LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tinha como objetivo, apenas de ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas AGORA também estaremos postando aulas com assuntos das Ciências Natureza (Biologia, Química e Física).


09/04/2014

Simulado de CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS para o Exame de Qualificação Anual do Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar

O objetivo desse simulado é diagnosticar e avaliar as habilidades e competências dominadas pelos alunos   que ingressam no 1º Ano do Ensino Médio, permitir a reflexão dos resultados para posteriores ações de recuperação e oferecer aos estudantes a possibilidade de familiarização com a linguagem e a metodologia aplicadas no Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar da E.E.M de Croatá Flávio Rodrigues do Estado do Ceará ao final de cada ano letivo.

Leia cada questão com calma e atenção, observe cuidadosamente cada imagem (fotografias, mapas, tabelas e gráficos), bem como os seus títulos e legendas.

1ª Questão: Por que o morango, que era caro e raro, ficou barato e corriqueiro? A batata de casca avermelhada é boa ou ruim? De onde vem o alimento consumido na mesa dos paulistanos? [...] O morango ficou barato porque melhorou a tecnologia de seu cultivo, que sempre foi difícil, por ser muito propício à doença. [...] As batatas hoje passam por máquinas que as lavam e secam. Somos um dos poucos países que lava batata. O feijão vem principalmente da região de Itapeva e do sul do Paraná. O arroz vem do Rio Grande do Sul, a laranja, de Araraquara e Limeira, a banana do Vale da Ribeira, a maçã nacional, de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul e algumas maçãs são importadas de lugares como o Chile e a Nova Zelândia.
(Fonte: Adaptado do Jornal da Tarde, São Paulo, 11 agosto de 2002.)

O texto demonstra que:

(A) todos os brasileiros podem comprar morangos baratos porque estão sendo plantados em São Paulo.
(B) a batata que o paulistano compra no supermercado é produzida de maneira rústica e tradicional.
(C) todo alimento consumido pelos paulistanos é produzido dentro da própria cidade e passa por processos modernos de lavagem e conservação.
(D) fruto da globalização dos mercados, o alimento dos paulistanos é produzido no Brasil e em diferentes países.
 

2ª Questão: (ENCCEJA 2002)


Considerando as características do processo de globalização, escolha a alternativa que melhor complementa a frase que explica a figura:

(A) (...) “aumenta o número de empregos”.
(B) (...) “alguns países se fecham para os migrantes”.
(C) (...) “diminui a distância entre ricos e pobres”.
(D) (...) “os países que mais exportam são os mais pobres”. 

3ª Questão: Em dezembro de 2008, a Organização Mundial do Comércio (OMC) divulgou os dados do comércio global relativos ao ano de 2007. Observe no mapa parte desses resultados.

Dentre as diferentes regiões do mundo aquela que apresentou os maiores índices de comércio intrarregional foi a(o):

(A) União Europeia.
(B) América do Norte.
(C) América do Sul. 
(D) Sudeste asiático. 

4ª Questão: A globalização não aplainou o mundo, não internacionalizou as riquezas, os saberes e os valores previstos, não extinguiu todas as fronteiras.
Em relação a essa frase pode-se dizer que ela é:

(A) incorreta, porque a revolução tecnológica permite uma melhor distribuição da riqueza e do acesso à informação. 
(B) correta, porque a globalização surge com a derrocada do socialismo e o fim da "Guerra Fria”, responsáveis pelo empobrecimento de grandes extensões do planeta. 
(C) incorreta, porque com a globalização temos a aproximação dos mercados, que faz com que os fluxos de mercadorias aconteçam em escala global.
(D) correta, porque a aplicação de investimentos, a distribuição da riqueza e o poderio político-militar encontram-se ainda altamente concentrados. 

5ª Questão:


O gráfico apresenta o consumo de energia por habitante nos diferentes estágios de desenvolvimento da humanidade.

Assinale a alternativa que expressa corretamente

1. o tipo de estágio;
2. o setor responsável pelo maior consumo per capita de energia;
3. uma consequência ambiental resultante deste aumento.

(A) 1. Primitivo - 2. Moradia e comércio - 3. Aumento das queimadas.
(B) 1. Industrial - 2. Transportes - 3. Aumento do nível dos oceanos. 
(C) 1.Agricultura avançada - 2. Alimento - 3. Aumento da erosão do solo.    
(D) 1.Tecnológico - 2. Indústria e agricultura - 3. Aumento das temperaturas médias do planeta. 

6ª Questão: “O Brasil tem grande componente de energia renovável em sua matriz energética -hidroeletricidade, álcool, carvão vegetal e bagaço de cana. Há o Proinfa, da Eletrobrás, para fontes de energia alternativas, e o programa do biodiesel. Mas há problemas, como a menor participação da hidroeletricidade e o aumento da termeletricidade nos leilões para a expansão da geração elétrica. Estudos da Coppe-UFRJ mostraram que há emissões de hidroelétricas, mas muito menores que as das termelétricas.[CO2] As nucleares não emitem. A maior parte das emissões brasileiras vem do desmatamento da Amazônia, apesar de ter sido reduzido nos três últimos anos. Aí está a maior possibilidade de reduzir nossas emissões.”
 
(Fonte: Luiz Pinguelli Rosa, físico da UFRJ e secretário do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas, em artigo na Folha de S. Paulo, em 08/12/2007.)

O autor afirma em seu texto preocupações com relação à emissão de gás carbônico (CO2) e poluentes atmosféricos resultantes da produção de eletricidade. Para ele, a emissão desse gás, que provoca o efeito-estufa e a poluição atmosférica relacionada à produção de energia, resulta principalmente da emissão proveniente das usinas:

(A) termelétricas.
(B) hidrelétricas.
(C) nucleares.
(D) solares.

7ª Questão: (ENCCEJA 2006)
O corte ilegal e as exportações do mogno, conhecido como o "ouro verde" da Amazônia, contribuíram para o desmatamento acentuado da região, que provocou, entre os anos de 1970 e 2000, a destruição de mais de 15% da floresta.
Após 1996, as pressões de ambientalistas sobre o governo levaram ao estabelecimento de cotas para exportação de mogno, volume que diminui a cada ano. Além disso, não somente as organizações ambientalistas brasileiras, mas também as internacionais, entre elas o Greenpeace, promovem campanhas mundiais e criaram um selo que identifica a procedência da madeira colocada no mercado para que todos fiquem cientes do produto que consomem.
(Fonte: Disponível em: <http://greenpeace.org.br/amazonia>. Acesso em: 26 maio 2009.)

A criação do selo de procedência da madeira comercializada:

(A) permite ao consumidor exercer a escolha que implique menor custo.
(B) permite ao consumidor conhecer a procedência do que consome e auxiliar no controle ambienta!.
(C) possibilita que o comprador escolha sem preocupação com o ambiente.
(D) atesta o país ou região de origem da madeira, servindo para fins de controle alfandegário. 

8ª Questão: (ENCCEJA 2005)
Em uma propriedade rural localizada em região de clima quente e úmido, percebeu-se que a ação erosiva provocada pela água da chuva intensificou-se a partir do momento em que o solo ficou desprotegido. Isso pode ter acelerado seu empobrecimento e ajudado a preencher o leito dos rios e córregos próximos com detritos.

Para alcançar esse estágio de degradação, é provável que o solo tenha sido utilizado a partir de técnicas envolvendo:

(A) uso excessivo de agrotóxicos.
(B) reflorestamento com espécies nativas. 
(C) plantio em curvas de nível. 
(D) desmatamento e queimadas. 
 
9ª Questão: A figura a seguir representa o total de água na Terra e a proporção de água potável disponível para o consumo da população.

Considerando a quantidade de água na Terra, é possível afirmar que:

(A) o aumento do consumo mundial, o desperdício e a poluição poderão comprometer o abastecimento de água no futuro.
(B) existe água potável em abundância e nunca faltará porque a água é um recurso natural renovável. 
(C) o consumo humano de água potável tem diminuído nas últimas décadas e somente a agricultura é responsável pelo aumento do consumo. 
(D) a água potável não existe em grande quantidade devido a mudanças no ciclo da água responsável pela diminuição de sua oferta.

10ª Questão: (ENEM 2002) 
O Protocolo de Kyoto, uma convenção das Nações Unidas que é marco sobre mudanças climáticas, estabelece que os países mais industrializados devem reduzir até 2012 a emissão dos gases causadores do efeito estufa em pelo menos 5% em relação aos níveis de 1990. Essa meta estabelece valores superiores ao exigido para países em desenvolvimento. Até 2001, mais de 120 países, incluindo nações industrializadas da Europa e da Ásia, já haviam ratificado o protocolo. No entanto, nos EUA, o presidente George W. Bush anunciou que o país não ratificaria Kyoto, com os argumentos de que os custos prejudicariam a economia americana e que o acordo era pouco rigoroso com os países em desenvolvimento.
(Fonte: Adaptado do Jornal do Brasil, 11/04/2001.)

Na tabela, encontram-se dados sobre a emissão de CO2.
 

Considerando os dados da tabela, assinale a alternativa que representa um argumento que se contrapõe à justificativa dos EUA de que o acordo de Kyoto foi pouco rigoroso com países em desenvolvimento:

(A) A emissão acumulada da União Europeia está próxima à dos EUA.
(B) Nos países em desenvolvimento as emissões são equivalentes às dos EUA. 
(C) A emissão per capita da Rússia assemelha-se à da União Europeia
(D) As emissões de C02 nos países em desenvolvimento citados são muito baixas.  

11ª Questão: (ENCCEJA 2002)
Projetos desenvolvidos no Amapá mostram novas possibilidades de aproveitamento econômico dos recursos naturais: cultivos agroflorestais de frutas tropicais, produção de óleos vegetais (copaíba, andiroba) e inseticidas naturais, coleta e processamento da castanha-do-pará em cooperativas de agricultores, pesca, ecoturismo e outros São apoiados por programas sociais e educacionais, com parcerias entre governos, comunidades e entidades.
(Disponível em: http://www.amapa.gov.br. Acesso em 26 maio 2009.)

De acordo com o texto, os melhores projetos para a região são os que conseguem:

(A) manter sistemas naturais como a Floresta Amazônica e valorizar o trabalho de pequenos agricultores.
(B) acelerar a derrubada de matas para plantio, extrativismo mineral e exploração madeireira.
(C) implementar os mecanismos da agricultura moderna, como o uso de máquinas agrícolas e adubos químicos.
(D) intensificar o uso de recursos como solos férteis e água e reduzir a biodiversidade local.

12ª Questão: A atividade industrial e o uso de veículos automotores, embora sejam indispensáveis ao modo de vida do homem moderno, têm provocado uma série de danos ao meio ambiente e, por consequência, ao próprio homem.

Assinale a alternativa que apresenta um fenômeno que pode ser desencadeado por atividades industriais e pela circulação de automóveis nos grandes centros urbanos e sua provável causa:

(A) Chuva ácida, provocada pelo efeito estufa.
(B) Chuva ácida, provocada pela emissão de partículas poluentes no ar.
(C) Inversão térmica, provocada pela introdução de elementos poluentes nos rios.
(D) Chuva ácida, provocada pela poluição das águas.

13ª Questão: De acordo com os cientistas, uma vez alterado, o mecanismo natural do clima não é fácil de ser reajustado novamente. Dessa forma, grandes impactos ambientais são esperados. 

Leia as informações sobre estas consequências. 

I. Nos ambientes urbanos, a emissão de poluentes realizada pela atividade industrial é um dos responsáveis pela chuva ácida.
II.O aquecimento do ar provocado pela emissão de alguns poluentes expelidos pelas chaminés das fábricas poderá criar áreas de baixa pressão atmosférica que dificultarão a livre circulação atmosférica.
III.O aumento do número de veículos nas ruas, as alterações climáticas provocadas pela atividade industrial e a impermeabilização do solo em áreas urbanas aumentam ainda mais as condições ambientais desfavoráveis.

Estão corretas as seguintes afirmações:
  
(A) I e II apenas. 
(B) I e III apenas. 
(C) II apenas. 
(D) Todas estão corretas. 

14ª Questão: (ENCCEJA 2002)

FRANK & ERNEST® by Bob Thaves IMG (Fonte: Intercontinental Press, 1983 by HEA. Inc. Thaves.)

As marcas não vendem mercadorias, mas uma ideia, um estilo, um conceito, um sonho.
(Fonte: KLEIN, Naomi. Sem Logo. Rio de Janeiro: Record, s/d. p. 132.)

A frase da jornalista e o desenho referem-se:

(A) ao papel atual da propaganda na venda do produto. 
(B) às formas de vestir e estilo de vida da população pobre. 
(C) à dificuldade de impor mercadorias aos consumidores. 
(D) aos diferentes estilos de vida de cada país. 

15ª Questão: Em 2007, o setor de turismo movimentou cerca de US$ 4 trilhões e gerou 120 milhões de empregos diretos e indiretos no mundo.
Considerando os impactos dessa atividade no espaço geográfico, podemos considerar correta(s) a(s) afirmação(ões):
I. A atividade turística não cria impactos negativos nas infraestruturas e modos de vida locais.
II. O turismo ecológico deve ser realizado seguindo controles rígidos com vistas a preservar as áreas visitadas.
III. O Brasil possui enorme potencial turístico, porém o fluxo de turistas para o País é afetado pela insegurança em algumas cidades importantes, como Salvador e Rio de Janeiro.

(A) I apenas. 
(B) I e II apenas.
(C) II e III apenas.  
(D) III apenas.

16ª Questão: Considerando o mapa apresentado e seus conhecimentos, assinale a alternativa correta:
 
 (A) Os países da União Europeia, os Estados Unidos e o Japão são os mais dinâmicos economicamente e responsáveis pela redistribuição mundial da riqueza gerada pela globalização.
(B) As regiões assinaladas como sul subdesenvolvido estão integradas aos processos de globalização, em especial a região da China.
(C) O processo de globalização afeta as relações comerciais em escala mundial porque restringe as possibilidades de comunicação entre os lugares do mundo.
(D) O processo de globalização não afeta as possibilidades de investimento em escala mundial, mesmo ocorrendo apenas nos países mais desenvolvidos. 

17ª Questão: De acordo com o gráfico, o melhor e o pior índice de desenvolvimento humano (IDH) encontra-se respectivamente em países dos continentes:

(A) americano e europeu. 
(B) europeu e americano.
(C) europeu e asiático.
(D) europeu e africano.  

18ª Questão: Os “paraísos fiscais” são localidades criadas com a função de apoiar as redes de ilegalidade. Considerando o mundo em que vivemos é correto afirmar que:

(A) os “paraísos fiscais” protegem o dinheiro sujo, mas nem todas as organizações criminosas conseguem usá-los, porque eles são isolados dos grandes mercados. 
(B) a localização dominante na América Central e no Caribe indica que as organizações criminosas que usam esses “paraísos” têm suas operações apenas nos EUA. 
(C) a localização dos “paraísos” europeus mostra que apenas pequenas ilhas e fragmentos de território sem importância exercem essa função.
(D) num mundo globalizado, todo interconectado, cujas operações podem ser realizadas a distância, os “paraísos fiscais” se fortaleceram, pois não importa tanto sua localização.

19ª Questão: (ENCCEJA 2005)
Observe o quadro seguinte.
Quadro – Reservas mundiais de petróleo – 2002 (% em relação ao total mundial)

Com base no quadro, é correto afirmar que, para garantir o abastecimento mundial de petróleo, é importante a estabilidade política e econômica de países ou de regiões como:

(A) Oriente Médio.
(B) Leste europeu.
(C) Estados Unidos. 
(D) América Latina.

20ª Questão: Observe o gráfico


A zona bioclimática responsável por apresentar a maior diversidade biológica de recursos naturais do mundo é a que se encontra entre as latitudes:

(A) 90° a 60°, tanto norte quanto sul. 
(B) 60° a 30°, tanto norte quanto sul. 
(C) 30° a 0°, tanto norte quanto sul. 
(D) 15° a 0°, tanto norte quanto sul.

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...