LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tem como objetivo, ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas.


quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

1ª Série EM = 3º BIMESTRE

ASSUNTO: ORIENTAÇÃO no Espaço Geográfico: Rosa dos Ventos

Olá pessoal! Tudo bem? Hoje vamos estudar algumas noções básicas sobre orientações. Nesta aula você vai aprender, o que são pontos cardeais, colaterais, subcolaterais. NUM SEGUNDO VAMOS APRENDER nomenclatura e construir uma rosa dos ventos. E POR FIM aprender a identificar cada um desses pontos em situações concretas no seu dia-a-dia.

Objetivo da aula:
- Conhecer os principais instrumentos de localização e orientação.
- Enumerar as varias formas de orientação e localização existente.
- Comparar os tipos de orientação entre os astros e instrumentos, como a bússola
- Conhecer e entender a função da rosa dos ventos para orientação e localização das pessoas no espaço geográfico
- Criar conceitos acerca da importância da orientação e a localização para a humanidade.
- Comparar os tipos de orientação entre os astro e instrumentos como bússula.

IMPORTANTE: Antes de você iniciar a leitura dessa aula, Click Aqui Para você fazer um diagnóstico do nível de seus conhecimento sobre orientação em  JOGO ON LINE SOBRE ROSA-DOS-VENTOS


Depois de ter acessado o jogo, ter jogado o mesmo, você pode perceber a necessidade de aprofundar mais os seus conhecimento sobre esses assunto!? Então vamos lá!!!

Bem pessoal!! A necessidade de orientar-se sempre existiu ma história da humanidade. Desta necessidade surgiram algumas formas de orientação na superfície terrestre, foram estabelecidos elementos fixos como pontos de referência.

Você já deve ter usado algum ponto de referência para chegar a algum lugar, como ruas, construções, estradas, rios, pontes e outros. A geografia tem alguns elementos referências como: os pontos cardeais, meridianos e paralelos.

A Rosa dos Ventos indica os pontos de orientação: cardeais, colaterais e subcolaterais.



Os cardeais são:
- Norte (N),
- Sul (S),
- Leste (E) e
- Oeste (O).

OBSERVAÇÃO:
Percebeu-se que apenas os pontos cardeais limitavam a localização, então para dar maior precisão a um local específico criou-se também os pontos colaterais e subcolaterais:

Os Colaterais são:
Noroeste (NO) – entre o norte e o oeste,
Nordeste (NE ) – entre o norte e leste,
Sudoeste (SO) – entre sul e o oeste,
Sudeste (SE) – entre o sul e o leste,




Os Subcolaterais são:
Este- Nordeste (ENE) – entre leste e nordeste;
Nor- Nordeste (NNE) – entre norte e nordeste;
Su-Sudeste (SSE), entre sul e o sudeste;
Este-Sudeste (ESE) entre o leste e o sudeste;
Oeste- Sudoeste(OSO) entre o oeste e o sudoeste;
Oeste-Sudeste (ENE) – entre o oeste e sudeste;
Su-Sudoeste (SSO) – entre o sul e sudoeste;
Nor-Noroeste (NNO) – entre o norte e noroeste;
Oeste-Noroeste (ONO) – entre o oeste e o noroeste.




O que você precisa saber desse assunto é saber como identificar cada uma dos sentidos de direção que compõem a Rosa dos Ventos. De inicio você deverá memorizar apenas o sentido de direção leste. As demais são derivadas a partir dessa primeira noção. OK!!!


A ESSE RESPEITO SABE-SE QUE A DIREÇÃO LESTE CORRESPONDE A POSIÇÃO A ONDE O SOL APARECE APARENTEMENTE TODAS AS MANHÃS NO HORIZONTE.



Agora como é que se chegou a essa determinação desse sentidos de direção?

RESPOSTA:
- Através da observação do movimento aparente do Sol. Certo???

Como assim?

O que se fez, foi observar o movimento que o sol faz, que é aparentemente no mesmo lugar todos os dias.

Pessoal!!! Foi graças a essa observação (ao seu movimento aparente), movimento do sol, executado diariamente, que os primeiros geógrafos ou astrólogos poderam determinar com precisão relativa os pontos cardeais, que compõem a rosa dos ventos que conhecemos hoje. OK!!!
A partir desse movimento ficou estabelecido que:

- O sol nasce no leste, nascente ou oriente e se põe no oeste, poente ou ocidente.
Observe a gravura abaixo:






- Sabendo-se onde o sol nasce, leste, podemos nos orientar. Basta usar o próprio corpo. Primeiro você estender o braço direito para onde o sol nasce (leste), que o braço esquerdo apontará para o oeste (isto é, onde se poem ). Ao mesmo tempo, tem-se o norte à frente e o sul às costas.

LEMBRANDO:
AGORA VOCÊ SABE COMO OU EM QUE TIPO DE SITUAÇÃO-PROBLEMA ESSE ASSUNTO PODE SER COBRADO EM UMA QUESTÃO DE GEOGRAFIA(conteúdo= localização)?

Bem PESSOAL!! Para responder com destreza questões envolvendo, noções de orientação você precisa saber que nos mapas, (como também em carta cartográfica ou em desenhos de outros tipos de áreas geográficas como: bairros, sua escola, sua residência):
- A parte acima do Mapa: - corresponde a direção norte.
- A parte abaixo do mapa: - corresponde a diração sul.
- O lado direito do mapa: - corresponde a direção leste.
- O lado esquerdo do mapa: - corresponde a direção oeste.







ASSIM PODEMOS DIZER QUE em relação ao mapa:
acima ( corresponde a direção NORTE)= NORTE = N
abaixo ( corresponde a direção SUL)= SUL= S
a direita ( corresponde a direção LESTE)= LESTE= E (L)
a esquerda( corresponde a direção OESTE)= OESTE =O

No caso, da pessoa da gravura acima, PARA VOCÊ informar a sua localização, você precisa de pontos de referências, e é nesse momento que os objetos que estão ACIMA, ABAIXO, A DIREIRA, A ESQUERDA, irão lhe auxiliar na determinação da localização da pessoa envolvida na questão tratada acima. Veja gravura abaixo:


O SEGUNDO aspecto importante QUE você precisa dominar EM A LOCALIZAÇÃO de um lugar é o de identificar os pontos de cardeais, no seu caso, em uma figura ou em um mapa. Para isso, você deve saber identificar as posições dos elementos ou objetos que se encontram próximos a ponto de referência do ponto referêncial (posição do objetos investigado na localização em questão) e desse iniciar a localização do objeto. que neste caso será a noção de: - Acima de,- Abaixo de,- Direita de - Esquerda de.


EXEMPLIFICANDO:




Considerando a escala como ponto de referência, localize os pontos indicados, utilizando somente AS NOÇÕES DE - Acima de,- Abaixo de,- Direita de e - Esquerda de. Podemos dizer que
a) O teatro localiza-se a ESQUERDA da escola.
b) O estádio de futebol localiza-se ACIMA da escola.
c) A lanchonete localiza-se ABAIXO da escola.
d) A igreja localiza-se a DIREITA da escola.

Observe a MESMA ilustração e complete as questões a seguir.

Considerando a escala como ponto de referência, localize os pontos indicados, utilizando somente os pontos cardeais.

a) O teatro localiza-se a OESTE da escola.
b) O estádio de futebol localiza-se a NORTE da escola.
c) A lanchonete localiza-se a SUL da escola.
d) A igreja localiza-se a LESTE da escola.

EXERCICIOS DA AULA
COLOCANDO EM PRÁTICA O QUE APRENDEMOS:


01 – A orientação pelo Sol está baseada no seu movimento aparente – é a Terra que gira em torno do seu próprio eixo (movimento de rotação da Terra), é por isso que afirmamos ser um movimento aparente. Esse astro aparece, não exatamente na mesma posição, que varia no decorrer do ano, mas de um mesmo lado, e põe-se no lado oposto. Determinando-se um lado, ao nascer ou pôr-do-sol, pode-se, de modo aproximado, utilizar os pontos de orientação e, a partir daí, orientar-se. De acordo com o texto e com os conhecimentos obtidos, marque a única alternativa CORRETA.




a) ( ) A orientação pelo Sol baseia-se no movimento real do sol que o sol faz ao redor da Terra. Assim, o Sol aparece não exatamente na mesma posição, que varia no decorrer do ano, mas de um mesmo lado, e põe-se no lado oposto.
b) ( ) Considerando que o Sol nasce no ponto 4, entre os pontos 2 e 3 temos o ponto Cardeal Oeste.
c) ( ) Considerando que o Sol nasce no ponto 4, entre os pontos 1 e 4 temos o ponto Cardeal Oeste.
d) ( ) Considerando que o Sol nasce no ponto 4, entre os pontos 1 e 3 temos o ponto Cardeal Oeste.

02 - Questão: Coloque no desenho abaixo o que se pede nos enunciados que se segue:
a) Colora os pontos cardeais de azul e os colaterais de vermelho.
b) Escreva o nome dos pontos cardeais e colaterais na figura ao lado.
c) Qual é o nome da figura ao lado?



03 - Questão: Preencha o diagrama com o nome dos pontos colaterais:
a) Ponto colateral situado entre o sul e o leste.
b) Ponto colateral situado entre o norte e o oeste.
c) Ponto colateral situado entre o sul e o oeste.
d) Ponto colateral situado entre o norte e o leste.





03 Questão: Localize, com pontos cardeais, os seguintes itens da sala de aula da figura.



a) A mesa do professor: __________________________________
b) A porta de entrada e saída: _____________________________
c) O fundo da sala: _____________________________________
d) A esquerda dos alunos: _______________________________

04 Questão: Observe a figura, na qual algumas pessoas estão observando o pôr-do-sol:





Levando-se em consideração os pontos cardeais, marque a alternativa CORRETA:

a) Rafael localiza-se a leste de Maria.
b) Pedro localiza-se ao norte de Rafael.
c) Maria localiza-se a oeste de Lucas.
d) Lucas localiza-se a oeste de Rafael.
e) Lucas localiza-se ao sul de Pedro.

05 Questão: Observe com atenção o desenho a seguir.





De acordo com o desenho, considerando que são 18 horas, se a bola for chutada do centro em direção aos pontos A, B e C respectivamente, as direções percorridas serão:


a) leste, norte, noroeste
b) oeste, sul, sudeste
c) leste, sul, sudoeste
d) oeste, norte, noroeste
e) sul, leste, noroeste




05ª Qustão: Descreva a importância dos pontos cardeais, colaterais e subcolaterais para nossa orientação sobre a superfície terrestre.

_____________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________

06ª Questão: A Cartografia é a arte e/ou a ciência que formula as representações espaciais. Cite três formas de representação e comente cada uma delas.

_____________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________


ASSUNTO: Localização – Linhas Imaginarias e coordenadas geográficas



Objetivos da Aula:

- Compreender o conceito de meridiano e latitude;
- Identificar os principais paralelos;
- Compreender e aplicar os conceitos de latitude e longitude;
- Identificar qualquer ponto, quanto sua localização sobre a superfície terrestre em relação as suas coordenadas geográficas;
- Compreender a função das coordenadas geográficas.

Alá pessoal!! Tudo bem?

Hoje vamos iniciar o nosso estudo sobre localizaçãoé um assunto de geografia muito cobrado no vestibular. Nessa aula vamos aprender o significado das palavra: paralelos, meridianos, latitude, longitude. Além aprendermos como se identificar as coordenadas de um ponto qualquer sobre a superfície terrestre. E por fim apresentaremos o conceito de coordenada geográfica e a sua aplicabilidade para o dia-a-dia.


Então vamos lá..
Os paralelos e meridianos.

Como já vimos há uma necessidade de nos orientarmos sobre a superfície terrestre e para tal existem linhas imaginarias chamadas de Paralelos e Meridianos.


a) Paralelos - São linhas paralelas ao equador e perpendicular ao eixo terrestre. os paralelos diminuem de extensão à medida que se afastam do equador em direção aos pólos. Podemos traçar 90 paralelos para cada hemisfério (Norte ou Sul)

OBSERVAÇÃO: A palavra Equador é originaria do latim aequatore que significa o que iguala (duas partes).  Como o equador é o circulo máximo da Terra a partir dele, podemos dividir a Terra horizontalmente em duas partes iguais, sendo assim o principal paralelo.

Assim entendemos que a Linha do Equador divide a Terra em duas partes:

- Acima do Equador, o hemisfério Norte
- Abaixo do Equador o hemisfério Sul
Foram traçadas também várias linhas paralelas ao Equador, denominadas paralelos.

Quatro são os paralelos que receberam denominações especiais:
 - os dois trópicos: de Câncer (ao Norte) e de Capricórnio (ao Sul) e 
 - os círculos polares: o Ártico (ao norte) e o Antártico (ao Sul).

Observe as gravuras abaixo:


Os paralelos estão numerados de 0º a 90º no hemisfério Norte e de 0° a 90° no hemisfério Sul. São esses paralelos que indicam a Latitude de um determinado lugar sobre a superfície terrestre.

b) Meridianos - São linhas que cruzam a Terra passando pelos pólos (sentido vertical) e dividindo a esfera terrestre em duas partes iguais. O meridiano de Greenwich é o principal. A partir dele podemos traçar 180 meridianos para cada hemisfério (Leste ou Oeste).
Assim entendemos que a meridiano do Greenwich divide a Terra em duas partes:

- A direita do meridiano do Greenwich, o hemisfério Oriental também conhecido por Leste.

- A esquerda do meridiano do Greenwich, hemisfério Ocidenta  também conhecido por Oeste.

Os Meridianos estão numerados de 0° a 180° a Oeste e a Leste do Meridiano do Greenwich. São esses meridianos que indicam a Longitude de um determinado lugar sobre a superfície terrestre.

IMPORTANTE: O termo “meridiano” vem do latim meridies, que significa, “linha que une os lugares que têm o meio-dia ao mesmo tempo”. A mesma raiz latina deu origem aos termos Ante Meridiem (AM), antes do meio-dia, e Post Meridiem (PM), depois do meio-dia. 
OBSERVAÇÃO: O meridiano Principal é de Greenwich e o antimeridiano, também chamado de Linha Internacional de Mudança da Data.Localizaçãoo geogárfica:


Localizaçãoo geogárfica:


A partir dos paralelos e meridianos, estabeleceram-se as coordenadas geográficas, que são medidas, em graus, para localizar qualquer pornto da superfície terrestre. Coordenadas geografáficas é, portanto, o ponto onde a latitude e a longitude de um lugar se cruzam.   s Meridianos são linhas imaginarias que medem 180°, são semicírculos, que vão do Pólo Norte ao Pólo Sul cruzando os paralelos do planeta Terra, isto é, atravessam a Terra paralelamente ao Equador.
Latitude É a distância de um lugar qualquer da superfície até o equador medida em graus. A latitude pode variar de 0° a 90° para norte ou sul.








Longitude É a distância de um lugar qualquer da superfície em relação ao meridiano de greenwich, medida em graus. A longitude pode variar de 0° a 180° para leste ou oeste.

Coordenada antípoda (contrária) 
Para calcular a coordenação antípoda, devemos proceder da seguinte maneira:

Exemplo: 
  20° S 
100° L

Latitude: manter a coordenada e inverter os hemisférios.
Longitude: inverter os hemisférios e clacular o arco suplementar, que é igual a 180°.

Assim, tem-se:

Coordenadas                            Antípodas
  20° latitude sul                        20° latitude norte 
100° longitude leste                   80° longitude oeste   


COORDENADAS GEOGRÁFICAS:
Os paralelos e meridianos definidos podem agora nos fornecer um valioso dado referencial que foi sistematizado e chamado de Coordenadas geográficas, elas correspondem a Latitude e Longitude, respectivamente.
Lembre que é o cruzamento das linhas imaginárias dos Paralelos e Meridianos que formam um ângulo de PERPENDICULAR, ISTO É DE 90º = ÂNGULO DE  localização de um determinado lugar,oK!!!!E são dadas em graus, em minutos e segundos.

   




As coordenadas geográficas são um conjunto de linhas imaginárias(meridianos e paralelos) traçadas sobre a superfície terrestre de forma perpendicular têm por finalidade a orientação e localização de qualquer ponto sobre a Terra de forma absoluta.
Atividade de Assimilação:
1 - Com base no texto, complete as lacunas:
a) Os ........................ são círculos imaginários traçados paralelamente à linha do Equador.
b) O Equador é o círculo máximo ou maio, ele divide a Terra em dois hemisférios ...................... e sul.
c) Os ..................................... são linhas imaginárias verticais que passam pelos dois pólos.
d) O meridiano inicial, ou meridiano de Greenwich passa nas proximidades da cidade de Londres na ..........................................
e) O meridiano de Greenwich divide a Terra em dois hemisférios: .......................... (Leste) e ................................................... (Oeste).
2 - Escreva em seu caderno a definição de coordenadas geográficas.
Atividade pratica -  aplicando na pratica o que você entendeu:.
a) Trace um círculo em seu caderno.
b) Localize o Pólo Norte e o Pólo Sul.
c) Trace o meridiano inicial ou Meridiano de Greenwich de um pólo ao outro.
d) Pinte de amarelo o hemisfério Oriental (Leste) e de verde o hemisfério Ocidental (Oeste)


Atividade Fixação ( para verificação do entendimento do texto.)
1 Questõa: Assinale V ( verdadeiro ) ou F ( falso ):
1 - ( ) Os paralelos são linhas imaginárias traçadas paralelamente à Linha do Equador.
2 - ( ) A Linha do Equador divide a Terra em dois hemisférios, norte e sul.
3 - ( ) Os meridianos são linhas imaginárias traçadas de um pólo ao outro.
4 - ( ) A latitude é a distância em graus de qualquer ponto da superfície terrestre à linha do Equador.
5 - ( ) A longitude é a distância em graus de qualquer ponto da superfície terrestre ao Meridiano de Greenwich.
6 - ( ) Por meio das coordenadas geográficas, não é possível a localização exata de qualquer ponto na superfície terrestre.
2 Questão: (UNESP) Verificando o mapa e considerando o Equador e Greenwich, é possível afirmar que o Brasil tem a maioria de suas terras nos hemisférios:
a) norte e sul.
b) sul e ocidental.
c)sul e oriental.
d) oriental e ocidental.
e) ocidental e norte.
3 Questão: (MACKENZIE-SP) Preencha o espaço em branco com a alternativa que convém:
O Brasil localiza-se a oeste do meridiano inicial ou de Greenwich, situando-se, portanto, inteiramente no hemisfério ocidental. Sendo cortado ao norte , pela linha .................., apresenta 7% de suas terras no hemisfério ................. e 93% no hemisfério................., ao sul é cortado pelo trópico de......................(.)
a)do Equador - setentrional - meridional - Capricórnio
b) do meridiano de Greenwich - meridional - setentrional - Câncer
c) inicial - oriental - ocidental - Câncer
d) do Equador - ocidental - oriental - Câncer
e)do meridiano de Greenwich - setentrional - meridional - Câncer.
Atividade de assimilação:
01 Questão: Observe o gráfico abaixo:

a) Com base no que você aprendeu nas aulas de geografia indique a Latitude das dos pontos assinalados no indicados no gráfico acima, na tabela abaixo:
                   OBS:      Latitude Sul = LS                                             Latitude Norte = LN



b) Observe a tabela abaixo. Ela indica a latitude de alguns pontos que você deverá localize no gráfico acima, colocando a letras dos pontos indicados nas latitudes correspondentes:

02 Questão: Observe o gráfico abaixo:

a) Observe o Gráfico acima e indique a Longitude dos pontos assinalados no mesmo gráfico, na tabela abaixo: 3 Observe o mapa abaixo e responda os enunciados que se seguem
 
3 Questão: Observe o mapa abaixo e responda os enunciados que se seguem
a) Com base no que você aprendeu nas aulas de geografia indique a Latitude e as longitudes dos pontos indicados no mapa acima, transcrevendo suas coordenadas para a tabela abaixo na célula reservada para cada um:

4 Observe o mapa abaixo e responda os enunciados das questões 4ª, 5ª e 6 ª que se seguem:



a) Quais são as cidades estão assinalados no mapa?
b) Em quais continentes as cidades estão localizadas? E em quais hemisfério – Norte ou Sul, Leste ou Oeste.
4 – Com base no mesmo mapa identifique a cidade de acordo com a sua localização (latitude e longitude)
a) 42° latitude norte e 13° longitude leste: ____________________________
b) 19° latitude norte e 73° longitude leste:__________________________
c) 23° latitude sul e 43° longitude oeste:_________________________
5 – Identifique as coordenadas geográficas de:
a) Londres;________________________________________________
b)Cairo;_____________________________________________
c) Tóquio; __________________________________________________
d) Sydney.___________________________________________________
ATIVIDADE DE FIXAÇÃO
Questão 01.Observando o mapa-múndi abaixo no que se refere aos hemisfério, assinale com V a alternativa verdadeira e com F a falsa:


( ) A linha do Equador divide a Terra em duas metades iguais, que recebem os nomes de Hemisfério Norte ou Austral e Hemisfério Sul ou Boreal.
( ) Com exceção do Equador, todos os paralelos dividem a Terra em partes desiguais.
( ) O meridiano de Greenwich, divide a Terra nos Hemisférios Leste ou Ocidental e Oeste ou Oriental.( ) O Hemisfério do Ocidente é também denominado de poente.
( ) O Hemisfério Setentrional é também uma denominação para o Hemisfério Boreal.

02. (PAIES 1997) A representação do espaço geográfico através de mapas é de extrema importância para a compreensão do mundo em que vivemos. Com relação à localização do Brasil na superfície terrestre, marque (V) para cada afirmação que for verdadeira e (F) para cada afirmação que for falsa.

( ) Apenas uma pequena porção do território brasileiro localiza-se no hemisfério norte.
( ) A linha do Equador corta a região Sul do Brasil.
( ) A maior parte do território brasileiro localiza-se no hemisfério setentrional.
( ) O Brasil localiza-se a oeste do meridiano de Greenwich.


Questão 03 (PUC-PR) Sobre a orientação, pode-se afirmar corretamente:

a) O espaço entre o sudeste e o noroeste tem dois pontos cardeais, dois pontos colaterais e cinco subcolaterais, partindo de qualquer direção.
b) A representação gráfica da orientação é feita através das coordenadas geográficas.
c) A distância sudoeste-sudeste é de 180°.
d) A distância leste-oeste é de 180°.
e) O espaço entre o ponto colateral noroeste e o ponto colateral sudeste, sentido horário, tem dois pontos colaterais e seis pontos subcolaterais.

Questão 04. (Uel) Para responder a esta questão, considere os mapas a seguir.
 

a) mapa 1 = longitude; mapa 2 = latitude; mapa 3 = zonas climáticas
b) mapa1 = meridianos; mapa 2 = paralelos; mapa 3 = zonas climáticas
c) mapa1 = latitude; mapa 2 = paralelos; mapa 3 = fusos horários
d) mapa1 = paralelos; mapa 2 = meridianos; mapa 3 = zonas climáticas

Questão 05. Dê as coordenadas geográficas dos pontos abaixo
 
 Resposta:
Questão 06 (PUCRS) Responder à questão com base no gráfico, que representa parte das coordenadas geográficas.

O ponto antípoda de B é

a) 3° de latitude Norte e 2° de longitude Oeste.
b) 87° de latitude Sul e 2° de longitude Oeste.
c) 3° de latitude Norte e 178° de longitude Oeste.
d) 2° de latitude Sul e 177° de longitude Leste.
e) 3° de latitude Sul e 4° de longitude Leste.


Questão 07. (UFES) Por volta das 9 horas do dia 11 de setembro de 2001, o mundo assistiu atônito aos ataques terroristas às torres gêmeas do “World Trade Center”, na cidade de Nova York, localizada a 74° de longitude oeste de Greenwich. Tem-se apontado, como o autor intelectual dos ataques, o saudita Osama Bin Laden, que se encontra escondido no Afeganistão. A diferença horária entre a cidade de Cabul, no Afeganistão, e a cidade de Nova York, nos EUA, é de +9h30min. Com base nas informações acima, a longitude da capital afegã é

a) 142°30’ longitude oeste de Greenwich.
b) 135°00’ longitude oeste de Nova York.
c) 216°30’ longitude leste de Nova York.
d) 83°30’ longitude leste de Greenwich.
e) 68°30’ longitude leste de Greenwich.

Questão 08. (UFPI) O meridiano de Greenwich é essencial para a determinação de uma das coordenadas geográficas. Sobre ele, é correto afirmar que:

a) divide os hemisférios setentrional e boreal.
b) define os graus de latitude.
c) orienta o grau de translação da Terra.
d) estabelece a zonalidade climática.
e) serve de referência para os fusos horários.


Questão 09. (Ufg) O sistema de coordenadas geográficas, adotado atualmente como uma convenção mundial, foi concebido na Grécia Antiga e visava a facilitar a localização de qualquer ponto na esfera terrestre, a partir do cruzamento entre um paralelo e um meridiano. Considerando-se as características desse sistema, uma cidade fictícia, com coordenadas iguais a 7°00’ de longitude Leste e 6°50’ de latitude Sul, estaria localizada a


a)( ) 5° 20’ ao norte da latitude 12°10’ Sul.
b)( ) 5° 30’ a leste da longitude 7° 30’ Leste.
c)( ) 6° 10’ ao sul da latitude 13° 00’ Sul.
d)( ) 8° 30’ a oeste da longitude 15° 30’ Leste.
Questão 10. (G1) As proposições, a seguir, referem-se à orientação, coordenadas geográficas e cartografia.Indique a única correta.
a) A Longitude é a figura formada pela junção dos pontos cardeais, colaterais e subcolaterais.
b) A Latitude é um ângulo que tem seu vértice no centro da seção plana da Terra, definido pelo paralelo do lugar considerado. Varia do paralelo de Greenwich a 180° pala Leste e 180° para Oeste.c) A Rosa-dos-ventos é um aparelho de orientação inventado no século XII.
d) A altitude é a diferença de nível de um ponto qualquer na superfície terrestre e o nível médio dos mares.
e) O Meridiano de Greenwich divide a Terra em hemisférios Setentrional e Meridional.




Obsevação: mapa abaixo deverá servir de base para as questões 11 e 12.

Questão 11. Observe  mapa abaixo:

A ............... de latitude ................ e .............. de longitude ........................
B ............... de latitude ................ e .............. de longitude ........................
C ................ de latitude ................ e ............... de longitude .......................
D ................ de latitude ............... e ................ de longitude ......................
 
Questão 12 - Dê o nome do continente onde se localizam os seguintes pontos:
A ...............................
B ...............................
C ..............................
D .............................

Questão 13. (UDESC 2008) Sobre as coordenadas geográficas, assinale a alternativa correta.

a) A longitude é determinada pelo ângulo formado pela posição de um determinado ponto e o plano meridional, podendo variar de zero a 90 graus.

b) Coordenada geográfica é o ponto em que duas latitudes se cruzam.

c) Tanto as latitudes quanto as longitudes são medidas em graus, minutos e segundos.

d) Os principais paralelos e meridianos que cortam o território brasileiro são: Equador e Tordesilhas.

e) O paralelo é uma circunferência imaginária, que pode ser traçado até 180 vezes sobre a superfície terrestre.
Questão 14 (UFPB 2009) Paralelos e meridianos são linhas imaginárias que se intercruzam na superfície terrestre. No cruzamento de um paralelo com um meridiano, há um ponto específico que determina a latitude e a longitude, permitindo a sua localização. Sobre as referidas latitude e longitude, é correto afirmar:

a) São medidas angulares entre dois pontos.
b) São distâncias em graus entre dois pontos.
c) São medidas em quilômetros entre a linha do Equador e o meridiano de Greenwich.
d) A latitude varia de 0º a 180º para Leste ou para Oeste.
e) A longitude varia de 0º a 90º para Norte ou para Sul.
Questão 15. (UFPR) Na(s) questão(ões) a seguir, leia, analise as afirmativas e escreva no espaço apropriado a soma dos itens corretos.

No quadro a seguir, estão indicadas as coordenadas geográficas de diferentes localidades.

Com base nesses dados, é correto afirmar:
(01)Todas as localidades estão situadas entre o Trópico de Câncer e a linha do Equador.
(02) As localidades B e C estão situadas na Austrália.
(04) As localidades A e E estão situadas na zona intertropical, no Hemisfério Sul.
(08) As localidades mais próximas da linha do Equador são F e A.
(16) A localidade D está a noroeste da localidade F.


Questão 16. Observe o mapa da cidade de João Pessoa – PB.

 
Esse mapa apresenta uma trajetória, assinalada em linha reta, entre o Hotel Tambaú (Ponto A) e o Estádio José Américo (Almeidão – Ponto B). Partindo-se do ponto A para o ponto B, o trajeto ocorre na direção:
a) Nordeste – Sudoeste
b) Noroeste – Sudeste
c) Nordeste - Sudeste
d) Sudoeste – Nordeste
e) Leste – Oeste

Questão 17. Observe, no mapa, os pontos A e B.



 
   a) A: 40° Lat. N                                             c) A: 40° Lat. S
          140° Long. W                                               160° Long. W
       B: 20° Lat. S                                                 B: 20° Lat. N
      60° Long. E                                                                60° Long. E

   b) A: 40° Lat.
N                                                d) A: 40° Lat. N
       140° Long. E                                                    140° Long. W
     B: 20° Lat.                                                       B: 20° Lat. S
         60° Long. W                                                     60° Long. W
e) A: 40° Lat. E
      160° Long. N
   B: 20° Lat. W
       60° Long. S
Questão 18. Examine atentamente as sentenças a seguir e assinale o grupo das que lhe parecerem corretas.
(1) - Paralelamente ao Equador ficam dispostos círculos que diminuem de tamanho à proporção que estão mais próximos dos pólos.
(2) - A latitude de um lugar é medida em km e representa a distância entre dois pontos na superfície do planeta.
(3) - As coordenadas geográficas compreendem a latitude, a longitude, a distância em metros em relação ao nível do mar e as isoietas.
(4)- A longitude é o afastamento, medido em graus, de um meridiano de ponto qualquer em relação ao meridiano de Greenwich.
(5) - Quando se projeta a rede de paralelos e meridianos sobre o papel, tem-se uma projeção cartográfica.
Assinale:
a) se todas são corretas:
b) se apenas 1, 2 e 3 são corretas;
c) se apenas 1, 4 e 5 são corretas;
d) se apenas 2, 3 e 5 são corretas;
e) se apenas 2, 4 e 5 são corretas.
Questão 19 . Com relação às coordenadas geográficas e a localização dos pontos assinalados na figura abaixo, marque V a alternativa verdadeira e F a falsa.
  
( ) Os pontos B e C possuem diferentes latitudes e mesma longitude.
( ) O pondo D está situado nos Hemisférios Norte e Ocidental.
( ) O ponto A está localizado a 0º de longitude e 90º de latitude S.
( ) O ponto B situa-se nos Hemisférios Norte e Ocidental.
Resposta:__________________________________
Questão 20. Assinale, de acordo com o mapa, a alternativa correta.



a) Londres é uma cidade localizada em baixas latitudes.
b) Guayaquil (no Equador) está a leste de Greenwich.
c) Moscou está situada em altas latitudes e a 40o de longitude leste do meridiano de Greenwich.
d) A região norte do Brasil está localizada em altas latitudes.
e) O meridiano de 40oW de Greenwich corta a porção mais ocidental do Brasil.
Questão 21 Observe o esquema a seguir que representa a distribuição das cidades A, B, C e D no planisfério e assinale a alternativa correta.


a) A cidade localizada mais próxima da Europa é a C.
b) A é a cidade mais próxima do Pólo Norte.
c) Todas as cidades estão localizadas em latitudes diferentes.
d) C é a cidade mais próxima a Greenwich .



ASSUNTO: Cartografia: Partes integrantes de um mapa.
Objetivos da Aula:

-



1 - Elementos de um mapa:

Com base nessas informações iniciaremos a nossa aula propriamente dita:
Bem pessoal, a cartografia cria, estuda e analisa documentos cartográficos (mapas, cartas topográficas, globos terrestres, etc.).
 É importante lembrar no estudo cartográfico que existem pelos menos cinco elementos essenciais de um mapa.
A gora você me pergunta: Quais são eles?
Resposta: eles são:  
-Título;  
-Coordenadas / Referência espacial;
 -Projeção;   
-Legenda; 
-Escala;
 
a) Título
Pergunta: o que seria um TÍTULO de uma mapa?

Bem!! De um modo geral o título indica duas coisas: 
- A primeira é a área, o local (a delimitação) 
- A segunda é o tipo de dado apresentado(o tema do mapa).
Exemplos:
- “Mundi político”(mapa do mundo com características da divisão política);
- “Brasil hidrografia”(mapa do Brasil com características da hidrografia), etc.
Exemplificando:

b) Coordenadas / Referência espacial
Outro elemento importante no estudo cartográfico é o sentido de direção no mapa, isto é, as COORDENADAS/REFERÊNCIA ESPACIAL. E o que seria isso?
 
Bem pessoal, isso seriam as referências que permitem localizar o mapa e suas áreas em relação ao globo como um todo. Normalmente contém a “rosa dos ventos”, coordenadas (latitude e longitude) e, em alguns casos, um pequeno mapa (normalmente num dos cantos inferiores)indicando onde aquela parcela do espaço se encontra em relação a uma área maior. Exemplo: num mapa da América, colocar um pequeno mapa-múndi no canto com a América em destaque.
Exemplificando

OFICINA III - partes integrantes de uma mapa

ASSUNTO: Projeções Cartográficas: Norções Gerais



Olá meus amigos hoje o nosso assunto de estudo é Projeções Cartográficas.
Projeções cartográficas não é um dos assuntos mais agradável, mas é um conteúdo muito cobrado nos vestibulares.
Vocês vão ver que isso é verdade. Basta vocês consultarem as últimas provas dos principais vestibulares do país.
A cartografia de hoje é a que nasceu lá nos anos 90.OBSERVE A IMAGEM:
A CARTOGRAFIA DE HOJE É
- É aquela baseada na moderna informática.
- feita a partir das Imagens de satélite.
 Foto: Inpe/Divulgação
Essa tecnologia proporcionou uma verdadeira revolução na cartografia, contudo mesmo com essa mais moderna tecnologia a  cartografia de hoje convive com o mesmo  problema que ela convivia à séculos atrás. E Qual é esse problema??
 
As projeções são as adaptações feitas para representar a superfície da Terra (esférica) num plano.

Lembre-se que todas as projeções apresentam deformações, que podem ser maiores ou menores e em partes diversas do mapa. Como assim?

Bem, Pessoal !!

Veja a gravura ao lado: 

Agora existe um problema nisso???! 

Qual?? DISTORÇÃO NA PROJEÇÃO DA REALIDADE NO MAPA.
Assim: uma projeção cartográfica nada mais é do que o resultado de um conjunto de operações que permite colocar no plano, fenômenos inscritos numa esfera ou, no caso da Terra, num geóide, que é a forma específica do nosso planeta.


As projeções cartográficas, podem ser classificadas em três categorias principais, ou seja, EXISTEM TRÊS TIPOS GERAIS DE PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS, dependendo da figura geométrica empregada em sua construção:  Cilíndricas, Cônica e Azimutal:


a) Cilíndricas  
 São projeções em que o globo é envolvido por um cilindro, posteriormente é determinado um mapa, essa projeção determina algumas características como:
 - Paralelos e meridianos em linha retas e perpendiculares;
 - Á medida que se aproxima dos pólos, ocorre maior distorção da representação;
 - O único local que conserva as dimensões originais do paralelo do Equador (local de
contato);
 - É muito utilizado como planisfério (representação total da terra).
Ela é ideal para representar a região equatorial. É muito utilizado na confecção do mapa mundi e de áreas como o Brasil ou o continente africano.


OBSERVAÇÃO:


- CONFORME (mantém a mesma forma):
• Ausência de deformação angular
• A forma ou fisionomia dos elementos desenhados no mapa mantém-se igual a da
superfície terrestre, porém a área é alterada.
• Caso da projeção de Mercartor (exemplo da Groenlândia) – mantém as formas mas distorce as áreas
OBSERVAÇÃO
 
IMPORTANTE:  Foi MERCATOR que sugeriu a primeira técnica de cartografar o globo terrestre:
Esta representação é obtida com a projeção da superfície terrestre, com os paralelos e os meridianos, sobre um cilindro em que o mapa será desenhado.
Ao ser desenrolado, apresentará sobre uma superfície plana todas as informações que para ele foram transferidas.
Nem todas as projeções cilíndricas são iguais. A projeção cilíndrica conforme conserva a forma dos continentes, direções e  ângulos, mas altera a proporção das superfícies, como é o caso da primeira projeção elaborada por Mercator.
Gerard Mercator (1512-1594) desenvolveu seu trabalho, durante as grandes navegações do século XIV. Do continente europeu partiram navios para a África, América e Ásia. A projeção é a mais apropriada à navegação marítima e mostra uma visão eurocêntrica do mundo.

A projeção cilíndrica de Mercator surgiu no século XVI, em um momento em que boa parte do mundo já era conhecida. Essa projeção é muito utilizada desde o período das navegações, tornando-se uma das mais conhecidas e inseridas em livros. 
 Os primeiros mapas-mundi possuíam uma visão eurocêntrica(evidenciavam a Europa, colocando-a no centro)e esse padrão é muito utilizado até os dias de hoje.
EXEMPLIFICANDO:
a.1) - Mercator, foi o primeiro a representava as distâncias corretas mas deformava as áreas dos continentes(conforme), Isto é, essa projeção é caracterizada como conforme (conserva os ângulos e as formas). Por ter um caráter expressamente eurocêntrico, recebeu forte crítica dos países subdesenvolvidos. 
A projeção cilíndrica de Mercator surgiu no século XVI, em um momento em que boa parte do mundo já era conhecida. Essa projeção é muito utilizada desde o período das navegações, tornando-se uma das mais conhecidas e inseridas em livros. 
Os primeiros mapas-mundi possuíam uma visão eurocêntrica(evidenciavam a Europa, colocando-a no centro)e esse padrão é muito utilizado até os dias de hoje.
Mas esse tipo de projeção presenta um problema de deformação do tamanho dos continentes, isto é, nesse tipo de projeção ocorrem distorção nas altas latitudes, como no caso da Groenlândia (ilha dinamarquesa) que possui uma área total da Groelândia: 2, 175 milhões de km2(aproximadamente), contudo apresenta no mapa uma área superior ao Brasil que possui mais de 8,547 milhões de Km2. Veja no mapa acima.
 
OBSERVAÇÃO:
Analisando o tamanho desses dois territórios no globo percebemos que Groelândia tem apenas 1/4 do território brasileiro. E isso quer dizer que se você dividir o território brasileiro em 4 partes iguais 1 parte corresponde  ao território da Groelândia.
No mapa, ocorre o contrário. Veja que o território da Groenlândia e bem maio que o do Brasil. Houve grande distorção da realidade, um aumento exagerado do território da Groenlândia em relação a realidade?
 
Por que que isso acontece? Veja a gravura abaixo:

 



OBSERVAÇÃO:
Analisando o tamanho desses dois territórios no globo percebemos que Groelândia tem apenas 1/4 do território brasileiro. E isso quer dizer que se você dividir o território brasileiro em 4 partes iguais 1 parte corresponde  ao território da Groelândia.

No mapa, ocorre o contrário. Veja que o território da Groenlândia e bem maio que o do Brasil. Houve grande distorção da realidade, um aumento exagerado do território da Groenlândia em relação a realidade?
 
Por que que isso acontece? Veja a gravura abaixo:



Isso ocorrer devido  todos os paralelos e meridianos serem projetados a partir do centro da esfera, o que distorce as imagens à medida que se aumenta a latitude. A 45º, a área representada passa a ter o dobro do seu tamanho real. A 75º de latitude, ela já é de 16 vezes maior que a realidade. Pois a imagem representada no mapa nas regiões polares, por exemplo, não é uma replica da realidade, mas de sua sombra, que já é distorcida.  
E o que é que isso nos indica:
- QUE NAS PROJEÇÕES DAS ÁREAS PRÓXIMAS AOS PÓLOS você  vai ter uma projeção maior do que o objeto isto é - DISTORÇÃO NA PROJEÇÃO DA REALIDADE.


b.2) - Peters criticou o eurocentrismo colocando o norte na parte inferior do mapa e privilegiando as áreas, o que distorceu as formas dos continente (equivalente).



OBSERVAÇÃO:
Peters buscou determinar uma projeção cilíndrica que desenvolvesse tamanho real à posição dos países subdesenvolvidos. Essa projeção é equivalente, conserva o tamanho proporcional correto, contudo as formas se encontram esticadas. Ou seja, conserva a proporcionalidade das áreas relativas entre os continentes, mas as formas são distorcidas, destacando-se o alongamento dos continentes. Essa projeção é também denominada de terceiro-mundista, por buscar quebrar a visão de superioridade das nações ricas do hemisfério norte. 


EQUIVALÊNCIA (mesma área)
• Conserva a relação entre as áreas da superfície real e do desenho.
• A área é mantida proporcional, porém a forma ou a fisionomia são alteradas.
• Caso da projeção de Peters.

OBSERVAÇÃO:
A projeção equivalente preserva o tamanho real da superfície representada, mas não mantém as formas, direções e ângulos, como é o caso da projeção de Peters.
O mapa-múndi de Peters valoriza os países subdesenvolvidos, colocando-os em destaque ao representá-los com os seus tamanhos proporcionais. Ele projeta em linguagem cartográfica a ideia de igualdade entre as nações.
O cartógrafo alemão Arno Peters (1916-2002) considerava que os mapas eram uma das manifestações simbólicas da submissão dos países do Terceiro Mundo.
Peters combateu a imagem de superioridade dos países do Norte representada nos planisférios derivados da projeção de Mercator. Seu pressuposto de que todos os países deveriam ser retratados no mapa-múndi de forma fiel a sua área, dá destaque os países subdesenvolvidos.

- Equidistantes (mantém as distâncias originais) 
EQUIDISTÂNCIA (mesma distância)
• Conserva inalterada a relação entre os comprimentos medidos em certas direções.
• Relação de comprimento dos paralelos e meridianos reais com aqueles desenhados nos mapas.
 b) A zimutais(Planas),  
 Quando um mapa é representado a partir de um ponto central, radialmente. É muito utilizado para representar regiões polares (como pólo no centro do mapa), como o continente antártico.
c) Cônicas:
                         

Quando um mapa é representado a partir de um cone. É muito utilizado para representar regiões de latitudes médias, como os EstadosUnidos ou o continente europeu.


IMPORTANTE:
Mais recentemente alguns autores como Mollweide e Robinson diminuíram as deformações das regiões polares,“diminuindo-as” nos mapas (formato de um elipsóide ou retangular com as bordas arredondadas).

Até a próxima!!
Veja a próxima aula!!!  Projeções Cartográfica II   !!! Vale a pena.... 

ASSUNTO: CARTOGRAFIA: Escalas cartográficas



Fala galera!! Tudo Bem?? Na aula de hoje vamos falar de mais um assunto específico da cartografia. Nessa aula trataremos de uma assunto também muito cobrados nos vestibulares. 
Que assunto  é esse? 
ESCALA cartográfica.
NOÇÔES PRELIMINARES:
Nas aulas sobre projeções cartográficas a gente aprendeu que o mapa é uma representação reduzida de uma superfície maior, e sua projeção, é apenas a impressão do real num papel, e que devido a realidade ser esférica(Terra) e o mapa (produto da projeção) ser um plano sempre ocorrer deformações (DISTORÇÕES) na representação da realidade no papel. Na aula de hoje vamos estudar mais um elemento da cartografia: ESCALA. Como o mapa é “... uma representação convencional da configuração da superfície da terra” (RAISZ, 1969), a proporção entre essa representação e o objeto representado precisa manter as proporções das diversas medidas do real na sua representação. Isto é, a redução deverá ocorrer de forma proporcional.
  
Escala é a relação matemática entre as dimensões do mapa e as dimensões reais da área ou objeto de nossa representação. Ou melhor, a  razão entre a distância, ou comprimento no mapa, e a distância real correspondente a Terra.
Para reproduzirmos a Terra ou parte dela em  uma mapa, é necessário diminuir o tamanho da área a ser representada. Para este fim é que dispomos das escalas. Ela demonstra quantas vezes o objeto real foi reduzido no mapa.
Essa indicação cartográfica  pode ser feita de duas formas: por meio da escala numérica ou por meio da escala gráfica
a) ESCALA NUMÉRICA- é representada por uma fração ordinária ou uma proporção e é dada em centímetro. Onde o numerador é a unidade e representa uma parte no mapa e o denominador representa a dimensão real, ou ainda quantas vezes a realidade foi reduzida para ser representada.
Exemplo:





No exemplo acima, 1 cm no mapa é, na realidade, 500.000 vezes maior. Para resolver um exercício, normalmente transforma o número em quilômetro, obtendo-se a seguinte relação: 1 cm = 5 km.


1 : 500.000 ou 1/500.000  um por quinhentos mil. Isso significa que cada unidade de distância no mapa (por exemplo 1cm) corresponde a 500.000 unidades (500.000 cm, no caso) no terreno.
Para fazer uma leitura dessa escala, eu vou precisar transformar essa medida que está em centímetros em quilômetros, de modo que se possa ter uma noção concreta de distância Basta que eu corte 5 casas da direita par a esquerda no denominador da minha escala númerica:
 Veja:


1CM    :   500 000CM
                         Mapa                                     REALIDADE
      Então eu tenho:
        1CM    :   5KM          
                       Mapa                           REALIDADE
É fácil.........não!!!......??????!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
b) ESCALA GRÁFICA - É respresentada por uma reta graduada. Como se fosse uma régua, tendo como módulo básico o centímetro. Isto é, seccionada(dividida) em partes iguais, cada uma medindo 1 cm. Exemplo:

No exemplo acima, cada uma das partes (1 cm) seccionada no mapa corresponde a 5 km no terreno (na realidade). 


CÁLCULOS DE ESCALA


Primeiro a definição: escala é a relação de proporção (E) entre uma distância real do terreno (D) e distância gráfica representada (d). É possível calcular um dos valores, caso as outras duas variáveis sejam conhecidas.



Encontrar a                    Encontrar a                    Encontrar a       
Escala do mapa              distância real                  representada no mapa
E = D/ d                        D = E x d                       d = D / E




Onde:
E = denominador da escala;
d = distância no mapa;
D = distância no terreno.


Já que escala numérica é uma relação de proporção (as variáveis estão relacionadas), podemos propor a disposição das variáveis da seguinte forma, um triângulo.

Assim, colocando o dedo sobre a variável que queremos calcular, a fórmula é dada pela disposição das outras duas variáveis. O que estiver no mesmo nível, multiplicamos e o que estiver em níveis diferentes, dividimos. Vejamos os exemplos a seguir:



Para calcular a Escala: (para saber a relação matemática entre as dimensões do mapa e as dimensões reais daárea ou objeto de nossa representação.)







Por exemplo: uma carta cartográfica em que 1 centímetro na carta equivale a 5000 metros no terreno.

Qual será a escala?

Primeiramente, converteremos 5000 metros em centímetros (5000 x 100), que é igual a 500.000 centímetros.


Pode ser feita a conversão por regra de três:

      1 m – 100 cm

5000 m – x


X= 5000 x 100


Logo, pela fórmula: E = 1 / 500.000 centímetros.

Essa é a escala da carta: 1/500.000.


Para calcular a medida no Terreno: (Para saber a distância real)


Por exemplo:
Qual a distância no terreno entre a cidade (A) e outra cidade (B), considerando que estão separadas por uma distância de 10 cm num mapa de escala 1/100.000?

Logo, pela fórmula:
D = 100.000 x 10 logo
D = 1.000.000 (cm).

Agora, é só convertermos 1.000.000 de centímetros em metros
(1.000.000 / 100).

A distância no terreno é:
10.000 m ou 10 km.
D =10km.


Para calcular a medida no Mapa: (Para saber a distância no mapa)


Por exemplo:
Em um mapa de escala 1/100.000, qual será a medida no mapa de um segmento de reta que no terreno tem a medida de 1000 metros?

Logo, pela fórmula:
d=1.000/100.000
d=0,01,
transformando em centímetros: d=1cm.

A medida no mapa é 1 cm.


Exercícios de Aula

1 Se uma escala no mapa foi destacada como 1: 100000, isso significa que cada centímetro no mapa equivale a:
a) 100000 quilômetros.
b) 1000000000 quilômetros.
c) 10101010 quilômetros.
d) 1 quilômetro.
e) 1000000 quilômetros.
2 Se um mapa está projetado na forma de 1:100.000, significa que 1 centímetro no mapa está para 100.000 centímetros, ou 1centímetro está para 1 quilômetro. Determine qual a forma de representação acima destacada:
a) representação circular.
b) representação complexa.
c) representação numérica.
d) representação teatral.
e) representação longínqua.
3 Um mapa de 1: 200.000 significa:
a) 1 centímetro para 200.000 centímetros.
b) 1 centímetro para dois milhões de metros.
c) 1 centímetro para 1 quilômetro.
d) 1 centímetro para 1 centímetro.
e) 10 quilômetros por hora.
4 Qual a distância real em quilômetros entre duas cidades A e B, sabendo que o mapa foi desenhado na escala de 1: 200000, e a distância gráfica é de 3 cm (distância no mapa).
a) 700 quilômetros.
b) 23 metros.
c) 6 quilômetros.
d) 3 456 quilômetros.
e) 89655 quilômetros.
 

ASSUNTO: CARTOGRAFIA: Escalas cartográficas - Relação denominador e riqueza de detalhes

Objetivos da Aula: 
 
Fala galera!!! Tudo bem!! 
 
A escolha de uma escala depende da finalidade do mapa e não existe um melhor tipo.
Observe os tipos básicos de escalas:


Categoria
         Escala
Finalidade do mapa
Grande
          
           1:50 
          1:100
Plantas arquitetônicas e de engenharia
          
1:500a1:20000
Plantas urbanas, cadastros e projetos de engenharia.

Média
1:25000a
      1:250000

Mapas topográficos

Pequena

Acima de1:250000

Mapas e atlas geográficos e globos





Observe que quanto menor o denominador, maior será a escala, devido ao fato que menor será a redução da área. Desse modo, haverá grandeza de detalhes.
•   Mapas em pequena escala (acima de 1:500.000) proporcionam uma visão geral de um grande espaço, como um país ou um continente. Apresenta grau de detalhe reduzido.
•   Mapas em média escala (entre 1:100.000 à 1:500.000) proporcionam um detalhamento razoável, utilizado para representação de uma região. Os mapas representados por esse tipo de escala são mais usados para elaboração de cartas topográficas.
•   Mapas em grande escala (até 1:100.000) fornecem elevado grau de detalhamento de um espaço geográfico de dimensões regionais ou locais.
Ainda quanto a escala cartográficas os mapas podem ser classificados em:


OBSERVAÇÃO:
 
Esta relação entre escala e riqueza de detalhes é estabelecida pelo denominador, sendo uma relação inversamente proporcional, ou seja, quanto maior o denominador, menor será a escala e também menor será a riqueza de detalhes, e o inverso também procede, quanto menor o denominador maior será a escala e também a riqueza de detalhes, os mapas 01 e 02 mostram um quadro resumo.


 
Bem pessoal!!
-->
No mapa 2
No mapa 1
- Ao observar a escala gráfica, verificamos que 1 cm corresponde a 790 km do espaço
- Ao observar a escala gráficaa verificamos que 1 cm corresponde a 290 km do espaço.
- A escala numérica desse mapa seria 1 : 79 000 000.
- A escala numérica desse mapa seria 1 : 29 000 000.
- No mapa 1, o espaço foi reduzido 79 000 000 (79 milhões) de vezes.
- No mapa 2, o espaço foi reduzido 29 000 000 (29 milhões) de vezes.

Se é assim, qual mapa apresenta escala maior?
A escala maior é a do mapa 2, pois o espaço representado foi reduzido menos vezes.
IMPORTANTE: É por isso que é possível aplicar mais detalhes nesse mapa, como as capitais e as cidades principais. Se fôssemos representar todas essas cidades na região Centro-Oeste no mapa 1, os nomes, além de muito pequenos, ficariam sobrepostos uns aos outros. Seria um mapa de difícil leitura.

EXERCÍCIOS DE AULA:

01  Questão.   (UERJ) Compare os mapas A e B e suponha um acréscimo de informações geográficas do real em cada um deles.
Nesse caso, a proporção da escala cartográfica e a explicação para a menor riqueza de detalhes no mapa A estão indicadas, respectivamente, na seguinte alternativa:
a)  maior / muita variação de elementos;
b)   maior / pouca variação de elementos;
c)   menor / maior número de vezes de redução;
d)   menor / menor número de vezes de redução;

02  Questão.(UFJF) Observe os mapas:
Essas representações cartográficas
a) são mapas geofísicos.
b) são mapas econômicos.
c) mostram a hierarquia urbana.
d) possuem escalas diferentes.
e) representam áreas iguais.
03  Questão.(UFPA)
Fonte: VERÍSSIMO, et all. Pólos Madeireiros do Estado do Pará. Belém, Imazon, 2002. A análise dos mapas apresentados em diferentes escalas permite identificar que
a) a redução da escala permite maior detalhamento das informações.
b) a escala utilizada na representação do mapa 1 é maior do que no mapa 2.
c) há preferência pelo uso da escala numérica em detrimento da escala gráfica.
d) a distância real entre as cidades é maior no mapa 2 do que no mapa 1, em função da escala utilizada.
e) os níveis de detalhes observados no mapa 2 resultam da utilização de uma escala maior do que a do mapa 1.

04  Questão.(UFRN) O Brasil sediará a Copa do Mundo em 2014 e, na cidade do Rio de Janeiro, serão disputados importantes jogos. Um torcedor que decidir permanecer na cidade do Rio de Janeiro visando a assistir aos jogos precisará de uma representação cartográfica que lhe permita localizar as principais vias de acesso ao estádio, como ruas e avenidas. Para atingir este objetivo, terá à sua disposição os dois tipos de representação cartográfica com escalas diferentes, mostrados a seguir:

FERRREIRA, Graça Maria Lemos. Moderno atlas geográfico. 4 ed. São Paulo: Moderna, 2003.[Adaptado]

Para que o torcedor possa se locomover na cidade com mais facilidade, o tipo de representação cartográfica que melhor o orientará é o apresentado na

a) Figura 1, porque tem uma escala pequena, expressando uma área maior, com menor número de detalhes.
b) Figura 1, que possui uma escala grande, representando uma área menor, com maior grau de detalhamento.
c) Figura 2, que possui uma escala grande, representando uma área maior, com menor grau de detalhamento.
d) Figura 2, porque tem uma escala pequena, expressando uma área menor, com maior número de detalhes.

05  Questão.(UERJ)

BILL, watterson. Calvin e Haroldo: Yukon ho! São Paulo: Conrad, 2008.
Na tirinha, Calvin e o tigre Haroldo usam um globo terrestre para orientar sua viagem da Califórnia, nos Estados Unidos, para o território do Yukon, no extremo norte do Canadá. Considerando as áreas de origem e destino da viagem pretendida, nota-se que o tigre comete um erro de interpretação no último quadrinho.

Esse erro mostra que Haroldo não sabe que o globo terrestre é elaborado com base no seguinte elemento da linguagem cartográfica:

a) escala pequena
b) projeção azimutal
c) técnica de anamorfose
d) convenção equidistante

06  Questão.(UFT) Analise a figura abaixo
Figura: Mapa do Brasil em diferentes escalas. Fonte: COELHO, Marcos de Amorin. Geografia Geral: O espaço natural e socioeconômico. São Paulo: Moderna, 1992. p. 302
Tomando-se como base a figura que mostra o Brasil em três escalas diferentes, é INCORRETO afirmar que:
a) Quanto menor for a escala, maior é o tamanho do mapa e conseqüentemente maior é a riqueza de detalhes.
b) Quanto maior for a escala, maior é o tamanho do mapa e conseqüentemente maior riqueza de detalhes.
c) Quanto menor for a escala, menor o tamanho do mapa e consequentemente menor é a riqueza de detalhes.
d) Quanto maior a escala melhor é a observação dos detalhes.


07  Questão.(UFVJM) Observe estas figuras.
Considerando que essas figuras representam áreas em diferentes escalas, pode-se dizer que
a)  todas as áreas são iguais, pois o que varia é o nível de detalhamento das informações.
b) a área maior corresponde ao quadro B, pois o excesso de informação deforma as figuras.
c) a área maior corresponde ao quadro A, que apresenta a maior generalização de informação.
d) área maior corresponde ao quadro D, que mostra um maior número de detalhes.
08  Questão.(UNISC) Considere quatro municípios W, X, Y e Z, cujas áreas, representadas nas escalas abaixo, têm, respectivamente, 440cm2, 100cm2, 320cm2 e 500cm2.
Sabendo-se que a população de cada um é de 25.000 habitantes, qual desses municípios tem a maior densidade demográfica?
a) W
b) X
c) Y
d) Z
e) A densidade demográfica é a mesma em todas as alternativas.

09  Questão.(UFAM) Lei as afirmativas que seguem e assinale a correta:
a) A escala numérica é representada por uma linha reta dividida em partes iguais.
b) A escala 1: 50.000 é maior que a escala de 1: 250.000.
c) Na escala de 1: 500.000, a área representada foi reduzida 50 mil vezes.
d) As escalas podem ser numéricas ou geográficas.
e) Na escala de 1: 100.000, 1 cm no mapa vale 100 km no terreno.
 

ASSUNTO: CARTOGRAFIA:Escala e Curva de Nível

Fala galera!! tudo bem!!!??
 
Objetivos da Aula:
NOÇÕES PRELIMINARES:
As curvas de nível são chamadas de isoípsas e unem pontos de mesma altitude de relevo. Esse conceito apareceu na Holanda, no século XVIII e foi usado para cartografar o fundo do rio Merwede, sendo um sistema matemático baseado em levantamentos geodésicos, no qual o marco zero metro é o mar.
As curvas de nível  apresentam as seguintes características:
● Representam tanto a altitude quanto a forma de relevo.
● Quando existem grandes diferenças de altitudes em pequenos espaços, as linhas apresentam-se muito próximas umas das outras; quando o relevo é suave, as diferenças são menores e as linhas apresentam-se mais distanciadas.
● De acordo com a variação da altitude, a equidistância das curvas pode ser de 10, 20, 50 ou 100 metros.
ENTÃO VAMOS LÁ!!!
A curva de nível é uma maneira de se representar graficamente as irregularidades, ou o relevo, de um terreno. São linhas que, num mapa, unem pontos de mesma altitude. A curva de nível constitui uma linha imaginária no terreno, em que todos os pontos da referida linha têm a mesma altitude, acima ou abaixo de uma determinada superfície de referência, geralmente o nível médio do mar. 
É por excelência, um dos melhores métodos para representar o relevo terrestre. Pois, permite ao observador, ter um valor aproximado da altitude em qualquer parte da carta. Devido a isso, com as curvas de nível são construídos os mapas topográficos e sua correta representação e a capacidade de as interpretar, permite ter uma visão tridimensional do relevo. Sendo assim, as curvas de nível são uma forma inteligente de transformar uma representação bidimensional em tridimensional.
IMPORTANTE: Uma curva de nível refere se a curvas altimétricas ou linhas isoípsas, linhas que ligam pontos de mesma altitude. Essa é a mais eficiente maneira de representar as irregularidades da superfície terrestre (relevo).
 Para uma completa interpretação, alguns conceitos devem ficar bem claros.


• Ponto Cotado – é a projeção de um ponto do terreno no plano da carta com a sua indicação de altitude.
• Equidistância Vertical – é a separação vertical entre as linhas representadas pelas curvas de nível.
• Curvas Mestras – são as curvas de níveis mais grossas e numeradas que ocorrem nas representações, geralmente de 5 em 5 curvas.
Características Básicas das Curvas de Nível
• Quanto maior a inclinação do terreno, mais próximas umas das outras estarão as curvas;
• O espaçamento entre as curvas é constante nas encostas de inclinação uniforme;
• As curvas de nível são perpendiculares a linha de inclinação do terreno;
• As curvas de nível nunca se cruzam nem se juntam com as vizinhas, exceto em superfícies verticais.
LEMBRANDO:
Fique atento ao observar o formato do terreno no mapa topográfico, pois podem aparecer elevações e depressões. Elevação é quando as curvas de nível de menor valor envolvem as de maior valor, e depressão é observada quando as curvas de valor maior envolvem as curvas de valor menor.
EXERCÍCIOS DE AULA: 
01 Questão: (UPE) A professora de Geografia de uma turma do terceiro ano do Ensino Médio entregou aos alunos o mapa esquemático reproduzido a seguir e perguntou-lhes o que ele estava representando. Das respostas obtidas, a CORRETA afirma que são curvas

a) de gradiente de pressão entre A e B.
b) batimétricas de uma ilha fluvial.
c) de nível.
d) isotérmicas das áreas insulares A e B.
e) do tipo isóbaras.

Resposta: Letra C

Comentários 
Curvas de Nível são linhas que unem pontos de mesma altitude. A questão mostra duas áreas montanhosas próximas ao litoral. 

Você ao responder uma questão desse tipo deverá observar bem que após
os valores encontramos a letra m que simboliza metros, o que por si só já
eliminaria as alternativas sobre pressão atmosférica (letra A e E) e a alternativa sobre temperatura (letra D).
 

A Letra B versa sobre curvas batimétricas que são curvas que unem pontos de mesma profundidade com equidistâncias verticais. O relevo em destaque não está dentro do mar, mas sim próximo ao litoral e é CONTINENTAL.
02 Questão:.(Ufpr) Com base na carta esquemática a seguir, pode-se afirmar que:

 
01)  A ocupação humana ocorre na porção mais baixa da região.
02)  Caso ocorra vento de NO, o povoado ficará abrigado por estar situado na encosta do morro Azul.
04)  De acordo com as coordenadas geográficas representadas na carta, a região localiza-se no hemisfério austral.
08)  Tanto o povoado como a área de plantação de arroz estão localizados na margem direita do rio Verde.
16)  O relevo representado a oeste do rio Verde é mais acidentado que o da porção leste.

03 Questão:(FRB) Sobre a cartografia e a sua importância na atualidade, é correto afirmar:
a) A Terra, devido ao seu formato, pode ser representada em folha de papel (mapa) sem apresentar distorções.
b) A curva de nível constitui uma linha imaginária do terreno, em que todos os pontos de referida linha têm a mesma altitude.
c) Os meridianos são círculos máximos que, em conseqüência, cortam a Terra em duas partes iguais de pólo a pólo, sendo o Equador seu ponto de origem.
d) A projeção de Mercator, a mais utilizada, é aquela que contempla os países de uma forma mais aproximada da realidade.
e) A projeção de Peters, entrou em desuso, porque, entre todas as projeções, é a que apresenta mais distorções nas áreas representadas.
04 Questão: (UNIOESTE) As coordenadas geográficas são definidas como um conjunto de linhas imaginárias criadas para determinar, com exatidão, qualquer ponto da superfície terrestre. Sobre o assunto, assinale a alternativa INCORRETA:
a) Os meridianos são linhas imaginárias que dão a volta na Terra de pólo a pólo.
b) Curvas de nível são linhas imaginárias projetadas para unir os pontos de igual latitude.
c) O Equador é considerado o paralelo zero e a distância em graus que vai do Equador aos pólos é chamada de latitude, portanto, a latitude só pode ser norte ou sul.
d) O Equador divide o globo em hemisfério norte, setentrional ou boreal e hemisfério sul, meridional ou austral.
e) A latitude varia de 00 a 90º tanto para norte como para sul, a partir do Equador.
05 Questão:(UFG) Observe as figuras a seguir.

 As figuras acima apresentam dois tipos de representação do relevo. A análise dessa representação orienta o uso e a ocupação do espaço. Tendo-as como referência,
a) identifique o tipo de representação do relevo utilizado em cada uma das figuras;
 b) identifique, entre as áreas A, B e C destacadas nas figuras, a área propícia à realização da agricultura mecanizada e explique por que essa área é a mais adequada para essa atividade e como esse aspecto pode ser observado nas figuras apresentadas.
Resposta:
a)
Figura 1 – Carta Topográfica
Figura 2 – Perfil Topográfico
b)
A área propícia à realização da agricultura mecanizada é a área C, pois o relevo é mais plano que as demais. Este aspecto é observado mediante a maior distância entre as curvas de nível (carta topográfica) e a menor declividade (perfil topográfico) A menor declividade da área C facilita o deslocamento e o manejo das máquinas agrícolas.
06 Questão: (UFAL) Observe atentamente a figura a seguir. Trata-se de um esboço de curvas de nível.

Assinale qual a forma de relevo que mais se aproxima do que está representado pelas curvas de nível no trecho XY.
a)

b)

c)

d)

e)


07 Questão: (UFPE-PE) Observe o gráfico a seguir e assinale o item que indica uma falha de representação.
a) As curvas de nível apresentam eqüidistância de 20 m.
b) A aproximação das curvas de nível indica maior declividade do terreno.
c) A curva de 200 m representa o ponto mais elevado do relevo.
d) Cada curva de nível é formada por pontos de idêntica cota altimétrica.
e) A partir de um conjunto de curvas de nível, pode-se obter um perfil topográfico.
Resposta: C.
Observe que, pela representação do morro, o ponto mais alto ultrapassa a linha de 200 metros. 
08 Questão:(UFMA) Com base na figura abaixo, identifique as feições topográficas orientadas pelas direções cardeais e colaterais.
a) Terreno íngreme ao nordeste e aplainados a oeste e a leste.
b) Terreno aplainado ao noroeste e íngreme ao sudoeste e leste.
c) Terreno íngreme ao oeste e leste e aplainado ao norte.
d) Terreno aplainado ao norte e íngreme ao noroeste e sudeste
e) Terreno íngreme ao sudeste e sudoeste e aplainado ao nordeste
09 Questão:(UFLA) Assinale a alternativa que apresenta a interpretação CORRETA do mapa abaixo.
a) A região de maior altitude do mapa localiza-se no quadrante C1.
b) Os quadrantes A1 e B4 possuem terrenos de elevada declividade.
c) O quadrante D2 possui maior altitude, ao ser comparado com o quadrante B3.
d) O quadrante C3 pode ser caracterizado como um vale.
10 Questão:(UNICAMP simulado 2011)  A representação abaixo corresponde a uma porção de uma carta topográfica com desnível entre as curvas de nível de 20 metros. Indique o sentido em que o rio corre e a margem de menor declividade:
a) nordeste e margem esquerda. 
b) sudoeste e margem direita. 
c) sudoeste e margem esquerda. 
d) nordeste e margem direita. 
 

ASSUNTO: FUSOS HORÁRIOS: Noções Gerais

Objetivos da Aula:
 
Fala galera! Tudo bem!! Hoje vamos falar um pouco sobre fuso horário! Iniciaremos nossa aula revisando alguns conceitos gerais sobre,  destacando para isso dois item (linhas imaginarias e o movimento de rotação da Terra) que julgamos necessários para o entendimento do assunto. OK!! Observe a figura abaixo:
a) MOVIMENTO DE ROTAÇÃO: para completar um giro compleo sobre o seu eixo. A Terra é uma esfera (circunferência) e como tal possui 360°.Em relação a posição astronômica da Terra tomndo como referência o Sol, observa-se que os raios solares atingem a superfície terrestre de forma quase perpendicular  (ao mesmo tempo) de norte à sul (no sentido vertical) tingindo apenas uma semi-circunferência,. OK!!!

Devido esse tipo de incidência solar, as horas terrestre foram determinadas através do deslocamento aparente do sol. Contudo, isso causava confusão no momento da determinação do horário de um local em relação aos ostros lugares.
 
Para resolver esse problema, dividiram-se os 360º da Terra pelas 24 horas de duração do movimento de rotação, resultando em 15 graus. Logo, a cada 15 graus que a Terra gira, passa-se uma hora. A cada uma das 24 divisões se deu o nome de fuso.

360º / 24 horas = 15º
Logo, 15º é igual a 1 hora
Pode-se afirmar também que:
1º = 4 minutos


Como a Terra gira em torno de seu próprio eixo de oeste para leste.


Portanto, todos os locais situados a leste de um ponto qualquer verão o Sol “nascer” antes, e os que estiverem a oeste verão o Sol nascer depois, o que nos permite concluir que:


b) MERIDIANOS:
Ao estudar coordenadas geográficas, você deve ter aprendido que a superfície terrestre é dividida no sentio vertical em 360°, tomando como referência o meridiano de Greenwich, (180° a leste de Greewich e 180° a Oeste de Greenwich), e como o globo terrestre está dividido em 24 fusos. Cada fuso abrange uma determinada hora, e possui (quinze graus)
A hora de Greenwich tornou-se a hora universal, no sentido de que é em relação a ela que se determinam os horários em outros pontos do globo terrestre. A leste de Greenwich, as horas aumentam a cada faixa de 15o, variando entre 0 e 12. Ao contrário, a oeste de Greenwich, as horas diminuem, em idêntica variação. O horário de Greenwich também é chamado de GMT, ou seja, Greenwich Mean Time (mean significando "média").
  


COLACANDO EM PRATICA O QUE VOCẼ APRENDEU
Como  resolver problemas de horário envolvendo mais de um fuso. Para resolver qualquer problema de fuso horário, você deve seguir alguns passos:
1º Passo. Quando as longitudes estão em hemisfério opostos, devem ser somadas. Se forem longitudes em mesmo hemisfério, devem ser subtraídas. Por exemplo:
diferentes hemisférios (opostos)
HEM. OESTE   +    HEM. LESTE
soma
mesmo hemisfério (iguais) 
HEM. OESTE   -   HEM. OESTE
HEM. LESTE    -  HEM. LESTE
    diminui

2º Passo.  O resultado obtido deve ser dividido por 15º, o que permitirá descobrir a diferença horária entre os dois locais.

3º Passo.  A diferença horária deverá ser somada à hora conhecida, caso o local que deseja saber a hora, estiver situado a leste daquele horário que já sabemos. Ou então, se o local que deseja saber a hora estiver a oeste daquele já conhecido, a diferença deverá ser subtraída da hora conhecida.


PONTO A LESTE:
hora conhecida + diferença horária = hora do
local pedido no problema
PONTO A OESTE:
hora conhecida - diferença horária = hora do
local pedido no problema

EXEMPLIFICANDO:
Na cidade X, situada a 60º de longitude oeste são 08:00 horas. Que horas serão na cidade Y situada a 90º de longitude leste?
Resolução:
X – 60º de longitude oeste = 08.00h
Y - 90º de longitude leste = ?
01 Passo.  Como as longitudes são opostas. Os valores devem ser somados:
60º oeste + 90º leste = 150º
02 Passo.  Divide-se o valor encontrado por 15º
150º / 15º = 10 horas ou 10 fusos
A diferença horária entre as duas cidades é de 10 horas.
03 Passo.  Desejamos saber a hora em Y. Como Y está a leste de X, significa que devemos somar os valores.
Assim: 08:00 horas + 10:00 horas = 18:00 horas
Resposta: em X, serão 18:00 horas


E lembre-se !!!
Se houver resto na divisão, deveremos
multiplicar esse resto por 4 (quatro), para transformá-lo 
em minutos, porque a cada quatro minutos a Terra
gira 1º em torno de seu eixo.


Exercícios de Aula:
01.   Na cidade X, situada a 60º de longitude oeste são 08:00 horas. Que horas serão na cidade Y situada a 90º de longitude leste?
a)   14:00 horas
b)   15:00 horas
c)   16:00 horas
d)   17:00 horas
e)   18:00 horas
02.   (UFPR) Sobre fusos horários e hora legal, é correto afirmar:
a)   O meridiano de Greenwich passa pela Inglaterra devido à posição estratégica desse país quanto à incidência da luz solar.
b)   No Brasil, a hora legal está adiantada em relação à hora legal dos países do Oriente.
c)   Os fusos horários são definidos em relação a um fuso inicial que marca permanentemente  12 horas (meio-dia).
d)   O fator que determina a hora legal é o comprimento do meridiano pelo qual passa o fuso horário.
e)   Nem sempre os limites teóricos dos fusos são aplicados. Por vezes e por conveniência,  como no caso brasileiro, consideram-se as fronteiras políticas.
03.  (ENEM) O sistema de fusos horários foi proposto na Conferência Internacional do Meridiano, realizada em Washington, em 1884. Cada fuso corresponde a uma faixa de 15º entre dois meridianos. O meridiano de Greenwich foi escolhido para ser a linha mediana do fuso zero. Passando-se um meridiano pela linha mediana de cada fuso, enumeram-se 12 fusos para leste e 12 fusos para oeste do fuso zero, obtendo-se, assim, os 24 fusos e o sistema de zonas de horas. Para cada fuso a leste do fuso zero, soma-se 1 hora, e, para cada fuso a oeste do fuso zero, subtrai-se 1 hora.
A partir da Lei n.° 11.662/2008, o Brasil, que fica a oeste de Greenwich e tinha quatro fusos, passa a ter somente 3 fusos horários.
Em relação ao fuso zero, o Brasil abrange os fusos 2, 3 e 4. Por exemplo, Fernando de Noronha está no fuso 2, o estado do Amapá está no fuso 3 e o Acre, no fuso 4.
A cidade de Pequim, que sediou os XXIX Jogos Olímpicos de Verão, fica a leste de Greenwich, no fuso 8. Considerando-se que a cerimônia de abertura dos jogos tenha ocorrido às 20h 8min, no horário de Pequim, do dia 8 de agosto de 2008, a que horas os brasileiros que moram no estado do Amapá devem ter ligado seus televisores para assistir ao início da cerimônia de abertura?
a)   9 h 8 min, do dia 8 de agosto.
b)   12 h 8 min, do dia 8 de agosto.
c)   15 h 8 min, do dia 8 de agosto.
d)   1 h 8 min, do dia 9 de agosto.
e)   4 h 8 min, do dia 9 de agosto.
04.   (UNICANTO) Duas cidades separadas por 120° de longitude têm uma distância de:
a)  Quatorze fusos horários
b)   Onze fusos horários
c)   Doze fusos horários
d)   Oito fusos horários
05.   (UEG) Um avião decolou do aeroporto da cidade A (45°W) às 7 horas com destino à cidade B (120°W). O voo tem duração de oito horas. Que horas serão na cidade B quando o avião pousar?
a)   11h
b)   10 h
c)   9 h
d)   8 h
e)   2 h
(Ver gabarito no final da aula)
Exercícios de Aprofundamento:

01.   (UFSM) A viagem de um empresário de Santiago (Chile) a Roma (Itália) está organizada da seguinte forma:
  Sai de Santiago (75° de longitude oeste) às 6 horas do dia 2 de janeiro de 2005 e faz escala em São Paulo (45° de longitude oeste), no Brasil, após quatro horas de viagem.
  Depois de uma escala de 2 horas, decola com destino a Roma (15° de longitude leste), durando 10 horas a viagem. Apresente a soma das alternativas corretas:
01)  O avião chega a São Paulo às 14 horas do dia 2 de janeiro de 2005.
02)  O avião chega a Roma às 6 horas do dia 3 de janeiro de 2005.
04)  A diferença de horário entre Santiago e Roma é de 6 horas.
08)  A diferença de horário entre Santiago e São Paulo é de 2 horas.
16)  É impossível prever a hora de chegada em Roma.
Soma_________
02.   (UFPR) Se na efetivação de uma ligação telefônica entre duas cidades brasileiras, aqui denominadas A e B, forem 21 horas na cidade A e 23 horas na cidade B no dia 20 de novembro de 2001, é correto afirmar:
01)  As duas cidades têm um afastamento de, no máximo, 10 graus de longitude.
02)  As duas cidades estão necessariamente na mesma latitude.
04)  O fuso horário que passa pela cidade A tem valor menor que o que passa pela cidade B.
08)  A cidade A é, obrigatoriamente, litorânea e está localizada junto ao Oceano Atlântico.
16)  A diferença horária entre as duas cidades deve-se ao horário de verão; portanto, quando o horário de verão for suspenso, os horários nas duas cidades coincidirão.
32)  As duas cidades têm as mesmas coordenadas geográficas.
64)  A diferença de altitude entre as duas cidades é o fator determinante da diferença horária existente entre as mesmas.
03.  (UFPR) Leia o texto abaixo:
São 19 horas em Kyoto no Japão, cidade localizada a 135º leste de Greenwich, e a televisão japonesa anuncia em rede a ocorrência de um terremoto. Várias localidades do mundo recebem simultaneamente a notícia, dentre elas as cidades de Varsóvia, na Polônia, localizada a 21º leste, e Vancouver, no Canadá, localizada a 123º oeste.
Com base no texto, determine as horas de recebimento da notícia nas duas cidades.
Varsóvia  = __________________
Vancouver = __________________
04.   Um navio emitiu um S.O.S. às 16 horas, hora local. O S.O.S. foi captado num porto onde os relógios marcavam 21 horas. Nesse exato momento em Londres eram 11 horas.
Pergunta-se:
a)   Qual a longitude do navio, no momento em que emitiu o S.O.S.?
b)   Qual a longitude do porto que captou o S.O.S.?
c)   Qual a posição do navio em relação ao porto?


05.(ENEM) – O mercado financeiro mundial funciona 24 horas por dia. As bolsas de valores estão articuladas, mesmo abrindo e fechando em diferentes horários, como ocorre com as bolsas de Nova York, Londres, Pequim e São Paulo. Todas as pessoas que, por exemplo, estão envolvidas com exportações e importações de mercadorias precisam conhecer os fusos horários para fazer o melhor uso dessas informações.
Considerando que as bolsas de valores começam a funcionar às 09:00 horas da manhã e que um investidor mora em Porto Alegre, pode-se afirmar que os horários em que ele deve consultar as bolsas e a sequência em que as informações são obtidas estão corretos na alternativa: 
a) Pequim (20:00 horas), Nova York (07:00 horas) e Londres (12:00 horas);
b) Nova York (07:00 horas), Londres (12:00 horas) e Pequim (20:00 horas);
c) Pequim (20:00 horas), Londres (12:00 horas) e Nova York (07:00 horas);
d) Nova York (07:00 horas), Londres (12:00 horas), Pequim (20:00 horas);
e) Nova York (07:00 horas), Pequim (20:00 horas), Londres (12:00 horas).

RESOLUÇÃO:
Resposta: C
Dunga comemora adaptação do time ao fuso horário
O técnico Dunga comentou nesta terça-feira que um dos maiores acertos da preparação da seleção brasileira de futebol para esta Olimpíada foi ter viajado logo para a Ásia, resolvendo a questão do fuso horário.
(JC, 05.08.2008)
06.(UFABC) – Considerando a diferença dos fusos horários observados no mapa, um evento esportivo que ocorreu em Pequim(1) às 8 horas da manhã do dia 12 de agosto foi visto em São Paulo(2), ao vivo, às
a) 21 horas do dia 11 de agosto.
b) 8 horas da manhã do dia 10 de agosto.
c) 9 horas da manhã do dia 13 de agosto.
d) 20 horas do mesmo dia.
e) 9 horas da manhã do dia 11 de agosto.
RESOLUÇÃO: Resposta: A
 

2 comentários:

  1. Tem certeza que a questão 6, sobre linhas imaginárias e coordenadas geográficas, está com a assertiva corretamente escrita? Acredito que a resposta seria 3° de latitude sul e 178° de longitude leste, visto que a antípoda da latitude mantém a coordenada e inverte o hemisfério, e a antípoda da longitude- inverte os hemisférios e calcula o suplemento da coordenada. Se eu estiver equivocado quanto à questão proposta, gostaria que alguém a respondesse para mim. Obrigado!

    ResponderExcluir
  2. Texto recortado do texto base da aula!
    Veja!!!
    Coordenada antípoda (contrária)
    Para calcular a coordenação antípoda, devemos proceder da seguinte maneira:

    Exemplo:
    20° S
    100° L

    Latitude: manter a coordenada e inverter os hemisférios.
    Longitude: inverter os hemisférios e clacular o arco suplementar, que é igual a 180°.

    Assim, tem-se:

    Coordenadas Antípodas
    20° latitude sul 20° latitude norte
    100° longitude leste 80° longitude oeste

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...