LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tem como objetivo, ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas.


13/07/2015

ESTRUTURA ou COMPOSIÇÃO da População Mundial


Objetivo da aula:
- Definir pirâmide etária;
- Definir grupo etário;
- Interpretar uma pirâmide etária;
- Definir políticas demográficas;
- Relacionar as políticas demográficas com o nível de desenvolvimento de um país.
- Indicar medidas que estimulem a natalidade.
- Indicar medidas que combatam a natalidade
- Analisar as diferentes características dos principais gráficos demográficos, dentre eles a pirâmide populacional.


Olá! pessoal !!! Tudo bem?



Hoje vamos iniciar um dos últimos assunto tratado no estudo da Dinâmica Populacional. Tratam-se do estudo sobre a ESTRUTURA ou COMPOSIÇÃO da população mundial. Nessa aula vamos definir pirâmide etária;
definir grupo etário; interpretar uma pirâmide etária; definir políticas demográficas; relacionar as políticas demográficas com o nível de desenvolvimento de um país e indicar medidas que estimulem a natalidade.
Indicar medidas que combatam a natalidade

Noções preliminares:
O número total de habitantes de uma cidade, país ou região, por si só tem grande significado. Pois nos revela, por exemplo, se esse lugar é populoso ou pouco populoso. Mas nada mais.  Ele na verdade não nos revela nada acerca da dinâmica populacional de um determinado local. Isto é, ele não nós revela nada acerca das condições de vida dessa população. É apenas um número bruto. Certo???

Mas quando aliamos esses números a outros dados populacionais, como os da economia, dasaúde, da educação, da habitação, dos transportes, da produção de alimentos entre outros, poderemos traçar um perfil dessa população. Esse perfil chamamos de 
estrutura da população.
Estrutura da População

 O estudo da estrutura da população pode ser dividido em três categorias:

- número, sexo e idade dos habitantes – esses dados, obtidos pelo censo demográfico, são expressos em um gráfico chamado pirâmide de idades;

- distribuição da população economicamente ativa (PEA) por setores econômicos: primário, secundário e terciário;

- distribuição de renda.

A Pirâmide das Idades

Gráfico populacional que leva em consideração a estrutura sexual da população (homens e mulheres) e as faixas etárias - 0 à 19 anos jovens, 20 à 59 adultos, e 60 ou + anos idosos.

A estrutura da pirâmide é a seguinte:
- Base: corresponde aos jovens.
- Meio: corresponde aos adultos.
- Topo ou ápice: corresponde aos idosos.



IMPORTANTE:

De acordo com  o grau de desenvolvimento econômico de uma população, tem-se ai o seu perfil, por exemplo: os países desenvolvidos e os países subdesenvolvidos como possuem grau de desenvolvimento diferentes, isto é,  estágio econômico diferentes. Suas estruturas populacionais também serão diferentes.

Atualmente, verificam-se fortes contrastes entre a estrutura etária de um país desenvolvido dá de um país em desenvolvimento ou subdesenvolvido.

Exemplificando: A análise das pirâmides nos permite verificar a situação de desenvolvimento  ou subdesenvolvimento dos países.

Observe as pirâmides etárias que se seguem:

Nos  exemplo acima:

A pirâmide 2 de base larga indica grande crescimento vegetativo; o topo estreito indica baixa expectativa de vida, o que nos faz concluir que essa seja de um país subdesenvolvido.

Por outro lado, a piramide 1 que possui uma base mais estreita, indica pequeno crescimento vegetativo; um topo mais largo indica grande expectativa de vida, o que nos leva a concluir que seja um país desenvolvido.

OBSERVAÇÃO: A análise das pirâmides etárias é fundamental para os estudos de população.

A PEA e os Setores de Atividades Econômicas

Para organizar esses dados costumam-se levar em conta, de forma aproximada, a relação que existe entre a idade biológica e a idade profissional: PEA (População Economicamente Ativa). Juntando essa relação (idade biológica e a idade profissional) a duas importantes variáveis que são: as faxas etária que se dá em função das idades (cada grupo de idades) e sexos dessa população, representando a população do sexo masculino de um lado da pirâmide e a do sexo feminino de outro. 

1º realizar uma análise geral desse gráfico, que é a análise das suas principais características. Isto é:
a) análise da base (estreita, larga, se tem diminuído ou aumentado);
b) análise do topo ( se comparativamente com a base é largo ou estreito);
c) as diferenças entre os sexos.
Analise mais detalhada, que explique as características da pirâmide em relação à :
a) natalidade;
b) mortalidade;
c) esperança média de vida;
d) acidentes demográficos (guerras migrações, epidemias…)

Conclusão, que classifique a população:
a) jovem;
b) jovem com tendência para envelhecer;
c) adulta;
d) envelhecida;
e)  envelhecida com tendência para rejuvenescer.

IMPORTANTE:
Seu estudo possibilita uma interpretação situacional da população para planejamento socioeconômico. Esses dados sobre a estrutura etária informam a administração de uma cidade ou de um país, por exemplo, quantos empregos precisam ser criados anualmente para que se possa absorver o contingente de mão-de-obra que, a cada ano, chega ao mercado. Podem, ainda, interferir no crescimento demográfico, ora estimulando, caso haja necessidade, ora desestimulando o crescimento por meio de políticas públicas.

IMPORTANTE:
Para representar essas informações, utiliza-se um gráfico chamado de pirâmide etária.
O que é uma Pirâmide Etária?
É uma representação gráfica da composição da população de um lugar em função da idade e do sexo, em um ano determinado. "Esse gráfico é construído marcando-se, na linha da ordenada (vertical), as idades da população de zero até o limite superior (80 anos ou mais); na linha da abscissa, (horizontal) os efetivos da população, ou seja, sua quantidade ou número em cada idade - ou em cada grupo de idades - em valores absolutos ou ainda em percentagem, representando a população do sexo masculino de um lado da pirâmide e a do sexo feminino de outro" (Adas, Melhem. Panorama Geográfico do Brasil: contradições, impasses e desafios socioespaciais. Moderna, p. 488. 2000).
OBSERVAÇÃO:
 - costuma-se dividir a população em três faixas etárias com a finalidade de um melhor planejamento econômico-social. Essa divisão está organizada da seguinte forma: primeiramente a faixa etária que corresponde a população jovem. Seguida pela faixa etária que corresponde a população adulta ou madura e por fim a faixa etária que corresponde a população velha ou senil. Essa divisão, porém, apresenta diferenças quanto aos intervalos de idade de acordo com a conveniência do país ou do organismo interessado.

A pirâmide etária pode ser compreendida ou interpretada a partir de suas três partes:
  1- A base - É a parte inferior da pirâmide, onde está relacionada a população jovem (0 - 14 anos ou 0 - 19 anos).
  Corresponde a -População jovem: é própria de países subdesenvolvidos, pois estes possuem altas taxas de natalidade e baixa expectativa de vida.

  2- O corpo - É a porção intermediária da pirâmide, onde está representada a população adulta (15 a 59 anos ou 20 a 59  anos).
  Corresponde a  -População madura ou adulta: caracteriza os países desenvolvidos jovens que ainda não completaram a transição demográfica. Possuem baixa taxa de natalidade e de mortalidade, baixo crescimento vegetativo.

  3- O cume, o ápice ou o pico - É a porção superior da pirâmide, onde está representada a população idosa ou velha (igual ou acima de 60 anos).
 Corresponde a  -População envelhecida: corresponde aos países desenvolvidos antigos que já completaram a transição demográfica. Possuem elevada expectativa de vida e crescimento vegetativo baixo, nulo ou negativo, tendo suas pirâmides estreitas na base e com o topo bem largo.(Positivo,2005)

Concluindo:
A pirâmide etária é também um histograma e é muito utilizada em análises demográficas por permitir visualizar numa única imagem a distribuição da população por idades e simultaneamente compará-la entre os dois sexos em um determinado ano. Pode esboçar o perfil demográfico de um país, estado, região ou município, podendo associar-se com seu grau de desenvolvimento e ao seu estágio econômico.
          Os países que apresentam um elevado crescimento vegetativo, por exemplo, os subdesenvolvidos, apresentam uma estrutura etária jovem, ao mesmo tempo em que os que apresentam um moderado crescimento demográfico, os desenvolvidos, apresentam uma estrutura etária adulta e velha, devido à baixa taxa de natalidade.

ESTRUTURA ETÁRIA DA POPULAÇÃO e a PIRÂMIDE ETÁRIA

  
COMO VIMOS A pirâmide etária é um gráfico que nos permite estudar, analisar, apresentar ou representa a estrutura de uma determinada população.

Observação: nesse tipo de gráfico, cada uma das metades representa um sexo (Homens/Mulheres) e está dividida em três grupos etários: jovens ( 0-14 anos) ; adultos (15-64anos) ; idosos (a partir do 65 anos). Isto é sexo e idade. Certo!!???

Além dessas divisões acima mencionadas ela ainda está dividida em:
1. Base: Parte inferior que representa a população jovem;
2. Abcissa: Quantidade de pessoas;
3. Ordenada: representa as faixas de idade;
4. Corpo: Parte intermediária que representa a população adulta;
5. Cume ou ápice: Parte superior que representa a população velha.


Análise de pirâmides etárias
Na análise de uma pirâmide etária deve fazer-se sempre uma Introdução:
- que refira a escala de análise (país, distrito, região, concelho…), a fonte e o ano a que corresponde a informação;


Existem quatro tipos de pirâmides etárias, classificadas quanto à sua forma:

-Pirâmide Jovem ou crescente: Base larga e topo estreito, país pouco desenvolvido com Taxa de Natalidade elevada e baixa esperança média de vida
-Pirâmide Adulta ou Transição: Zona central tão larga quanto a base, país em desenvolvimento com uma ligeira quebra na Taxa de Natalidade
-Pirâmide Idosa ou Decrescente: Base estreita e Topo largo, país desenvolvido, baixa Taxa de Natalidade e elevada esperança média de vida
-Pirâmide rejuvenescente: Idêntica à Idosa, ligeiro aumento na largura da Base fruto das políticas natalistas

 Atividade de Fixação                                               
1. Observa as estruturas etárias representadas nas Figs.1 e 2.

1.1 Imprime e pinta, nas Figs.1 e 2, de verde, as barras dos jovens, de azul, as dos adultos e, de amarelo, as dos idosos.

1.2 Completa, a partir das Figs.1 e 2, cada afirmação com o país (A ou B) que lhe corresponde.

a) A taxa de natalidade é mais elevada no país _____________ .
b) A esperança média de vida é mais baixa no país ___________ .
c) Verifica-se um forte crescimento demográfico no país _____________ .
d) A percentagem de população idosa é mais baixa no país ____________ .
e) Na pirâmide etária do país _____________ está representada uma população envelhecida.
f) O país _____________ é o Níger e o país _____________ é a Itália.

1.3 Justifica, com base nas Figs. 1 e 2, as opções que tomaste anteriormente nas alíneas:

a) __________________________________________________________
_____________________________________________________________ ___________________________________________________________
b) ___________________________________________________________
______________________________________________________________
___________________________________________________________

1.4 Indica o país onde é mais provável que se verifiquem os seguintes problemas socioeconômicos.

a) Diminuição da população ativa.
b) Maior taxa de desemprego.
c) Maiores carências na saúde e na educação.
d) Grande aumento dos encargos sociais com os idosos.

QUESTÕES OBJETIVAS
1ª Questão:  Refere o país onde mais se adéquam as seguintes medidas natalistas e anti-natalistas.

(A) a pirâmide 1 traduz a estrutura etária de idade e sexo de um país desenvolvido do tipo europeu ocidental, e a 2 a estrutura de um país subdesenvolvido do tipo latino-americano.
(B) a pirâmide 1 representa a estrutura de idades e sexo típica de países africanos, com altas taxas de mortalidade infantil.
(C) as duas pirâmides representam estruturas de países nos quais os adultos são mais numerosos do que os jovens de até vinte anos somados aos idosos de mais de sessenta anos.
(D) a pirâmide 2 é típica de países europeus e do Japão, que vem implementando fortes políticas de expansão da natalidade após a Segunda Guerra Mundial.
(E) a pirâmide 2 se aplica aos países socialistas e a pirâmide 1 corresponde, mais proximamente, à estrutura de países capitalistas subdesenvolvidos.

Questão 02 –(UFOP) Todo país, seja subdesenvolvido ou desenvolvido, possui uma população economicamente ativa – PEA. Sobre a definição de PEA, assinale a afirmativa INCORRETA.

(A) O conceito de PEA abrange todas as pessoas que trabalham e também as que estão temporariamente desempregadas.
(B) O conceito exclui a população formada por aposentados, donas-de-casa, empregadas domésticas e estudantes.
(C) A PEA é constituída pela população adulta que desempenha uma atividade no mercado formal de emprego.
(D) A PEA é constituída pelas pessoas que integram o sistema produtivo e constituem a força de trabalho de um país.

Questão 03 –(Cesgranrio) Observando as pirâmides etárias abaixo, pode-se concluir que:
a) Aumento da duração da licença de parto.
b) Redução dos impostos para as famílias mais numerosas.
c) Esterilização masculina e/ou feminina.
d) Maior divulgação dos métodos contraceptivos.
e) Aumento dos abonos de família.

Observe as pirâmides a seguir e responda às questões 4 e 5.


4ª Questão Com base na evolução da pirâmide etária no Brasil em 1960, 2000 e 2010 e nos conhecimentos sobre dinâmica populacional, considere as afirmativas a seguir.

I. A transição demográfica brasileira está se concretizando na atualidade devido às altas taxas de natalidade e de fecundidade da população.
II. A pirâmide de 1960 apresenta um aspecto triangular, indicando que o percentual de jovens no conjunto da população era alto nessa década.
III. O envelhecimento de uma população representa a diminuição proporcional da população mais jovem do país, por isso, na pirâmide de 2010, a diferença da base para o topo foi reduzida.
IV. Os dados revelam a necessidade de maior investimento das políticas públicas nos setores da previdência e da saúde pública voltados para a terceira idade.

Assinale a alternativa correta.

(A) Somente as afirmativas I e II são corretas.
(B) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
(C) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
(D) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
(E) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.



5ª Questão Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, os fatores que explicam o envelhecimento da população brasileira.

(A) Aumento da taxa de fecundidade e declínio do crescimento vegetativo.
(B) Aumento da taxa de natalidade e redução da mortalidade infantil.
(C) Decréscimo da taxa de fecundidade e aumento da expectativa de vida.
(D) Crescimento vegetativo acelerado e densidade demográfica elevada.
(E) Combinação entre aumento da fecundidade e declínio da mortalidade infantil.

6ª Questão UERJ - 2011


Nas duas últimas décadas, o governo federal vem propondo ações no sentido de oferecer uma resposta às transformações na composição etária da população brasileira.
Essas ações têm seguido uma tendência que se manifesta mais diretamente na seguinte iniciativa:
(A) revisão das bases da legislação sindical
(B) alteração das regras da previdência social
(C) expansão das verbas para o ensino fundamental
(D) ampliação dos programas de prevenção sanitária

GEOGRAFALANDO COMENTA:
Galera!! A questão trata sobre a dinâmica populacional, destacando as transformações socioculturais do Brasil, ao longo do seu processo histórico.  Ao analisar os gráficos (na pirâmide etária brasileira, entre 1980 e 2010,) observamos que estes indicam, o envelhecimento proporcional da população. Essa transformação que é além do aumento da população houve também um aumento na quantidade de pessoas nas faixas situadas entre 20 e 54 anos. Tal aspecto, somado ao aumento da expectativa de vida, faz com que o governo brasileiro tenha  a necessidade de redimensionar a política previdenciária, visando a contemplar a projeção do aumento de pensões e aposentadorias e o equacionamento entre tempo de trabalho e arrecadação de contribuições dessa natureza.
Então a resposta é a letra B

7ª Questão:UERJ - 2012

 
A despeito das taxas de fecundidade apresentadas, a estabilidade demográfica, projetada para vários países desenvolvidos em 2050, baseia-se em fenômenos atuais, com destaque para:
(A) redução da natalidade, estabelecida pela maior expectativa de vida
(B) expansão da mortalidade, provocada pelo envelhecimento dos grupos etários
(C) deslocamento populacional, condicionado pelas disparidades socioeconômicas
(D) demanda por mão de obra qualificada, favorecida por políticas governamentais

GEOGRAFALANDO COMENTA
Galera!! A questão trata sobre a dinâmica populacional, destacando as transformações socioculturais no mundo, ao longo do seu processo histórico.  Ao analisar o gráfico observamos que este apresenta projeções para a redução da população de diversos países, tendo em vista suas taxas de fecundidade. Todos os países relacionados possuem essas taxas situadas abaixo do índice de reposição(ou seja, crescimento NEGATIVO), contudo, boa parte deles – França, Holanda, Inglaterra, Suécia, Suíça, Áustria e Espanha – não deverá ter suas populações reduzidas em 2050.

LEMBRANDO que o crescimento vegetativo pode ser:

- Positivo = NUMERO de nascimentos MAIOR que o  NUMERO de mortes. Isto é, quando TN > TM(positivo):
Exemplificando: É a situação encontrada no Brasil e na maior parte dos países do mundo. (Países Subdesenvolvidos)


- Negativo = NUMERO de nascimentos MENOR que o  NUMERO de mortes.   Isto é, quando TN < TM(negativo):
Exemplificando: É a situação já encontrada em certos países da Eropa. (Alemanha, Itália etc.)
(países Desenvolvidos).

- Nulo = NUMERO de nascimentos IGUAL ao NUMERO de mortes. Isto é, quando TN = TM(reposição): 
Exemplificando: É a situação de reposição, também encontrada em grande parte dos países da Europa.
(países Desenvolvidos)  


Galera!No contexto atual da globalização econômica, em especial da integração de espaços como a comunidade europeia, a estabilidade demográfica é derivada das migrações e deslocamentos populacionais, motivadas por situações políticas, mas também pelas disparidades socioeconômicas, que potencializam a busca de oportunidade de emprego e de melhoria da qualidade de vida.

Então a resposta é a letra C

Boa Sorte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...