LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tinha como objetivo, apenas de ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas AGORA também estaremos postando aulas com assuntos das Ciências Natureza (Biologia, Química e Física).


31/12/2014

1ª AULA: Sociologia - A Relação Indivíduo e Sociedade: Karl Marx e a Luta de Classes - (1º Ano)



Fala galera! Tudo bem? Na aula de hoje vamos falar das RELAÇÕES entre INDIVÍDUOS  e a SOCIEDADE.  Dentro da História da Sociologia enquanto ciência nós tivemos alguns autores clássicos que se destacaram muito em relação a outros. Aqui pra nós! Vamos chamá-los de os TRÊS  “porquinhos” da sociologia: 

Quem são eles??? 

Karl Marx; Max Weber e Emillio Durkheim... 

Bem !! Podemos dizer que esses três senhores escreveram (em seus estudo e pesquisas) a base teórica em termos filosóficos e sociológicos da RELAÇÕES entre INDIVÍDUOS  e a SOCIEDADE. Que será o assunto abordado e estudado por nós na 1ª Série do ensino médio! OK!??

Então Vamos lá!!!

Galera!!! O que é que esses autores comentam de importante  sobre esse assunto. Isto é, sobre a relação Indivíduo e sociedade?

O que você pensar a esse respeito??

Nessa aula vamos começa por Karl Marx.


Este autor ao abordar esse  tema este parte de uma observação que... a própria estrutura social é determinada pela sua divisão em classes onde estas realizam relações mutuas de domínio ou de dominação) etc. Segundo suas observações Marx percebeu que toda mudança importante na vida social, é de uma maneira ou de outra ligada à luta dessas classes e que também toda passagem da sociedade de uma forma a outra se realiza por uma luta sem tréguas entre as classes.  

Então segundo ele "até os nossos dias, a história de toda a sociedade não tem sido senão a história das lutas de classes".



Que é, pois, uma classe?
 


Classe social se entende um conjunto de pessoas desempenhando um papel análogo na produção, tendo no processo da produção, relações idênticas com outras pessoas, sendo essas relações expressas também nas coisas (meios de trabalho).




No período da realização da 1ª Revolução Industrial decorre que, no processo de repartição dos produtos, cada classe no pensamento marxista é unida pela identidade de sua fonte de rendimentos, pois as relações de repartição dos produtos são determinadas pela relação de sua produção.

Com relação a identidade de classe, para os que possuem apenas a força do trabalho na produção, por exemplo, os trabalhadores têxteis e metalúrgicos não constituem duas classes diferentes, porém uma única classe, pois diante de outros homens (engenheiros, capitalistas) eles se encontram em relações idênticas. em relações idênticas (de «dominados»),

Do mesmo modo, para os donos dos meios de produção, por exemplo,  os possuidores de uma mina de carvão, duma usina de ladrilhos e duma fabrica de espartilhos formam uma única categoria de classe: pois, mau grado as diferenças físicas entre as coisas com as quais se ocupam, eles estão perante os homens, no processo da produção, em relações idênticas (de «domínio»), as quais se exprimem também nas coisas.



A partir dessa distinção econômica entre os indivíduos dentro de uma determinada sociedade, nesse caso a CAPITALISTA, esses indivíduos se relacionam entre si, ficando desta forma a sociedade como um reflexo dessa relação, que no caso de Marx, é uma relação de conflito.


Assim galera!! Cada filósofo ou  sociólogo acaba por ter o seu OBJETO de ESTUDO. Que neste, caso, o de Karl Marx vai ser o conflito entre as classes sociais: as dos “dominados” e dos “dominadores”. Neste caso, está em pauta os interesses sociais, as disputas entre essas duas classes sociais são inevitáveis.

Então para entendermos melhor a analise marxista é importante que quando estudarmos a sociedade capitalista e o indivíduo temos que ver sua analise a partir do conflito entre as classe sociais.


Então quando falamos de classes relacionado ao pensamento marxista a gente não pode se esquecer, que ele está enfatizando que:

- que essa classes sociais representam : interesses antagônicos  
- que só existem devido o homem viver em sociedade de livre concorrência
Na caso, da sociedade capitalista temos duas classes, a saber:  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...