LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tem como objetivo, ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas.


12/03/2013

ESTUDO DIRIGIDO: Projeções Cartográfica: Noções gerais

Projeções cartográficas são representações de  uma superfície esférica (o planeta) em uma superfície
plana (mapa), essa representação acarreta distorções.

As projeções são as adaptações feitas para representar a superfície da Terra (esférica) num plano.
Uma projeção cartográfica nada mais é do que o resultado de um conjunto de operações que permite colocar no plano, fenômenos inscritos numa esfera ou, no caso da Terra, num geóide, que é a forma específica do nosso planeta.

As projeções cartográficas, podem ser classificadas em três categorias principais, dependendo da figura geométrica empregada em sua construção: 
Tipos de projeções cartográficas
1) Cilíndricas: representam a Terra a partir de um cilindro estendido. É ideal para representar a região equatorial. É muito utilizado na confecção do mapa mundi e de áreas como o Brasil ou o continente africano. Os primeiros mapas-mundi possuíam uma visão eurocêntrica(evidenciavam a Europa, colocando-a no centro)e esse padrão é muito utilizado até os dias de hoje.

OS PRINCIPIS TIPOS DESSE TIPO DE PROJEÇÃO SÃO: Mercator e Peters 
Mercator foi o primeiro a representava as distâncias corretas mas deformava as áreas dos continentes(conforme);  

Peters criticou o eurocentrismo colocando o norte na parte inferior do mapa e privilegiando as áreas, o que distorceu as formas dos continente (equivalente).

2) Planas, azimutais, radiais ou polares: quando um mapa é representado a partir de um ponto central, radialmente. É muito utilizado para representar regiões polares (como pólo no centro do mapa), como o continente antártico.

3) Cônicas: quando um mapa é representado a partir de um cone. É muito utilizado para representar regiões de latitudes médias, como os EstadosUnidos ou o continente europeu.

IMPORTANTE: Lembre-se que todas as projeções apresentam deformações, que podem ser maiores ou menores e em partes diversas do mapa. 

IMPORTANTE:
Mais recentemente alguns autores como Mollweide e Robinson diminuíram as deformações das regiões polares,“diminuindo-as” nos mapas (formato de um elipsóide ou retangular com as bordas arredondadas).


Projeção Cilíndrica de Mercator


OBSERVAÇÃO
 
IMPORTANTE:  Foi MERCATOR que sugeriu a primeira técnica de cartografar o globo terrestre:

Gerard Mercator (1512-1594) desenvolveu seu trabalho, durante as grandes navegações do século XIV. Do continente europeu partiram navios para a África, América e Ásia. A projeção é a mais apropriada à navegação marítima e mostra uma visão eurocêntrica do mundo.

 
- CONFORME (mantém a mesma forma):
• Ausência de deformação angular
• A forma ou fisionomia dos elementos desenhados no mapa mantém-se igual a da
superfície terrestre, porém a área é alterada.
• Caso da projeção de Mercartor (exemplo da Groenlândia) – mantém as formas mas distorce as áreas


Nem todas as projeções cilíndricas são iguais. A projeção cilíndrica conforme conserva a forma dos continentes, direções e  ângulos, mas altera a proporção das superfícies, como é o caso da primeira projeção elaborada por Mercator.. Ja'a elaborada por Peters é diferente. Vejamos:

Projeção Cilíndrica deArno Peters: 



Cartógrafo alemão, (1916-2002) considerava que os mapas eram uma das manifestações simbólicas da submissão dos países do Terceiro Mundo. Por isso, Peters combateu a imagem de superioridade dos países do Norte representada nos planisférios derivados da projeção de Mercator. Seu pressuposto de que todos os países deveriam ser retratados no mapa-múndi de forma fiel a sua área, dá destaque os países subdesenvolvidos.
O mapa-múndi de Peters valoriza os países subdesenvolvidos, colocando-os em destaque ao representá-los com os seus tamanhos proporcionais. Ele projeta em linguagem cartográfica a ideia de igualdade entre as nações.

EQUIVALÊNCIA (mesma área)
• Conserva a relação entre as áreas da superfície real e do desenho.
• A área é mantida proporcional, porém a forma ou a fisionomia são alteradas.
• Caso da projeção de Peters.

• Conserva inalterada a relação entre os comprimentos medidos em certas direções.
• Relação de comprimento dos paralelos e meridianos reais com aqueles desenhados nos mapas.


A projeção equivalente preserva o tamanho real da superfície representada, mas não mantém as formas, direções e ângulos, como é o caso da projeção de Peters.

01 Questão:(PUCPR) Observe com atenção o mapa abaixo.

(Mapa da Projeção de Gall-Peters)


O planisfério abaixo foi elaborado cartograficamente por meio da Projeção de Gall-Peters, concebida inicialmente por James Gall no final do século XIX e retomada por Arno Peters a partir da metade do século seguinte, cujo contexto político-econômico, fortemente o influenciou para o desenvolvimento desse mapa. Assinale a alternativa cuja característica corresponde ao mapa de Gall-Peters:

a) Trata-se de uma projeção equivalente que objetiva representar um retrato mais ou menos fiel do tamanho das áreas, o que faz a África e a América do Sul ganharem mais destaque do que quando representadas na Projeção de Mercator.
b) Corresponde a uma projeção do tipo cônica, que distorce as áreas situadas nas baixas latitudes e torna mais fiel a representação das regiões de média e elevada latitudes.
c) É uma projeção, cuja principal qualidade está no respeito às formas dos continentes, procurando representá-las com fidelidade, ao contrário das áreas que são mostradas de maneira desigual, sendo maiores próximas aos pólos e reduzidas na faixa intertropical.
d) A disposição perpendicular da rede de paralelos e meridianos nesse mapa revela que a projeção de Gall-Peters é do tipo azimutal ou polar.
e) Peters, que retomou a elaboração dessa projeção durante o período da “Guerra Fria”, procurou ressaltar no mapa, a partir da representação das dimensões das áreas, a superioridade dos Estados
Unidos sobre as demais porções do globo.


02 Questão:(INIMONTES) Observe a figura.




Fonte: Moreira; Sene, 2004.


A partir da projeção dos meridianos e paralelos geográficos, a forma cartográfica representada na figura é construída em

a) um cilindro tangente à superfície de referência, desenvolvendo, a seguir, o cilindro num plano.
b) uma esfera tangente à superfície de referência, desenvolvendo, a seguir, o globo num plano.
c) um cone tangente à superfície de referência, desenvolvendo, a seguir, o cone num plano.
d) qualquer ponto da superfície de referência por um pedaço de papel num plano.

03 Questão:(UFSCAR)



Durante os anos 1970, esse mapa era visto como uma reação simbólica dos países subdesenvolvidos – o Sul geoeconômico – contra a cartografia tradicional, em especial a projeção de Mercator, que mostra o norte “acima” do sul e a Europa no centro. Mas essa idéia logo foi abandonada por falta de consistência.

Analise as seguintes afirmativas sobre essa questão:

I. A projeção de Peters mostra a proporção exata de cada área sem distorcer os seus formatos.
II. O impacto político-ideológico de se colocar o sul “acima” do norte é diminuído ou anulado pelo fato de que a imensa maioria dos países está no hemisfério norte, sendo o sul mais oceânico.
III. Tanto faz colocar o norte ou o sul na parte de cima do mapa, pois a posição mais correta para analisar um mapa é na horizontal, estando ele sobre uma mesa.
IV. A projeção de Peters é melhor para a navegação do que a de Mercator.

As afirmativas corretas são:

a) I e II.
b) II e III.
c) III e IV.
d) I e IV.
e) II e IV.

04 Questão:(PUCRS)



I. O mapa representa uma projeção cilíndrica e equivalente feita por Peters, privilegiando os países do hemisfério sul, pois os coloca em evidência, com um olhar cartográfico realizado pelo sul.
II. Este mapa, apesar de estar desenhado pelo ponto de vista do hemisfério sul, continua mantendo o Brasil a oeste da África e o Uruguai ao sul do Brasil.
III. Nos cálculos de escalas realizadas sobre o mapa, um centímetro no mapa corresponde à mesma proporção no espaço real, tanto no Brasil como na Groenlândia.
IV. Os paralelos e meridianos mantêm em toda a representação um ângulo de 90o, sendo que o meridiano de Greenwich e o paralelo do Equador são deslocados do centro astronômico do mapa.

Está/Estão correta(s) somente a(s) afirmativa(s)

a) II.
b) I e III.
c) II e IV.
d) I, II e III.
e) I, III e IV.

05 Questão:(UESPI) Todo mapa é confeccionado num determinado sistema de projeção. Observe o mapa a seguir e assinale o tipo de projeção em que foi desenhado.



a) Cônica
b) Cilíndrica
c) Policônica
d) Circular
e) Esférica

06 Questão:(UEMG) Analise as informações e as ilustrações seguintes:
“A transferência de uma imagem da superfície curva da esfera terrestre para o plano da carta sempre produz deformações, isoladas ou conjuntas, de várias naturezas: na forma, em área, em distâncias e em ângulo. As projeções cartográficas foram desenvolvidas para tentar oferecer uma solução conveniente para essas dicotomias”.

BOCHICCHIO,Vincenzo Raffaele. Atlas Mundo Atual. Ed. Atual. 2003.


Considere os conceitos, a seguir, que relacionam as informações do texto com as ilustrações 1, 2 e 3, acima. Depois, assinale a alternativa que aponta a sequência correta dessa relação.

(    ) os meridianos convergem para os pólos e os paralelos são arcos concêntricos situados a igual distância uns dos outros.
(    ) a projeção deforma as superfícies nas altas latitudes, mantendo as baixas latitudes em forma e dimensão mais próximas do real.
(    ) a construção se organiza em volta de um ponto central chamado “centro de projeção”.

Está CORRETA a relação sequencial indicada em

a) 1 – 2 – 3
b) 2 – 3 – 1
c) 3 – 1 – 2
d) 3 – 2 – 1

07 Questão:(UFG) Observe dois tipos de projeções cartográficas aplicadas aos mapas.


Projeção conforme de Mercator


Projeção equivalente de Peters


As projeções cartográficas cilíndricas permitem mostrar a esfera terrestre com alguns tipos de distorções geométricas, que afetam as aparências das áreas e das formas continentais. Os mapas apresentados foram elaborados de acordo com as projeções de Mercator e de Peters. A partir destas projeções, analise os dois mapas quanto:

a) à manutenção ou alteração das áreas dos continentes;

b) às distorções maiores ou menores nas representações das formas dos continentes em baixas, médias e altas latitudes.

Resolução:

a) Na projeção de Mercator, há alteração das áreas. No Equador há pequenas distorções; nas proximidades dos polos as distorções aumentam. Na projeção de Peters, as proporções das áreas continentais são mantidas em quaisquer latitudes.

b) Na projeção de Mercator, as formas dos continentes são menos distorcidas nas baixas latitudes e as deformações aumentam nas médias e nas altas latitudes, com maior afastamento para o norte e para o sul, a partir do Equador. Na projeção de Peters, as formas são mais alteradas, pois há alongamentos norte-sul nos contornos dos continentes nas baixas latitudes, enquanto nas médias e altas latitudes há um achatamento longitudinal desses contornos.

08 Questão:(UNESP) Observe os mapas.

                                                       Mercator
Description: mercator

Peters

Description: peters


A respeito destas projeções cartográficas é correto afirmar que

a) na projeção de Mercator, os meridianos e os paralelos são linhas retas, que se cortam em ângulos retos, provocando distorções mais acentuadas nas áreas continentais de baixas latitudes.
b) a de Peters é frequentemente apontada como uma projeção que expressa o poderio do Norte sobre o Sul, visto que superdimensiona as terras do Norte.
c) a de Peters é muito útil na navegação, pois respeita as distâncias e os ângulos, embora não faça o mesmo com o tamanho das superfícies.
d) a projeção de Mercator é, comumente, utilizada em cartas topográficas e, no Brasil, é adotada como base do sistema cartográfico nacional.
e) a projeção de Peters utiliza a técnica de anamorfose, o que explica o alongamento dos continentes no sentido Norte–Sul, mantendo a fidelidade à proporção de áreas.

09 Questão:(UFLA) Observe a relação abaixo:



Sobre a projeção apresentada, é INCORRETO afirmar que:

a) prioriza o tamanho relativo de cada área específica do planeta.
b) pelo processo de construção, a projeção deve ser classificada como cilíndrica.
c) é uma projeção que se preocupa basicamente com a forma.
d) reproduz, mais precisamente, as regiões situadas em baixa latitude.

10 Questão:(CEFET-MG) A questão refere-se às imagens abaixo.

Fonte: DUARTE, Paulo Araújo. Fundamentos de Cartografia. Florianópolis: Editora UFSC, 2002.


Em relação às figuras, é correto afirmar que

a) expressam tipos de projeções básicas da técnica cartográfica, das quais se derivam a maioria dos mapas conhecidos.
b) apresentam uma construção complexa de modelagem matemática da Terra, transformando a parte plana em um mapa bidimensional.
c) geram distorções lineares no cilindro, no cone e no plano, respectivamente, considerando determinadas propriedades geográficas.
d) caracterizam-se pela propriedade de deformação das áreas representadas, mantendo uma relação constante com a superfície terrestre.
e) demonstram um plano de referência geodésica representado pela base dos levantamentos horizontais e verticais de determinação altimétrica e planimétrica.

11 Questão:(U.E.SANTA CRUZ)


A partir da análise das ilustrações e dos conhecimentos sobre mapas, escalas e projeções cartográficas, pode-se afirmar:

a) Os mapas que mostram características específicas da realidade geográfica são chamados de mapas gerais.
b) O mapa que utiliza uma escala pequena é o que apresenta mais detalhes da realidade geográfica representada.
c) I representa a projeção de Mercator, a mais nova das projeções, criada no século XIX, e se caracteriza por deformar áreas de médias latitudes.
d) II representa a projeção cilíndrica, em que a única coordenada que se apresenta em tamanho original é o Equador.
e) III representa a projeção cônica, a mais antiga das projeções e, por esse motivo, reflete a ideologia do eurocentrismo.

12 Questão:(UEPI) Os sistemas de projeção são indispensáveis para a elaboração de qualquer tipo de mapa. Com relação a esse assunto, observe o mapa a seguir e assinale o sistema de projeção correspondente.


a) Projeção Poligonal.
b) Projeção Azimutal Equidistante Polar.
c) Projeção Cilíndrica.
d) Projeção Policônica.
e) Projeção Ortogonal.

13 Questão: (Fatec-SP)





Com relação ao mapa acima:

a) o erro está no fato de ele ser apresentado de modo invertido, pois a Antártida está colocada ao norte e a Europa e a Ásia, ao sul da Terra, fato que invalida a Projeção de Peters.
b) nenhum dado está correto, pois, com a Projeção de Peters, a Europa aparece proporcionalmente menor do que realmente é em relação aos demais continentes.
c) a forma do traçado dos continentes está mantida, mas o erro está no fato de o mapa ser apresentado de modo invertido, resultado da Projeção de Peters.
d) a proporção entre as áreas dos continentes corresponde à realidade, apesar de comprometer as suas formas, resultado da Projeção de Peters.
e) todos os dados são fiéis à realidade: a proporção entre as áreas, as formas dos continentes e as distâncias entre todos os pontos da superfície terrestre.

Resposta: D. É uma projeção cilíndrica equiva-lente, conservando a proporcionalidade das áreas.


14 Questão:(UNICAMP)  Abaixo é reproduzido um mapa-múndi na projeção de Mercator.

É possível afirmar que, nesta projeção,
a) os meridianos e paralelos não se cruzam formando ângulos de 90°, o que promove um aumento das massas continentais em latitudes elevadas.   
b) os meridianos e paralelos se cruzam formando ângulos de 90°, o que distorce mais as porções terrestres próximas aos polos e menos as porções próximas ao equador.   
c) não há distorções nas massas continentais e oceanos em nenhuma latitude, possibilitando o uso deste mapa para a navegação marítima até os dias atuais.   
d) os meridianos e paralelos se cruzam formando ângulos perfeitos de 90°, o que possibilita a representação da Terra sem deformações.

15 Questão:(UFPB)  Observe o mapa a seguir:
Considerando a localização dos pontos A, B, C, D e E, julgue os itens a seguir:

(     )  O ponto A está localizado a 40° latitude norte e a 100° longitude oeste, praticamente, no centro dos Estados Unidos da América.  
(     )  O ponto C está localizado na linha do Equador e a 20° longitude leste, no continente africano.  
(     )  O ponto B está localizado a 10° longitude sul e a 40° latitude oeste, na região Nordeste do Brasil.  
(     )  O ponto D está localizado a 60° latitude norte e a 100° longitude leste, no continente asiático.  
(     )  O ponto E está localizado a 20° longitude sul e a 130° latitude leste, na Austrália.   
Respostas:  V - V - F - V - F.


16 Questão:(UNICAMP) Abaixo é reproduzido um mapa-múndi na projeção de Mercator.

(Adaptado de http://www.geog.ubc.ca/courses/geob370/notes/ georeferencing/Rect_CoordsLect.html.)
É possível afirmar que, nesta projeção,

a) os meridianos e paralelos não se cruzam formando ângulos de 90°, o que promove um aumento das massas continentais em latitudes elevadas.
b) os meridianos e paralelos se cruzam formando ângulos de 90°, o que distorce mais as porções terrestres próximas aos polos e menos as porções próximas ao equador.
c) não há distorções nas massas continentais e oceanos em nenhuma latitude, possibilitando o uso deste mapa para a navegação marítima até os dias atuais.
d) os meridianos e paralelos se cruzam formando ângulos perfeitos de 90°, o que possibilita a representação da Terra sem deformações.

17 Questão:(MACK) A maneira como imaginamos o mundo será diferente em 2020. Agrupamentos geográficos tradicionais terão cada vez menos importância nas relações internacionais. Desde o final da Guerra Fria, os estudiosos vêm questionando a utilidade do conceito Oriente versus Ocidente.

O relatório da CIA: como será o mundo em 2020

Diante de tantas análises e questionamentos geopolíticos de um mundo em permanente transformação, a cartografia continua, como há séculos, sendo essencial. Refletindo a respeito, identifique, dentre as alternativas, o tipo de Projeção Cartográfica que melhor evidencia os temas geopolíticos e regionais.

a) Cilíndrica


b) Cônica



c) Mollweide




d) Azimutal Equidistante



e) Holzel




18 Questão: (UESPI) Todo mapa é confeccionado num determinado sistema de projeção. Observe o mapa a seguir e assinale o tipo de projeção em que foi desenhado.


a) Cônica
b) Cilíndrica
c) Policônica
d) Circular
e) Esférica 
 

19 Questão:(Ufscar) 
Durante os anos 1970, esse mapa era visto como uma reação simbólica dos países subdesenvolvidos – o Sul geoeconômico – contra a cartografia tradicional, em especial a projeção de Mercator, que mostra o norte “acima” do sul e a Europa no centro. Mas essa idéia logo foi abandonada por falta de consistência.
Analise as seguintes afirmativas sobre essa questão:

I. A projeção de Peters mostra a proporção exata de cada área sem distorcer os seus formatos.
II. O impacto político-ideológico de se colocar o sul “acima” do norte é diminuído ou anulado pelo fato de que a imensa maioria dos países está no hemisfério norte, sendo o sul mais oceânico.
III. Tanto faz colocar o norte ou o sul na parte de cima do mapa, pois a posição mais correta para analisar um mapa é na horizontal, estando ele sobre uma mesa.
IV. A projeção de Peters é melhor para a navegação do que a de Mercator.

As afirmativas corretas são:
a) I e II.
b) II e III.
c) III e IV.
d) I e IV.
e) II e IV.



20 Questão:(Pucpr) Observe com atenção o mapa abaixo.



(Mapa da Projeção de Gall-Peters)

O planisfério abaixo foi elaborado cartograficamente por meio da Projeção de Gall-Peters, concebida inicialmente por James Gall no final do século XIX e retomada por Arno Peters a partir da metade do século seguinte, cujo contexto político-econômico, fortemente o influenciou para o desenvolvimento desse mapa. Assinale a alternativa cuja característica corresponde ao mapa de Gall-Peters:

a)Trata-se de uma projeção equivalente que objetiva representar um retrato mais ou menos fiel do tamanho das áreas, o que faz a África e a América do Sul ganharem mais destaque do que quando representadas na Projeção de Mercator.
 
b) Corresponde a uma projeção do tipo cônica, que distorce as áreas situadas nas baixas latitudes e torna mais fiel a representação das regiões de média e elevada latitudes.
 
c) É uma projeção, cuja principal qualidade está no respeito às formas dos continentes, procurando representá-las com fidelidade, ao contrário das áreas que são mostradas de maneira desigual, sendo maiores próximas aos pólos e reduzidas na faixa intertropical.
 
d) A disposição perpendicular da rede de paralelos e meridianos nesse mapa revela que a projeção de Gall-Peters é do tipo azimutal ou polar.
 
e) Peters, que retomou a elaboração dessa projeção durante o período da “Guerra Fria”, procurou ressaltar no mapa, a partir da representação das dimensões das áreas, a superioridade dos Estados Unidos sobre as demais porções do globo.

21 Questão: (Ufba) A necessidade de se orientar na superfície do planeta levou os homens, ao longo da História, a elaborar vários tipos de mapas e projeções da superfície terrestre, desde as rústicas representações babilônicas até as mais modernas, elaboradas a partir da coleta de informações obtidas por sensoriamento remoto e processadas pela informática. (SENE; MOREIRA, 1999, p. 428).

Os mapas representam, assim, um dos principais instrumentos de análise e de interpretação do espaço geográfico, deixando de servir apenas para estrategistas e turistas ou como recursos para as aulas de Geografia, tornando-se ferramenta básica para inúmeros outros profissionais, ajudando a definir as relações políticas, sociais e econômicas entre os povos. (ALMEIDA; RIGOLIN, 2004, p. 20).


A análise dos textos e das ilustrações e os conhecimentos sobre mapas e projeções cartográficas permitem afirmar: 

(01) Os mapas antigos eram instrumentos de uso prático, uma forma de expressão da cultura e das crenças dos povos e um patrimônio cultural de valor inestimável.

(02) As projeções cartográficas refletem uma visão de mundo e um contexto político-ideológico e, por serem representadas numa superfície plana, apresentam distorções nas áreas, nas formas ou nas distâncias da superfície terrestre.

(04) A projeção de Mercator, pela sua visão eurocêntrica de mundo e por possibilitar orientação com base na tecnologia de posicionamento global (GPS), é a que apresenta menores distorções nas áreas, sendo a mais utilizada, atualmente, para representar o globo terrestre.

(08) A projeção de Peters, buscando expressar as reivindicações de maior igualdade entre as nações ¾ fruto das preocupações dos países subdesenvolvidos do Hemisfério Sul ¾, representa as áreas dos continentes e dos países em escala igual, conservando a proporcionalidade de suas dimensões relativas, mas apresentando distorções em suas formas.

 (16) As cartas temáticas que surgiram no século XX são fundamentais para a representação do espaço geográfico atual, pois expressam os mais variados aspectos da realidade natural, social e econômica e são utilizadas, intensivamente, para fins científicos, educacionais e de planejamento.

(32) O conhecimento náutico à época da grande expansão marítima era compartilhado entre as nações européias, por força do Tratado de Tordesilhas.

(64) A evolução das técnicas cartográficas, apoiada nos recursos da geomática, possibilita a elaboração de mapas digitais ou base de dados, permitindo integrar informações diversas e produzir mapas temáticos, além de inúmeras outras aplicações.

22 Questão:(Ufes 2004) As figuras a seguir mostram o mundo representado em projeções cartográficas diferentes.


Analisadas as figuras acima, é CORRETO afirmar que
 
a) ambas as projeções são cilíndricas, sendo que a de Mercator é equivalente e a de Peters é conforme.
b) a projeção de Mercator conserva as áreas dos continentes e, por esse motivo, é chamada de eurocêntrica.
c) a projeção de Mercator é conforme, ou seja, conserva as formas dos continentes e é a mais adequada para a navegação marítima.
d) a projeção de Peters é a mais adequada para a representação dos países do Terceiro Mundo, pois mantém as formas em proporção correta.
e) a projeção de Peters é eqüidistante, ou seja, mantém a proporcionalidade real nas medidas de distâncias e ângulos.

23 Questão: (Ufmg 2007) Analise o mapa topográfico da figura 1, em que estão representados os principais elementos do relevo de um trecho do território brasileiro.
Analise, agora, a proposta de zoneamento ambiental da figura 2, para essa mesma área elaborada por uma equipe de especialistas em planejamento territorial:


A partir da análise do mapa topográfico e da proposta de zoneamento correspondente, é INCORRETO afirmar que a zona ambiental
 
a) W, devido às características de seu relevo, apresenta potencial para o uso agrícola, com destaque para os cultivos anuais que empregam mecanização.
b) X, por se estender pelas margens de rios e abranger nascentes e áreas adjacentes, tem sua proteção assegurada pela legislação ambiental brasileira.
c) Y, em razão de sua topografia relativamente plana e da proximidade de cursos de água, apresenta potencialidade para prática de agricultura irrigada.
d) Z, graças à declividade suave e à ausência de risco associado a cheias de rios, revela potencial para implantação de equipamentos urbanos.


24 Questão:(UFMG/2000) Observe os planisférios, construídos a partir de projeções diferentes.

A partir da análise e da interpretação dos planisférios, todas as alternativas estão corretas, EXCETO:

a) A representação correspondente ao Planisfério 1 expressa as reais proporções entre os diferentes continentes que compõem a superfície terrestre.
b) A representação correspondente ao Planisfério 2 mostra deformações de áreas que são tanto maiores quanto mais elevadas altitudes.
c) A representação correspondente ao Planisfério 1 possibilita a percepção correta da configuração das massas continentais, principalmente nas regiões intertropicais.
d) A representação correspondente ao Planisfério 2 é utilizada intensamente na navegação aérea e marítima, pela viabilidade de se traçarem nela, com precisão, os rumos de uma rota.
e) A cartografia das áreas situadas nas latitudes superiores a 80º N e S é inviável, nas duas representações, devido ao excesso de deformação decorrente do processo de projeção.



Gabarito


12 comentários:

  1. que porra de blog louco é esse? pensei que isso aqui era TEORIA DA PROJEÇÃO INVERSA aff

    ResponderExcluir
  2. O blog é sobre conteúdos da disciplina Geografia! Não tem nada a ver com essa ideias de "CONSCIÊNCIA EXPANDIDA", conhecidos por diversos nomes: projeção astral, projeção da mente, desdobramento espiritual, projeção da consciência, sair consciente do corpo físico, experiência fora do corpo (EFC), viagem astral, dá uma olhadinha nesse site http://projecaoastral.com/teoria-da-projecao-inversa/#sthash.qrxUlZpc.dpuf

    ResponderExcluir
  3. amigo, seu blog tem um banco de questões incrível, porem grande parte das questões tem a letra da resposta marcada em negrito, oque atrapalha muito na hora de responder, pois você já ve qual a resposta. E as questões que não tem a resposta marcada não tem gabarito no final. isso dificulta muito o estudo. gostei muito do site, so esse inconveniente. grato pela atenção

    ResponderExcluir
  4. blog incrível mas cara sem repostas no final num dar né

    ResponderExcluir
  5. Gilvan, há possibilidade de postar o gabarito das questões? Desde logo, agradeço.

    ResponderExcluir
  6. Gilvan Irmão de EP (kkk), as repostas ficariam melhor em forma de gabarito no final da página!
    Show de bola !!

    ResponderExcluir
  7. Q baumbme ajudou bastante pois eu nunca estudeina vida moro na roça com meu no site seottauuu q num sai eu pé do juse Gonçalves
    Eita vida Boa soordado

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...