LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tem como objetivo, ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas.


27/10/2015

UVA por Descritor GEOGRAFIA = D -1


D – 1: Identificar as principais características entre as regiões brasileiras

01ª- Questão:  (UVA/2003.1
Tema: Fome Subtema: Região Nordeste
Assunto: Desigualdades regionais
A fome, drama tão antigo quanto crônico, voltou às manchetes nacionais diante do compromisso do presidente Luis Inácio Lula da Silva, logo após sua eleição, em erradicar o problema. (Diário do Nordeste 10-11-2002).

A miséria espanta em qualquer lugar do mundo, mas no caso brasileiro é moralmente inaceitável porque o Brasil é o mais rico entre os países com maior número de pessoas miseráveis. Isto torna inexplicável a pobreza de milhões de brasileiros.
Analise as afirmativas abaixo.

I - O plano de Lula para erradicar a fome no nosso país chama-se: Fome Zero: Uma Proposta de Política de Segurança Alimentar para o Brasil.
II - Os Estados Nordestinos são os que apresentam maior índice de pobreza do País. Todos, à exceção do Rio Grande do Norte, têm mais de 50% da sua população abaixo da linha de pobreza


III - O primeiro contingente de miseráveis surgidos no nosso país foram os escravos. Mesmo depois da Abolição, eles continuaram vivendo numa situação de pobreza extrema. Essa herança reflete-se até hoje em estatísticas como as taxas de analfabetismo e de mortalidade infantil, proporcionalmente maiores entre a população negra.

IV - O Maranhão é o estado nordestino recordista em exclusão social. O percentual de pessoas que vivem abaixo da linha de pobreza é de 63%.
Estão corretos:

(A) os itens I,II,III e IV.
(B) somente os itens I e II.
(C) somente os itens III e IV.
(D) somente os itens II e IV.

02ª- Questão:  (UVA/2003.2):    
Tema: Economia no Brasil
Subtema: Região Nordeste 
Assunto: Desigualdade regional 

Mesmo em tempos de estagnação econômica dos últimos 10 anos, o Nordeste cresceu mais do que o Brasil e demonstrou uma economia mais estável. No entanto, detém a pior posição do PIB per capita.

Sobre o Nordeste brasileiro é correto afirmar:

( ) Aqueles que apontam a seca como responsável pela pobreza e pela grande migração de pessoas do Nordeste brasileiro ou são ingênuos ou agem de má fé. As verdadeiras causas da pobreza e dos grandes fluxos emigratórios são fundamentalmente sociais, políticas e econômicas.
( ) O migrante do Nordeste que se dirige para os diferentes pontos do Brasil são todos originários do Sertão.
(    ) A baixa renda da maior parte da população, a concentração da propriedade e da riqueza nas mãos de poucas pessoas, o coronelismo e os mandonismos locais exercidos por famílias, conduzindo à concentração do poder político e econômico fazem do Nordeste uma área de repulsão da população.
( ) O Nordeste não deve ser visto como área-problema, mas como o grande mercado consumidor do Sul, do Sudeste e do Centro-Oeste. Como o exportador de mão-de-obra, parcialmente remunerada para tocar as grandes obras, reduzindo seus custos e elevando a margem de lucro dos seus executores. Ainda como exportador de capitais, por conta do que deixa de circular, na região, em razão das transferências financeiras.


(A) V,V,F,V
(B) F,V,F,V
(C) V,F,V,V
(D) F,F,F,V

03ª- Questão:  (UVA/2003.2):    
Tema: Fome
Subtema: Regiões Norte/Nordeste
Assunto: Desigualdades regionais
O Centro de políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas, divulgou o “ Mapa do Fim da Fome no Brasil”, baseado em dados da pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio, PNAD, de 96 a 99.

A pesquisa revela que:

I - O Brasil aplica políticas e planejamento familiar rigoroso. O Estado tem a função de atuar no controle da natalidade
II - Existem hoje no Brasil cerca de 50 milhões de pessoas vivendo abaixo da linha de indigência (29,3% da população), recebendo uma renda inferior a R$ 80,00 per capita.
III - O Ceará é o segundo Estado brasileiro a precisar de mais investimentos para erradicar a miséria. A situação mais crítica se encontra no Noroeste cearense, onde 56% da população se encontra abaixo da linha de pobreza.
IV - Os Estados do Norte e do Centro-Oeste foram os que apresentaram o maior índice de pobreza do País.

Estão corretos os itens:

(A) II e III
(B) I e IV
(C) I,II e III
(D) I,II,III e IV.


04ª- Questão:  (UVA/2004.1):    
Tema: Divisão regional oficial do Brasil
Assunto: Identificar as principais características da implementadas pela divisão oficial do Brasil em regiões segundo o principio político  administrativo

As divisões político-administrativa e regional no Brasil, no sentido de promover e racionalizar a administração, têm sofrido freqüentes alterações. A mais recente foi:

(A) a elevação do território de Rondônia à categoria de Estado
(B) a fusão do Estado da Guanabara  ao Estado  do Rio de Janeiro
(C) a criação do Estado do Tocantins a partir do desmembramento  do norte de Goiás
(D) a criação dos Estados de Mato grosso do Norte e Mato Grosso do Sul


05ª- Questão:  (UVA/2004.1
Tema: Regiões Brasileiras
Assunto: Identificar os principais aspectos físicos, climáticos e vegetacional da região nordeste.

No  que  tange  às  características  naturais  e  de  uso    da  terra  do  Nordeste brasileiro,  é correto  afirmar que:

I - Trata-se de uma  região homogênea sob o aspecto natural  e não apresenta grandes diversidades sob  o ponto de vista ambiental.
II - Toda a região de modo indistinto,  é submetida às condições do clima semi- árido
III - O  clima  semi-árido  do  sertão  condicionou o  aparecimento  de  uma vegetação xerófila, a caatinga
IV - Rica e pobre, farta e carente, úmida e seca, a Grande Região Nordeste é conhecida pelos seus contrastes físicos, humanos, econômicos e sociais e por isso é a mais discutida de todas as regiões do Brasil.

Estão corretos os itens:
(A) I e IV
(B) I, II e III
(C) II, III e IV
(D) III e IV


06ª- Questão:  (UVA/2004.2
Tema: Regiões brasileiras
Assunto: Desigualdades regionais

"Em pleno século XXI, é inconcebível que o Nordeste continue a aparecer na mídia nacional como campeão da miséria, líder até no ranking da violência, chaga que até então só se observava com mais intensidade no eixo Rio - São Paulo." Martins, Magno, jornalista. Algumas afirmativas abaixo são verdadeiras (V) e outras são falsas (F) com relação ao Nordeste brasileiro.

Analise-as  e  indique  a  opção  que  contém  a  alternativa  com  a  sequência correta, de cima para baixo.

( ) Região fragilizada, tanto no ponto de vista econômico quanto social, o Nordeste tem uma população de 47.741.711 habitantes, 28,11% da população nacional e uma área de 1.553.759 quilômetros quadrados. (IBGE)
( ) A seca no Sertão nordestino constitui-se em um fenômeno natural. Suas conseqüências é que não são naturais. Os graves problemas sociais que assolam o semi-árido, estão associados às questões políticas e econômicas.
( ) A zona da Mata é a mais tradicional área de ocupação do Nordeste porque ainda conserva a monocultura açucareira, implantada na época colonial.
( ) Bahia, Pernambuco e Ceará, são os estados nordestinos que mais atraem os investimentos industriais, sobretudo porque oferecem maiores vantagens aos investidores, como isenções fiscais e criação de infra- estrutura.
( ) A seca é a única responsável por toda a pobreza e mesmo a miséria da população nordestina, uma vez que o clima é o elemento mais importante na formação dos quadros naturais do Nordeste.

(A) F, F, V, V, V
(B) V, V, F, V, V
(C) V, V, V, V, F
(D) V, F, V, V, V,

07ª- Questão:  (UVA/2005.1
 Tema: Brasil= Organização política-administrativo 
Assunto: Características políticas e físicas 

A República Federativa do Brasil, a partir de 1988, com a Nova Constituição ficou assim dividida: 26 Estados e 1 Distrito Federal, num total de 27 unidades político-administrativas. As transformações ocorridas no Brasil, foram:
1 - Roraima e Amapá, de Territórios passaram a ser Estados.
2 - Fernando  de   Noronha,  de   Território  passou  a   ser  município  de Pernambuco.
3 - Criação do novo Estado do Brasil, Tocantins, capital: Palmas.
4 - Divisão do Estado do Mato Grosso em dois: Mato Grosso do Norte e Mato Grosso do Sul.

Estão corretos os itens:

(A) 2 - 4
(B) 1 - 2 - 3
(C) 1 - 3 - 4
(D) 1 - 2 - 3

08ª- Questão:  (UVA/2005.1
Tema: Desigualdades regionais 
Assunto: Diferenças socioeconômicas da região Nordeste
"Mesmo hoje, quando se reconhece o Nordeste brasileiro como uma região com grandes problemas em comum, ainda se pode perceber que há enormes disparidades econômicas e naturais entre diversas de sua área."

As principais sub-unidades que compõem o complexo regional do Nordeste brasileiro são:

(A) Agreste, Zona Interplanálticas e Chapadas Úmidas.
(B) Sertão, Vale do Ribeira, Meio-Norte e Agreste.
(C) Meio-Norte, Agreste, Sertão e Cariris Velhos.
(D) Zona da Mata, Agreste, Sertão e Meio-Norte.

09ª- Questão:  (UVA/2005.1
Tema:  Desertificação
Assunto: Características socioeconômicas  ligadas ao processo de desertificação no nordeste brasileiro
Reduzir a migração, melhorar as condições do homem do campo, fazer com que mesmo as regiões mais secas tenham um potencial a ser explorado e prevenir a degradação ambiental do semi-árido. Essas são algumas das metas do Programa de Ação Nacional de Combate à Desertificação e Mitigação dos Efeitos da Seca (PAN - Brasil) lançado no dia 03 de agosto de 2004, em Fortaleza.

Analise as alternativas abaixo que tratam sobre a desertificação no Brasil.

I - Cerca de 18 milhões de pessoas estão nas áreas suscetíveis à desertificação no Brasil, ou cerca de 40% dos pobres do País. O PAN brasileiro, além de diretrizes para o combate à desertificação nessas áreas, apresenta metas para a redução da pobreza e desigualdade social.
II - No Brasil, 1,4 mil municípios estão localizados no semi-árido, e portanto, sujeitos à desertificação.
III - Marcada pela perda gradual da fertilidade biológica do solo, a desertificação observada em áreas do Nordeste (Irauçuba (CE),  Seridó (PB), Equador (RN) e Cabrobó (PE)) é resultado sobretudo do cultivo inadequado da terra associado a variações climáticas locais e às características do solo - pedregoso ou impermeável com elevada evaporação por causa das altas temperaturas do clima semi-árido.
IV - A agropecuária e a mineração predatórias, além do desmatamento, têm provocado a desertificação de grandes áreas em algumas regiões do Brasil.

Estão corretos:
(A) somente o item III.
(B) somente os itens II e IV.
(C) somente os itens I e II.
(D) todos os itens.

10ª- Questão:  (UVA/2005.2
Tema: Regionalização
Assunto: Divisão oficial da região nordeste

A região do Nordeste escura no mapa é:


(A) o Meio-Norte
(B) a Zona da Mata
(C) o Sertão
(D) o Agreste

11ª- Questão:  (UVA/2006.1)  
Tema: A questão do índio
Assunto: Desigualdade socioeconômicas 

Desde a extração do pau-brasil até os dias atuais, os índios são explorados como força de trabalho, adquirem doenças perante as quais se apresentam indefesos, sofrem perseguições e preconceitos, são dizimados e até mesmo transformados em objetos de interesse turístico.

Com relação à situação das comunidades indígenas no Brasil, é correto afirmar:

(A) Desde o início da colonização, os indígenas foram perdendo suas terras e sua cultura, sendo ainda submetidos a processo de dependência econômica.
(B) A abertura de estradas e a implantação de projetos agropecuários e de mineração na Amazônia, têm favorecido a preservação das reservas indígenas.
(C) A Funai tem efetivado uma política indigenista que assegura plenamente o habitat natural das comunidades indígenas.
(D) Após a criação do Estatuto do Índio, em 1973, o governo brasileiro demarcou todas as terras indígenas, tornando-as asseguradas legalmente.

12ª- Questão:  (UVA/2006.1)  
Tema: Regiões Brasileiras
Assunto: Desigualdades regionais

Sobre a organização sócio-espacial do Nordeste do Brasil é possível afirmar corretamente:

(A) A Região Nordeste tem a maior e mais crescente densidade demográfica do país, em decorrência da qual é elevado o índice de desemprego e são baixos o consumo da população e a renda per capita.
(B) A concentração de terras nas zonas rurais está desaparecendo graças à aplicação de programas localizados de colonização e de reforma agrária.
(C) A política de açudagem e irrigação solucionou os problemas decorrentes das grandes estiagens, entre eles o êxodo rural.
(D) O Nordeste é a região que apresenta maiores desigualdades sociais no Brasil, com um marcante nível de pobreza e um alto nível de destruição ambiental.


13ª- Questão:  (UVA/2006.2
Tema: Regiões brasileiras 
Assunto: Desigualdades regionais

 "Não tenho vergonha de dizer que muitas vezes a gente passou fome. Tinha dia que não tinha nada mesmo. Eu não conseguia nem dormir com o choro dos meninos. Era choro de fome", diz Lucidalva Ageu, lavadeira, que mora na zona rural do nordeste do Brasil.

A fome, essa triste realidade, que atinge milhões de brasileiros, decorre do injusto modelo agrícola e econômico que exclui milhões de pessoas do processo produtivo, tomando-as incapazes, até mesmo, de comprar alimentos necessários à subsistência. São fatores que contribuem para a ocorrência de fome nos países subdesenvolvidos.

1– A defeituosa estrutura fundiária.
2 – O baixo rendimento da terra.
3 – As condições naturais desfavoráveis.
4 – A economia voltada para o exterior.
5– O emprego intensivo de mão-de-obra.

Estão corretas:
(A) apenas as afirmativas 1 – 5
(B) apenas as afirmativas 1 – 2 – 4
(C) apenas as afirmativa 3 – 4 – 5
(D) todas as afirmativas são verdadeiras.

14ª- Questão:  (UVA/2006.2)  
Tema: Regiões brasileiras
Assunto: Nordeste - aspectos físicos e socioeconômicos. 

A região Nordeste do Brasil se distingue do restante do país por uma série de características. Entre elas podemos afirmar:

1– Uma homogeneidade geográfica tão aparente que é muito difícil distinguir subunidades regionais.
2– A possibilidade de divisão da região em quatro subunidades: o Meio-Norte, o Sertão, o Agreste e Zona da Mata.
3– O litoral é a área de clima úmido e desde a colonização foi ocupado pela lavoura canavieira.
4– O sertão é uma vasta porção submetida ao clima semi-árido; com rios temporários e vegetação arbustiva com presença de cactáceas.

Estão corretos:

(A) somente os itens 1,2 e 4
(B) somente o item 2
(C) somente os itens 2,3 e 4
(D) os itens 1,2,3 e 4

15ª- Questão:  (UVA/2006.2
Tema: Regiões brasileiras- Nordeste
Assunto: aspectos físicos e socioeconômicos
 "[...] de couro era a porta da cabana, o rude leito aplicado ao chão duro , e, mais tarde, a cama para os partos; de couro todas as cordas, a "borracha" para carregar água, o mocó ou alforje para levar comida, a maca para guardar roupa, a mochila pata milhar o cavalo, a peia para prendê-lo em vigem, as bainhas de faca, as bruacas e os surrões, a roupa de entrar no mato, os bangüês para curtume ou para apurar o sal; para os açudes, o material de aterro era levado em couros puxados por juntas de bois que calcavam a terra com seu peso; em couro pisava-se o tabaco para o nariz.”

O texto registra a importância da criação de gado na ocupação do:

(A) Pampa-gaucho.
(B) serrado do Brasil Central.
(C) Pantanal Mato-Grossense.
(D) Sertão Nordestino.

16ª- Questão:  (UVA/2006.1)  
Tema: Organização territorial e politica do Estado brasileiro
Assunto: Divisão regional (oficial)  do Brasil

As alterações provocadas pela Constituição de 1988 na organização político-administrativa do território brasileiro foram as seguintes:
1. Transformações dos Territórios de Roraima e Amapá em Estados.
2. Criação do Estado de Tocantins.
3. Transformação dos territórios do Acre e Rondônia em Estados.
4. Transformação do território de Fernando de Noronha em município de Pernambuco. Estão Corretos:

(A) os itens 1 -3
(B) os itens 1 -2 - 4
(C) os itens 2 - 3 - 4
(D) os itens 1 - 3 - 4

17ª- Questão:  (UVA/2007.2)  
Tema: Regiões brasileiras
Assunto: Aspectos fisionômicos naturais do nordeste brasileiro.

Com base no mapa abaixo, preencha os parênteses a seguir com o número correspondente a sub- região nordestina


( ) Região de transição entre a Amazônia superúmida e o nordeste semi-árido. Sua paisagem é dominada por extensas planícies, baixos planaltos e babaçuais.
( ) Estreita faixa de transição entre o litoral e o interior. Possui predomínio de médias e pequenas propriedades em contraste como latifúndios da Zona da Mata e do Sertão.
( ) Vasta porção submetida ao clima semi-árido, presença de rios temporários e vegetação arbustiva com presença de cactáceas. Elevado nível de pobreza.
( ) Apresenta clima quente e úmido com chuvas mais concentradas no outono e inverno. Presença de solos férteis (massapê).

A seqüência correta, de cima para baixo, é:

(A) II- IV- III- I
(B) IV - II - III- I
(C) III - II- I - IV
(D) I - III - II - IV

18ª- Questão:  (UVA/2008.1)  
Tema: Regiões Brasileiras
Assunto: Atividades econômica pecuária

A principal área de criação de gado bovino do Nordeste brasileiro está assinalada no mapa por:

(A) I, onde a pecuária é extensiva.
(B) II, onde a pecuária é extensiva.
(C) III, onde a pecuária é intensiva.
(D) I e III, onde a pecuária é intensiva


19ª- Questão:  (UVA/2009.2
Tema: Desigualdades Sociais no Brasil
Assunto: Identificar os principais problemas sociais do Brasil quanto nos seus aspectos históricos, sociais, econômicos ou humanos. .

O Brasil é um país de grandes desigualdades. Essa afirmação tem sido feita tanto por pesquisadores e estudiosos da sociedade quanto pela população em geral. As desigualdades estão estampadas nas ruas das cidades e nas paisagens dos campos. Desigualdade é a marca da sociedade brasileira.

Sobre as desigualdades sociais no Brasil, não podemos afirmar que:

(A) o índice de Exclusão Social (IES) é um medidor das desigualdades sociais que leva em conta os níveis de alfabetização, de escolaridade, de acesso aos serviços de saúde, de violência, de empregos formais e de pobreza da população em cada um dos municípios brasileiros.
(B) os piores IES brasileiros estão nas regiões Norte e Nordeste, mas também existem ilhas de extrema exclusão social na região Centro-Sul do Brasil.
(C) o nível de concentração de renda no Brasil tem diminuído muito nos últimos anos, alcançando hoje um dos menores índices do mundo, graças aos trabalhos desenvolvidos pelos governos nas últimas décadas.
(D) as desigualdades geram um processo de intensa exclusão social.


20ª- Questão:  (UVA/2009.2
Tema: Divisão Regional do Brasil
Assunto: Identificar as principais características quanto os aspectos históricos, sociais, econômicos ou humanos que compõem as regiões brasileiras segundo a classificação de Pedro Pinchas. .

O mapa a seguir diferencia-se da conhecida divisão regional do IBGE para o território brasileiro. Esse novo mapa tem sido cada vez mais utilizado para representar os grandes contrastes entre as diferentes regiões do país.

Leia as afirmativas que se relacionam com os diferentes complexos regionais do país e assinale a alternativa correta.

1.  A Amazônia, em função de sua grande superfície e devido a sua baixa ocupação demográfica, não apresenta áreas de conflitos fundiários.
2.  Há muitas décadas o Nordeste tem se caracterizado como região de grande dinâmica populacional, através de migrações intra-regionais, em especial do sertão para o litoral e como fornecedora de mão-de-obra para outras regiões, com destaque para o Centro- Sul.
3. O Centro-Sul, embora também seja palco de graves contrastes sociais, possui a maior concentração de PIB do país, uma vez que aí se encontram os principais polos industriais e centros financeiros do Brasil.

(A) Apenas a 1 está correta.
(B) Apenas a 1 e a 2 estão corretas.
(C) Apenas a 2 e a 3 estão corretas.
(D) Apenas a 1 e a 3 estão corretas.


21-ª- Questão:  (UVA/2010.2
Tema: Desigualdades Sociais no Brasil
Assunto: Identificar os principais problemas sociais do Brasil quanto nos seus aspectos históricos, sociais, econômicos ou humanos.

A respeito das disparidades regionais do Brasil, é correto afirmar que:

(A) elas sempre existiram na nossa história, com o Nordeste sendo a região mais carente desde os primórdios da colonização.
(B) elas se tornaram mais graves com a globalização, que ocasionou uma acelerada industrialização do Sudeste e um retrocesso no Nordeste.
(C) elas foram adquirindo as suas características atuais com a industrialização do país e tornaram-se assunto da política nacional a partir de 1950.
(D) elas decorrem fundamentalmente das diversidades naturais do nosso território e da distribuição espacial das riquezas minerais.

22-ª- Questão:  (UVA/2010.2)

Tema: Divisão regional oficial do Brasil
Assunto: Identificar as principais características da implementadas pela divisão oficial do Brasil em regiões segundo o principio político  administrativo

Entre as últimas alterações da divisão regional do Brasil, podem-se destacar:

(A) a extinção dos territórios federais e a criação do Distrito Federal.
(B) a criação de Fernando de Noronha e a do território federal de Roraima.
(C) a extinção dos territórios e a criação do Estado do Tocantins.
(D) a extinção do Distrito Federal e a criação do território federal de Tocantins.

Click aqui no link para conferir as resposta com gabarito comentado.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...