LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tem como objetivo, ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas.


quinta-feira, 19 de abril de 2012

ASSUNTO - CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO


Aula 05 e 06

A divisão internacional do trabalho é a “distribuição das atividades econômicas ao redor do globo”. Lembre-se que isso segue um contexto de desenvolvimento e capacidade tecnológica, ou seja, não há qualquer órgão ou país que determine essa divisão, e os países que não conseguem se desenvolver mais não estão nessa condição porque querem, mas porque sua formação histórico-econômico o conduziu a isso.

Basicamente são consideradas duas “Divisões internacionais do trabalho” – a velha e a nova.
A) Velha divisão internacional do trabalho:

Vigente até o início do século passado, considera como fator de divisão a existência ou não da atividade industrial, antes restrita aos países desenvolvidos. Tínhamos, portanto:
Países desenvolvidos: produtores/exportadores de bens industrializados.
Países subdesenvolvidos: produtores/exportadores de matérias-primas.
B) Nova divisão internacional do trabalho:

É a atual divisão, onde surgem os países subdesenvolvidos industrializados (também chamados “emergentes” ou “países em desenvolvimento”). Temos, portanto:
- Países desenvolvidos: produtores/exportadores de tecnologia.
- Países subdesenvolvidos industrializados: produtores/exportadores de bens industrializados.
- Países subdesenvolvidos: produtores/exportadores de matérias-primas.
Observe que:         

- Essa nova divisão não significa que os países exportem apenas esse tipo de produtos, ou seja, os países desenvolvidos, por exemplo, também exportam produtos industriais mais simples e até mesmo matérias-primas.         
- O Brasil enquadra-se nos países subdesenvolvidos industrializados, possuindo um amplo parque industrial, mas lembre-se que os bens agromineradores (primários) respondem por boa parte de nossas exportações.           
- A tecnologia exportada pelos países desenvolvidos na atual divisão internacional do trabalho é aquela presente em seus bens industriais de alta tecnologia, franquias, royalties e patentes (esses últimos referem-se ao pagamento por uso de uma marca, produto, tecnologia ou conhecimento registrado pelos seus desenvolvedores).

A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO
Acompanhando as mudanças ocorridas com a evolução do capitalismo, as relações entre os países e suas especializações no mercado internacional (DITs) também se modificam.


DIT do Período Colonial



As regras das relações entre metrópoles e colônias foram estabelecidas pelo pacto colonial, segundo o qual a colônia só podia manter relações comerciais com a metrópole. Surgiu assim a primeira divisão internacional do trabalho (DIT), caracterizada pelo envio de matérias-primas das colônias para as metrópoles e de produtos manufaturados das metrópoles para as colônias

DIT do imperialismo. Entre o período que vai do final da primeira guerra mundial (1918) até o final da segunda (1945), algumas potencias ocidentais (Inglaterra, França, Holanda) ainda mantinham suas colônias na Ásia e na África. Portanto, a divisão internacional do trabalho permanece a mesma da fase do imperialismo ou do capitalismo industrial.


                    Matérias-primas
                              COLÔNIAS -------------------------- METRÓPOLES
                                                                                 Produtos industrializados
A descolonização da áfrica e da Ásia, o surgimento dos países subdesenvolvidos industrializados e expansão das transnacionais estabeleceram três DITs bem diferentes, que se sucederam durante a fase do capitalismo financeiro.


DIT clássica: com a descolonização da Ásia e da África (1947-1975), os novos países surgidos nesses continentes passaram a fazer parte, ao lado das antigas colônias e da América, do conjunto dos países subdesenvolvidos. Estabeleceu-se, então, o que denominamos DIT clássica, que caracteriza as relações entre os países desenvolvidos e os países subdesenvolvidos não industrializados.

Matérias-primas
PAÍSES SUBDESENVOLVIDOS -------------------------- PAÍSES DESENVOLVIDOS
NÃO INDUSTRIALIZADOS                                      Produtos industrializados
                                                                                   Investimentos e concessão
                                                                                   de empréstimos.
                                                                                    


DIT da nova ordem mundial: nesse mesmo período, com a industrialização de alguns países subdesenvolvidos, outra DIT passou a conviver com a DIT clássica. Essa nova divisão internacional do trabalho é muito mais complexa, envolvendo o fluxo de mercadorias e de capitais, de ambos os lados. Esses países subdesenvolvidos deixaram de ser unicamente fornecedores de matéria-prima para os países


- Produtos industrializados,
- Tecnologia;
- Capital – (empréstimos 
e investimentos produtivos 
e especulativos)
   PAÍSES --------------------------------------------- PAÍSES SUBDESENVOLVIDOS           DESENVOLVIDOS                                    INDUSTRIALIZADOS                                                                            
                                                                  - Matéria-prima, produtos 
                                                                     industrializados.
                                                                  - capital –lucro das transnacionais
                                                                  - capital especulativo, pagamento de juros.
                                                                  - divida externa, e royalties pela 
                                                                     propriedade intelectual




Exercícios
1º- Com base na sua leitura de mundo elabore um conceito sobre o sistema capitalista.(mínimo 4 linhas) .
2º - De que forma o absolutismo e o mercantilismo contribuíram para o sucesso do capitalismo? Comente.
3º- Cite duas características da fase do capitalismo financeiro.
4º- Diferencie truste de cartel.
5º- Qual das formas de oligopólio é mais prejudicial à livre concorrência, ou seja, ao funcionamento da lei da oferta e da procura?

6º- (Vunesp-SP, adaptada) esta toma por base uma Tragédia em um ato, assinada pelo escritor, tradutor e desenhista Millôr Fernandes (1942), e publicada pela primeira vez em “o pif-paf”. (O Cruzeiro, 1945.).

Essa tragédia-relâmpago mobiliza o campo da sugestibilidade e, num clima de aparente humorismo, libera todo um universo de conceitos, situações e costumes subentendidos. Identifiquem nessa situação as características das relações de trabalho no sistema capitalista e responda as questões:

O CAPITALISMO MAIS REACIONÁRIO TRAGÉDIA EM UM ATO PERSONAGENS: O PATRÃO E O EMPREGADO ÉPOCA ATUAL EM PREGADO – 

Patrão, eu queria lhe falar seriamente.
Há quarenta anos trabalho na empresa e até hoje só cometi um erro.
PATRÃO - está bem meu filho, está bem. Mas de agora em diante tome mais cuidado.
[Pano bem rápido]

(Millôr Fernandes, trinta anos de mim mesmo, nórdica, p. 15 in: ALMEIDA, Lúcia Marina Alves & RIGOLIN, Tércio Barbosa. Geografia: novo ensino médio. São Paulo, Ática. 2002.).

a) O que está subtendido no discurso direto do patrão?
b) Por que esse texto pode ser entendido como uma critica de costumes?

7º- Diferencie capitalismo comercial de capitalismo industrial.

8º- Compare a DIT clássica com a DIT da nova ordem mundial e destaque o papel desempenhado pelo Brasil neste último momento.

9º- Com base no que foi estudado sobre o capitalismo em nas suas observações da realidade comente as charges Abaixo;( Mínimo cinco linhas para cada uma das charges)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...