeiros blocos.
Da mesma forma que os Estados Unidos, em 1948, deram início à reconstrução européia, através do Plano Marshall, a União Soviética, em 1949 — juntamente com a Polônia, Bulgária, Hungria, Romênia, Mongólia, Tchecos-lováquia e Alemanha Oriental — criou o Comecon (Conselho de Assistência Econômica Mútua), destinado a promover a auto-suficiência econômica do bloco socialista.
Dos planos de ajuda econômica, os blocos passaram a constituir alianças político-militares, visando às suas respectivas defesas através da demonstração de suas capacidades de armamento.
Em 1949 foi criada a OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte), formada pelos EUA, Inglaterra, França, Alemanha Ocidental, Canadá, Islândia, Bélgica, Holanda, Noruega, Dinamarca, Luxemburgo, Portugal, Itália, Grécia e Turquia.
Em 1955 foi firmado o Pacto de Varsóvia, entre a União Soviética, Albânia, Bulgária, Tcheçoslováquia, Hungria, Polônia, Romênia e Alemanha Oriental.
O primeiro confronto declarado entre Estados Unidos e União Soviética ocorreu na Guerra da Coréia (1950-1953), quando a Coréia do Norte, com ajuda soviética, invadiu a Coréia do Sul, apoiada pelos EUA.
Em 1953, com o término da guerra, a Coréia permaneceu dividida entre o Norte e o Sul, mantendo as influências soviética e norte-americana, respectivamente.
Na segunda metade da década de 1950, os Estados Unidos e a União Soviética, com o domínio da energia nuclear (produção de armas atômicas), iniciaram uma fase de coexistência pacífica, entremeada por algumas crises, mas que não levaram a um conflito direto entre as duas grandes potências que dominaram o mundo até o início da década de 1990.
Atividade de fixação:
1. Desenvolva uma pequena pesquisa (você pode consultar seu livro ou a Internet) obre as seguintes medidas realizadas pelo governo dos Estados Unidos e da União Soviética durante a Guerra Fria:

O controle dos países na Guerra Fria
a) Plano Marshall

b) Doutrina Truman

c) COMECON




2. Justifique a importância da corrida espacial que ocorreu durante a Guerra Fria.

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


3. Explique o que significou a Paz Armada entre a URSS e os EUA.

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


4. Diferencie a OTAN e o Pacto de Varsóvia.

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


5. Redija um pequeno texto explicando as consequências da Guerra Fria.


Exercício

O mundo da Guerra Fria foi marcado pela bipolarização de poder entre estados Unidos e União Soviética, que buscavam ampliar suas respectivas zonas de influência. Mergulharam em uma acirrada corrida armamentista, na tentativa de chegar a um equilíbrio de forças, a uma paridade bélica. 


Como bem definiu o cientista político francês Raymond Aron: “Guerra Fria, paz impossível, guerra improvável”. A paz era impossível porque as superpotências apresentam, sob vários aspectos, um antagonismo latente. No entanto, a guerra era improvável porque, caso ocorresse, significaria o fim de todos, sem vencedores. 

Nesse sentido o que garantiu a paz durante esse período foi à premissa da mútua destruição assegurada. Imperou a “paz armada!” As armas eram construídas, mas nunca usadas, servindo apenas como instrumento de dissuasão. Era somente pelo poderio destrutivo de suas armas convencionais e nucleares que esses dois países eram chamados de superpotências, e isso se revelou válido principalmente para a União Soviética. 

(Unaerp) Após a Segunda Guerra Mundial, foram afastadas as duas soluções práticas para as divergências, as negociações e o confronto direto. As relações internacionais entre esses dois países passam a se orientar pela necessidade de exercerem, cada uma sobre outra, uma pressão permanente para a qual se mobilizam todos os meios, excluindo-se apenas a declaração de guerra direta. Passou a existir então uma confrontação econômica, diplomática, cultural, política, propagada entre ambos, que questionavam de modo incessante a distribuição mundial dos fluxos de influência e poder.
O texto acima faz referência:
a) à Guerra Fria, entre os EUA e a URSS.
b) à Crise dos Mísseis, entre os EUA e Cuba.
c) à Guerra das Malvinas, entre a Inglaterra e a Argentina.
d) ao Conflito Árabe-Israelense, entre a Palestina e o Estado de Israel.
e) à Guerra do Golfo, entre o Iraque e o Kuwait.

(Fgv) Durante o período da Guerra Fria, o cenário internacional foi marcado:
a) Pela expansão de regimes comunistas no interior da América Latina e pela Europa Ocidental.
b) Pela bipolarização do poder mundial envolvendo as duas superpotências, União Soviética e Estados Unidos da América.
c) Pela militarização da Alemanha, a despeito das decisões das conferências de Yalta e Potsdam.
d) Pela polarização do mundo em dois blocos compostos por URSS, Inglaterra, EUA e França, contra Alemanha, Itália e Japão.
e) Pelo equilíbrio de forças entre os países desenvolvidos e os países do chamado Terceiro Mundo.

(UFRN) O mapa político da Europa passou por mudanças de fronteiras e surgimento de novos países, a partir da reunificação da Alemanha, da dissolução da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) e da fragmentação da Iugoslávia e Tchecoslováquia. Essas alterações nas fronteiras desses países ocorreram
a) no período de encerramento da II Guerra Mundial.
b) na fase entre a I e a II Guerras Mundiais.
c) na fase da bipolarização entre EUA e URSS.
d) no período de encerramento da Guerra Fria.

(Pucrs) Responder à questão com base na charge a seguir, referente à organização do mundo hoje.

A charge acima
a) representa uma divisão esquemática do mundo, representada pela linha do Equador, definida pela pobreza do Sul e riqueza do Norte.
b) caracteriza uma realidade vivenciada no capitalismo industrial, onde a poluição foi o fator dominante devido à falta de tecnologia preventiva.
c) mostra um conflito ideológico, e não econômico, já que representa a bipolarização da Guerra Fria e a preocupação com a ecologia.
d) indica que, embora o Sul fique separado do Norte por uma linha imaginária, há uma nítida ruptura causada pelas diferenças em administrar problemas ambientais.
e) evidencia um antagonismo entre ricos e pobres, num conflito onde a população pobre dos países do Sul é dominada pelo poder ideológico e econômico do Norte.

(FGV-SP) A OTAN (Organização  do Tratado do Atlântico Norte) foi estabelecida em Washington, em 4 de abril de 1949. Sua criação está relacionada:
a) Ao contexto de aproximação das potências vencedoras da Segunda Guerra Mundial.
b) Ao processo de liberalização da economia mundial que lançaria as bases da globalização.
c) Ao processo de descolonização nos continentes africano e asiático.
d) Ao contexto de polarização político-militar entre os países capitalistas e socialistas.
e) Ao contexto de endividamento dos países europeus com as instituições financeiras internacionais.

(UEPB) Observe com atenção o mapa da Europa


Nele está representado (a)

a) a nova ordem mundial, multipolar, que não tem apenas os Estados nacionais como agentes organizadores do cenário nacional, mas também as grandes corporações multinacionais.
b) o mundo bipolar da Guerra Fria, que se delineou logo após a Segunda Guerra Mundial e perdurou até 1989 com a queda do muro de Berlim, o que simbolizou o fim da divisão leste/oeste entre as duas potências militares.
c) a nova divisão internacional do trabalho, na qual os países do leste europeu deixam de comercializar prioritariamente com a Rússia e ampliam suas exportações com a Europa Ocidental.
d) a regionalização do mundo entre países ricos representados pelo Norte industrializado e os países pobres como sinônimos de Sul subdesenvolvido.
e) a União Europeia, que teve início em 1951 com a Comunidade Europeia do Carvão e do Aço, da qual faziam parte seis países, e entrou oficialmente em vigor em 1992 com doze países membros.

(PUCPR) A foto a seguir diz respeito ao incidente que aconteceu no período da Guerra Fria, precisamente em 1962. Considerado por muitos como o confronto mais assustador entre as superpotências (EUA e URSS), resultou num recuo da manobra do governante russo Nikita Kruschev ao atender às exigências do presidente norte-americano John Kennedy:

Kruschev e Kennedy reunidos em 1961. Disponível em: http://veja.abril.com.br/historia/crise-dos-misseis/especial-capa-eua-urss.shtml. Acesso em 13/09/2010.

a) Glasnost.
b) Plano Marshall.
c) Criação da OTAN.
d) Criação da Détente.
e) Crise dos mísseis em Cuba.

(UNEP) A propósito do conceito de Guerra Fria, aplicado às relações internacionais após a Segunda Guerra Mundial, assinale a alternativa correta.

a) Trata da rivalidade entre blocos capitalistas e comunistas liderados, respectivamente, pelos EUA e pela URSS.
b) Indica as lutas travadas pelo povo iraniano contra a dinastia Pahlevi.
c) Aplica-se ao contexto de guerras pela independência nacional, ocorridas na Ásia e na África.
d) Explica o desenvolvimento de blocos econômicos em disputa, a saber: o Comecon e o MCE.
e) Contempla as disputas diplomáticas entre árabes e israelenses pela posse da península do Sinai.

(MACK)

As imagens em destaque evidenciam as condições do espaço geográfico do pós 2ª Guerra Mundial em diversos países. Frente a tantos efeitos nefastos, o mundo assumia o preço da reconstrução da Europa e da Ásia, além de se preocupar em evitar que outra guerra com essas proporções pudesse ocorrer novamente. Neste sentido, surge a ONU (Organização das Nações Unidas), oficializada em 24 de outubro de 1945 em substituição à antiga Liga das Nações. Mesmo em guerra, o bloco capitalista já desenvolvia planos e projetos de restauração, como ocorreu na Conferência de Bretton Woods que reuniu 44 países aliados em Junho de 1944.

A respeito dos fatos citados no texto, considere as afirmações I, II e III abaixo.

I. A ONU tem como objetivo manter a paz, defender os direitos humanos e as liberdades fundamentais e promover o desenvolvimento dos países. Atualmente, discute-se a necessidade de reformas na Organização, que reflita a realidade do pós-guerra e da Guerra Fria, cenários já superados.
II. Pelo acordo de Bretton Woods, foram criadas instituições financeiras como o FMI (Fundo Monetário Internacional) e o World Bank (Banco Internacional para a Reconstrução e o Desenvolvimento).
III. Decorridos mais de 60 anos do acordo de Bretton Woods, verifica-se que os objetivos e as intenções originais diluíram-se ao longo do tempo. As instabilidades econômicas continuam existindo, principalmente nos países pobres, e os países ricos não precisam mais das condições e dos recursos oferecidos pelo FMI.

Dessa forma,
a) apenas I está correta.
b) apenas I e II estão corretas.
c) apenas II está correta.
d) apenas II e III estão corretas.
e) todas estão corretas.

(PUCGO) As duas grandes marcas do século XX foram as guerras mundiais e o socialismo, ocasiões que geraram um terceiro grande fenômeno: a Guerra Fria, em que a moldura de uma ordem mundial bipolar se baseava na rivalidade entre os EUA e a União Soviética. Analise as proposições seguintes sobre as grandes transformações do século XX:

I - A partir de 1945, o mundo esteve dividido, predominantemente, em blocos de países sob influência dos EUA e da União Soviética, que entraram em confronto de forma direta, o que levou o mundo a temer o deflagrar de uma guerra nuclear iminente.
II - No Plano Marshall encontra-se a origem da Guerra Fria. Esse Plano representou a resposta americana à crise europeia, por meio do financiamento americano da reconstrução da Europa.
III - O zênite da Guerra Fria aconteceu no momento em que duas graves crises colocaram à prova a resolução das duas superpotências e comprovaram o perigo de uma guerra total. Trata-se da crise de Berlim, em 1961, e a crise dos mísseis em Cuba, em 1962.
IV - Por consequência do fim da Guerra Fria e da queda o muro de Berlim, o socialismo definitivamente
deixou de existir e de orientar a política de diversos países.
V - Pode-se concluir que, para o quadro histórico do final do século XX e início deste século, tanto o socialismo quanto o capitalismo conseguiram consolidar diretrizes para os graves problemas socioeconômicos e políticos que afligem a humanidade.

Após a análise das proposições, assinale a alternativa verdadeira:

a ) Apenas o item III é correto.
b) Os itens II e III estão errados.
c) Apenas o item V é correto.
d) Os itens II e III estão corretos.

(FEI) A Guerra Fria é o período histórico do século vinte em que duas superpotências da época, EUA e URSS, rivalizavam-se na busca da hegemonia planetária, porém, evitavam o confronto direto, na medida em que este poderia provocar um conflito nuclear. Entre os episódios mais marcantes na disputa pela hegemonia política, ideológica e militar que marcaram este período, assinale a alternativa incorreta:
a) a crise dos mísseis em Cuba em 1962.
b) criação da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) em1949 e do Pacto de Varsóvia em 1955.
c) construção do Muro de Berlim por decisão do governo da URSS e da Alemanha Oriental em 1961.
d) corrida armamentista com a formação de grande arsenal de armas nucleares e de sistemas de defesa, destacando-se o programa "Guerra nas Estrelas” lançado pelo presidente Ronald Reagan.
e) elaboração de estratégias políticas e econômicas da Perestroika e da Glasnost pela União Soviética.


(Ufmg) Os acordos de Bretton-Woods, firmados na década de 40 do século XX, relacionam-se
a) aos arranjos econômicos para se viabilizar uma nova ordem na economia mundial no imediato pós-guerra.
b) à criação de condições para a realização de uma conferência internacional a fim de se negociar o término da II Guerra.
c) às tentativas de se reerguer a economia da Europa Ocidental por meio de empréstimos de capitais norte-americanos.
d) aos acordos para estabelecimento de um pacto militar entre os países vitoriosos, visando-se a garantir uma paz duradoura.


(Ufpi) Destacam-se, no cenário financeiro mundial, o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD), também conhecido como Banco Mundial.
A este respeito é correto afirmar que:
a) os empréstimos do Banco Mundial são efetuados de forma exclusiva para os países da Comunidade Européia.
b) a intensa atuação destes dois organismos financeiros vem impedindo as disputas de territórios entre países na Europa Central.
c) na América Latina, a ação destes organismos possibilitou uma melhor redistribuição da renda, resultando numa forte diminuição das desigualdades sociais.
d) essas instituições financeiras foram criadas logo após o final da Segunda Guerra para planejar os rumos da economia mundial face a nova situação.
e) inexiste qualquer tipo de relação entre estes organismos financeiros e o Grupo dos Sete, também conhecido como G7.


(UFPEL)
As duas Coréias
SCALZARETTO, R; MAGNOLI, D Atlas: geopolítica. São Paulo: Scipione, 1996.
O mapa demonstra a divisão da Coréia, que foi um episódio da
a) Segunda Guerra Mundial (entre Aliados e Eixo).
b) Guerra Fria (entre União Soviética e Estada Unidos).
c) Revolução Chinesa (entre comunistas e nacionalistas).
d) Guerra Sino-Japonesa (entre a China e o imperialismo japonês).
e) Guerra Russo-Japonesa (na disputa pela Península da Coréia).
f) I.R.

(FDV) “A Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) ou North Atlantic Treaty (NATO) foi criada em 1949, como um grande sistema de defesa multinacional, que reuniu as forças militares dos Estados Unidos, do Canadá e de vários países da Europa.”
LUCCI, Elian Alabi; BRANCO,Anselmo Lazaro; MENDONÇA, Cláudio. TERRITÓRIO E SOCIEDADE no mundo globalizado. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo: Saraiva, 2005, p.84.
Sobre a OTAN, assinale a única afirmativa CORRETA.
a) Criada no contexto da Guerra Fria, a OTAN tinha como principal objetivo garantir o sucesso do Plano Marshall na reconstrução dos países europeus afetados pela Segunda Guerra Mundial.
b) Com o desmoronamento do bloco socialista no final dos anos 1980, a OTAN perdeu sua razão de existência e encerrou suas atividades.
c) A Rússia finalmente rendeu-se ao projeto dos Estados Unidos para a instalação de elementos de um escudo antimísseis na Polônia e na República Tcheca.
d) A OTAN tinha, na sua origem, um significado e um objetivo paralelos, no domínio político-militar aos do Plano Marshall no domínio político-econômico.
e) Com o aval da Rússia, a OTAN decidiu ampliar-se até os Bálcãs Ocidentais, a região mais instável da Europa, admitindo como novos membros da Organização a Ucrânia e a Geórgia.

Ufms) Assinale a alternativa que melhor define a Guerra Fria.
a) Política de “paz armada”, desenvolvida pelas potências internacionais no período que antecedeu a Primeira Guerra Mundial, da qual resultaram tratados de alianças como a Tríplice Entente e a Tríplice Aliança.
b) Estado de tensão permanente entre o bloco capitalista, liderado pelos Estados Unidos, e o bloco socialista, liderado pela União Soviética, resultante da disputa entre essas duas potências por uma posição hegemônica no contexto internacional, no período posterior à Segunda Guerra Mundial.
c) Tensão militar ocorrida entre Inglaterra e Alemanha, no final do século XIX, motivada pela disputa, entre os dois Estados Nacionais, pelo controle do comércio do Mar do Norte.
d) Estratégia desenvolvida pelos Estados Unidos, no âmbito de sua política internacional, visando conter a expansão imperialista da União Soviética, nação que emergiu da Segunda Guerra Mundial como a maior potência econômica e militar do mundo.
e) Choque ocorrido entre os países industrializados europeus entre o final do século XIX e o início do século XX, em razão da disputa por colônias na África e na Ásia.

(UNEAL) Esse era um dos cenários do mundo no pós-guerra: uma bipolarização maniqueísta entre Estados Unidos e União Soviética, que definiria a guerra fria.

(Flavio de Campos e Renan G. Miranda, Oficina de história: história integrada)

Sobre o processo apresentado, é correto afirmar que

a) a Alemanha e a Inglaterra, com suas armas nucleares, dividiram o mundo em dois blocos: o capitalista e o socialista, sendo inevitável o confronto bélico entre os blocos.
b) os Estados Unidos e a União Soviética tinham a tecnologia da bomba atômica, condição que transformou completamente as relações bélicas entre as duas potências.
c) o clima de guerra fria não contaminou todas as relações internacionais, pois parte da Europa ocidental não se envolveu com as superpotências e manteve-se neutra.
d) os Estados Unidos, logo após o fim da Segunda Guerra Mundial, ajudaram a Alemanha a destruir o muro de Berlim, na tentativa de tornar o país um aliado político.
e) embora o clima de guerra fria tenha amenizado nos últimos vinte anos, esse sistema ainda explica a hegemonia política do Leste Europeu.

Com base no texto, responda:

1) Quais os objetivos da criação da Doutrina Truman?

------------------------------------------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------------------------------------------------

2) O que pretendia o Plano Marshall?

------------------------------------------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------------------------------------------------

3) Como o mundo ficou dividido em meios geopolíticos e ideológicos após a segunda guerra mundial?

------------------------------------------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------------------------------------------------

4) Com que objetivo foi criada a ONU?

------------------------------------------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------------------------------------------------

5) O que visava a criação da OTAN?

------------------------------------------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------------------------------------------------


(UESPI) A Conferência de Bretton Woods, realizada em 1944, nos Estados Unidos, definiu uma nova ordem econômica entre os países capitalistas, com o objetivo de ampliar a integração da economia mundial. Para efetivação dessa nova ordem econômica foram criadas as seguintes instituições, exceto:
a) o Banco Mundial, para prover recursos correspondentes à geração de infra-estrutura em vários países.
b) o FMI, com o objetivo de estimular o comércio internacional.
c) o GATT, com o objetivo de regulamentar o comércio mundial.
d) a OMC, que posteriormente substituiu o GATT.
e) o COMECON, criado para auxiliar o desenvolvimento dos países que adotavam a economia socialista.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...