LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tem como objetivo, ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas.


segunda-feira, 20 de maio de 2013

ESTUDO DIRIGIDO I - EXERCÍCIO DE AULA (FIXAÇÃO) SOLO E ENEM





NOÇÕES PRELIMINARES:  O SOLO NO VESTIBULAR E NO ENEM Para o estudante do ensino médio que está se preparando para o vestibular ou para o ENEM, uma dica é dar uma olhada no conteúdo sobre solos, pois diversas universidades tem colocado questões sobre o solo em seus processos seletivos e principalmente no ENEM.   

Confira agora uma dica de Geografia no Enem 
 Enem 2011 cobra questão sobre profundidade do solo. Confira.  

 ENEM




a) de clima temperado ocorrem alta pluviosidade e grande profundidade de solos.
b) tropicais ocorre menor pluviosidade, o que se relaciona com a menor profundidade das rochas inalteradas.
c) de latitudes em torno de 30° ocorrem as maiores profundidades de solo, visto que ha maior umidade.
d) tropicais a profundidade do solo e menor, o que evidencia menor intemperismo químico da água sobre as rochas.
e) de menor latitude ocorrem as maiores precipitações, assim como a maior profundidade dos solos.

GEOGRAFALANDO COMENTA: Num gráfico que representa todo o espaço geográfico do polo ao Equador, aparece representada a relação que existe entre elementos físicos, como a temperatura, a precipitação e a evaporação potencial, e a profundidade de desagregação da rocha. Nota-se que a profundidade de desagregação aumenta na medida em que se aproxima das áreas equatoriais (menor latitude), pois nessas regiões ocorrem os índices máximos de precipitação e temperatura.

 COMO É QUE VOCÊ DEVE ESTUDAR ESSE ASSUNTO?

Solo é uma mistura organizada de minerais, material orgânico, organismos vivos, ar e água que serve de suporte físico e fonte de água e nutrientes para o desenvolvimento das plantas.

 Bem pessoal! A formação do solo está ligado ao nível pluviométrico e aos índices elevado da temperatura de uma região
- região de clima quente e úmido = solos profundos
-região de clima frio e seco =solos rasos

A área mais propicia do planeta à ocorrência de solos profundos está situada próxima a região do Equador, nessa região a temperatura, a precipitação e a evaporação potencial, são bem maior que em outras regiões do globo. Ou seja, a medida que nos aproximamos do Equador a temperatura, a precipitação e a evaporação potencial aumenta, o que acabam acelerando a desagregação da rocha, dando origem a mais volume ao solo da região. Mas quando nos distanciamos do Equador a temperatura, a precipitação e a evaporação potencial diminuem, também ocorrerá um retardamento ao processo de desagregação da rocha o que torna estas regiões possuírem solos rasos 

CONSEQUÊNCIA:
Isso a acarretará na HIDROGRAFIA:
 -solos profundos = rios perenes(permanentes)
 -solos rasos = rios intermitentes (temporários)



Então galera!! Quando você tiver um clima quente e úmido você terá solos profundo e solos profundos como clima quente e úmido ocorrerá a existência de rios perenes(permanentes). O que  isso acarretará na VEGETAÇÃO? 

Galera! teremos a  FORMAÇÃO VEGETAL de ARBÓREAS.  ou seja, de florestas.

Exemplo:  floresta tropical úmido (mata atlântica)
                 floresta  equatorial úmida (amazônica)

IMPORTANTE:
- Quanto maior for a densidade vegetal do lugar maior também serão os níveis de matéria orgânica e de alteração da rocha que teu origem ao solo do lugar.
- Quanto menor for a densidade vegetal do lugar menor também serão os níveis de matéria orgânica e de alteração da rocha que teu origem ao solo do lugar.


Como é cobrado esse assunto (conteúdo) no vestibular?   

Questão 01 (UNESP) Observe os esquemas que representam dois perfis de solo, 1 e 2, e as duas paisagens vegetais de domínios morfoclimáticos brasileiros, A e B.


a) Relacione cada perfil de solo com a paisagem vegetal correspondente, indicando os respectivos domínios morfoclimáticos.  

b) Justifique sua resposta, considerando os níveis de matéria orgânica e de alteração da rocha.    

c) Cite e Explique um fator que causam a diferença de espessura do solo entre o perfil I e II.      

GEOGRAFALANDO COMENTA:  

a) Resposta: Paisagem A, Caatinga– está relacionada ao perfil 1, típico do domínio da caatinga no sertão do Nordeste Brasileiro. 

  Paisagem B, Floresta latifoliada Amazônica – está associada ao perfil 2, típico do domínio das terras baixas florestadas tropicais.  

 b) Resposta: A caatinga é típica de clima semi-árido, onde a baixa pluviosidade e pobre vegetação explicam a presença de um solo com pouca matéria orgânica e pequena alteração da rocha. No domínio da floresta há alta pluviosidade e grande concentração de vegetais, o que justifica um solo com muita matéria orgânica e grande espessura de rocha alterada  

Ou ainda:

 a) A paisagem A (caatinga) relaciona-se ao perfil 1  
     A paisagem B (floresta tropical), ao perfil 2.

 b) Quanto maior a densidade vegetal maior os níveis de matéria orgânica e de alteração da rocha.      

Questão 02 (Ufpe-1996) Observe a figura adiante:



No que se refere às características dos horizontes do solo, é incorreto afirmar:  

a) O horizonte R corresponde à rocha matriz, ainda inalterada.  
b) O horizonte C é composto por material proveniente da rocha matriz.
 c) O horizonte B caracteriza-se pela concentração de material lixiviado e transportado do horizonte A.
d) O horizonte A apresenta maior quantidade de rocha decomposta, bem como maior permeabilidade.  
e) O horizonte R corresponde à rocha matriz, já bastante alterada por ação erosiva natural.    

GEOGRAFALANDO COMENTA:     
Num perfil de um solo pode-se reunir vários horizontes, os mais comuns são:  
 - Horizonte O: Camada orgânica superficial. Drenado, com cor escura.
 - Horizonte A: Constituído, basicamente, de rocha alterada e húmus, sendo a região onde se fixa a maior parte das raízes e vivem organismos decompositores e detritívoros.
 - Horizonte E (ou B): Camada mineral constituída de quantidade reduzida de matéria orgânica, acúmulo de compostos de ferro e minerais resistentes, como o quartzo. Pode ser atingido por raízes mais profundas.
 - Horizonte C: Camada mineral pouco ou parcialmente alterada.
 

Analisando a Letra E que diz: o horizonte R corresponde á rocha já bastante alterada por ação erosiva natural, está incorreta, pois, o  Horizonte R: corresponde a rocha não alterada que deu origem ao solo, conforme está indicada na altErnativa A: O horizonte R corresponde à rocha matriz, ainda inalterada.    

A alternativa a ser marcada é a letra E    

Questão 03 Unicamp/2005 - adaptada (C-2) (H-6) O gráfico a seguir indica, segundo as latitudes terrestres, as principais características de formação do solo. Com o auxílio do gráfico, julgue os itens com V ou F:

1 - Quanto mais úmido o clima das regiões de baixas latitudes, mais profundos são os solos, devido, entre outros fatores, ao maior índice pluviométrico;  
2 - No domínio da Tundra, em médias latitudes, os solos são pouco profundos, como pouca concentração de argilas ao contrário das regiões desérticas onde os solos são profundos com muita argila;  
3 - Nas regiões mais secas ocorrem grande concentração de ferro e alumínio que favorece a laterização dos solos;  
4 - Nas áreas de desertos a queda da vegetação é menor que nas áreas de florestas tropicais.   São corretos somente os itens:  
a) 1 e 3  
b) 2 e 4  
c) 1 e 4  
d) 2 e 3
 e) 3 e 4        

Questão 04 UFSM/2004 Analise a figura que correlaciona latitude, temperatura, pluviosidade e profundidade de alteração da rocha.
 

De acordo com a figura, é correto afirmar que,    
a) quanto menores as latitudes e maiores os valores da pluviosidade e da temperatura, mais profunda é a alteração da rocha.
 b) quanto maiores as latitudes e maiores os valores da pluviosidade e da temperatura, menos profunda é a alteração da rocha.  
c) quanto menores as latitudes e menores os valores da pluviosidade e da temperatura, maior é a profundidade de alteração da rocha.  
d) quanto menores a latitude e a pluviosidade e maior a temperatura, mais profundamente a rocha se altera.  
e) quanto maiores a latitude e a temperatura e menor a pluviosidade, menos profunda é a alteração da rocha.
 GEOGRAFALANDO COMENTA    
 O gráfico relaciona duas variáveis ao processo de formação de solos, a temperatura e a pluvisidade. Veja que questão nos mostra um gráfico, representando de que forma ocorre a formação dos solos e como ela se modifica de um lugar para o outro. Para encontrar a resposta é importante que você faça a leitura adequada do gráfico. E o que ele que nos mostra? Que as áreas próximas à linha do Equador (baixas latitudes) a profundidade de desagregação aumenta na medida em que se aproxima das áreas equatoriais (menor latitude), pois nessas regiões ocorrem os índices máximos de precipitação e temperatura. De acordo com a figura, é correto afirmar que,basicamente quanto menores as latitudes e maiores os valores da pluviosidade e da temperatura, mais profunda é a alteração da rocha.    
A alternativa correta é a letra A  


Um comentário:

  1. Embora estejam faltando alguns gabaritos, gostei muito das questões e dos comentários. Parabéns!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...