LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tem como objetivo, ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas.


21/09/2014

1ª AULA: A Antiguidade Clássica – Grécia Antiga: Pré-Homérico – do século XX ao século XII a.C;




NOÇÕES PRELIMINARES:



Fala galera ! Tudo bem? Na aula de hoje vamos  tratar dos principais tópicos sobre a Grécia na Antiguidade que é um assunto muito cobrado de vocês em vestibular que a é a parte da Antiguidade Oriental que cai no vestibular eventualmente.


Então na aula de hoje vamos iniciar nossa falar sobre o mundo grego antigo. Galera!!! Os gregos antigos foram o primeiro povo a constituírem  a primeira civilização duradoura da Europa. A cultura grega influenciou de tal forma o mundo mediterrâneo que, sem exagero, acabou por constituir um dos mais sólidos fundamentos de toda a Civilização Ocidental, e que por isso se tornou a base da cultura ocidental dos dias atuais. Suas principais contribuições foram nos campos das artes, literatura, filosofia e ciência, apesar de nunca terem conseguido a unificação política. 

Então vamos os principais  tópicos:

1º Características que você não deve esquecer: É que não existia um país unificado, que como a conhecemos e chamamos de Grécia. Não é essa Grécia. A Grécia que nos referimos lá atrás, na antiguidade era um conjunto de várias cidades-estados independentes entre si, com organizações políticas distintas e bastantes definidas uma das outras. Algumas centradas na Monarquia, outras centradas  em sistemas de governo onde os proprietários de terra detinham o poder politico, os chamados governos aristocratas em formatos de OLIGARQUIAS, com Esparta. Ou ainda Atenas, que tinha um modelo de organização política bastante diferentes das demais cidades-estados a DEMOCRACIA.

A história dessa civilização durante a Antiguidade se estendeu por mais de 2.000 anos, motivo que levou os historiadores a dividirem-na em cinco períodos:
  • Pré-Homérico – do século XX ao século XII a.C;
  • Homérico – do século XII ao século VIII a.C.
  • Arcaico – do século VIII ao século VI a.C.     
  • Clássico – do século V ao século IV a.C.    
  • Helenístico – do século IV ao século I a.C.

Período pré- homérico - do século XX ao século XII a.C
Esse período corresponde a ocupação do território grego, consequentemente da formação do povo grego.

Vamos iniciar a nossa aula observando o mapa a baixo:

Civilização na Grécia Antiga
Bem pessoal, como a gente pode perceber no mapa. Na Antigüidade, na Grécia Antiga as mais importantes comunidades gregas se concentravam na própria península balcânica, nas ilhas do Mar Egeu, na costa ocidental da península anatólica (Ásia Menor), no sul da península italiana e nas grandes ilhas da Sicília, a oeste, e de Creta, ao sul.   



Essa civilização durou desde o surgimento da civilização minoana, na Idade do Bronze, até a sua tomada pelos romanos, em 146 a.C.

A gora como foi que ocorreu o domínio desse território? 

Bem galera!! O período que corresponde ao processo de ocupação desse território, costuma ser classificado como  PERÍODO PRÉ-HOMÉRICO, corresponde ao período de tempo em que os povos do ramo indo-europeu: os aqueus, os jônios, aos eólios, e os dórios levaram para ocuparem e colonizar esse território. Essa ocupação da Grécia Antiga foi muito lenta  e corresponde também  a formação do povo  ou civilização ou ainda da cultura grego(a).

Embora tivessem a mesma origem, esses povos chegaram ao território grego em momentos diferentes. 

- Os primeiros a chegar foram os aqueus, um povo de pastores nômades que, a partir do século XX a.C., penetrou na península balcânica em busca de melhores pastagens para os seus rebanhos. Estes destruíram o Império de Creta, assimilaram sua cultura e estabeleceram seu reino no Peloponeso, construíram as cidades de Micenas eTirino.

- O segundo foram os jônios, que estabeleceram-se na região da Ática, fundaram Atenas, criando uma forte civilização que iria influir fortemente nos destinos dos homens. 

- O terceiro foram os eólios  que se fixaram ao norte, na Tessália, Etólia e parte do Peloponeso. A cidade mais importante criada por esse povo foi Tebas

- O quarto foram  os dórios que partir do século XII a.C. iniciaram um sequência de invasões nesse território. Estes foram os últimos, indo-europeus a ocuparem a Grécia Antiga.Tais invasões foram tão violentas que os dórios conseguiram arrasaram as principais cidades aquéias e destruíram quase por completo a prodigiosa civilização micênica, conseguindo conquistar por completo a região do Peloponeso. 

Nessas invasões .os dórios, usando armas superiores as dos aqueus, conseguiram fazer, pelo menos uma boa parte dos aqueus, jônios e eólios fossem escravizada. A outra, refugiou-se nas montanhas ou espalhou-se pelas ilhas do Egeu e pela costa da Ásia Menor. Os dórios posteriormente conseguiram também conquistar a cidade de Esparta que mais tarde se distinguiria como potencia militar.

Galera! Um ponto interessante é saber o que foi que tornavam estes povos autodenominarem-se gregos?

Bem!! A gente já disse que o processo de formação do povo grego ocorreu concomitantemente ao processo de ocupação do território. Por isso a formação do povo grego também dá-se no PERÍODO PRÉ-HOMÉRICO

E como isso aconteceu? 

A partir da mistura das diversas populações que existiam dentro do espaço geográfico dominado por esses povos indo-europeus. Como as cidade-estados eram autônomas e ainda tinha o isolamento geográfico (muitas ilhas e no continente o território muito acidentado) entres elas (cidade-estados) não existia uma unidade territorial.

E então! O que foi que uniu e ligou esses povos e os transformou em uma nação?

A cultura! A cultura  foi o elo que uniu e ligou esses povos. E isso iniciou-se por volta do ano de 2000 a.C, quando houve o aparecimento da língua grega, (primeira característica cultural que se pode chamar de "grega")  posteriormente está foi herdada pelos dórios por volta do ano de 1.200a.C e foi gradativamente, após o domínio deste  sobre outros povos indo-europeus. Ela foi absorvida e a também religião dórica, que se  tornou comum a todos os povos da região que passaram a cultuar um conjunto de deuses antropomórficos,(que pela forma se assemelhavam aos homens), chamados Olímpicos, pois habitavam o topo do monte Olimpo. Em homenagem a esses deuses, eram realizados festivais e competições atléticas, dentre as quais as mais famosas foram os Jogos Olímpicos, que eram realizados em homenagem a Zeus e a Hera, os registros apontam o ano 776 a.C. como sendo o da data de realização do primeiro  ano a ser  realizado os jogos na antiga Grécia. Nesse período nos já temo a identidade do ser grego. 

IMPORTANTE:
A segunda características é que a formação do mundo grego não se faz através de uma unidade territorial, mas uma unidade cultural.  

Ser grego, nesse sentido era mais um aspecto cultural que territorial. A cultura foi o elo que ligou e uniu quatro povos diferentes  e que mesmo separados geograficamente, se sentiam iguais, e diferentes de outros povos, pois  estavam unidos por uma mesma cultura, por uma mesma língua e uma mesma religião. E foi a partir dessa cultura, isto é = o jeito de ser grego, que esses povos se denominava de nação grega ou de povos gregos. Concluindo essa nossa primeira aula sobre o mundo grego, podemos dizer que a Grécia, ela não é a base da nossa civilização. A Grécia é a nossa civilização. Na verdades, nós não somos um produto da cultura grega. Nós somos a cultura grega colocados mais ali há um pouquinho de sofisticação. Na verdade, hoje reproduzimos a Grécia antiga falando outras línguas. Então Por aí a gente percebe o grau de influência da Grécia antiga no nosso modo de vida.

É isso aí galera! Até a próxima.   . 
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...