LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tem como objetivo, ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas.


19/11/2012

CARACTERISTICAS DO RELEVO BRASILEIRO:Estrutura Geológicas



Objetivos da Aula:

-Entender o que é o tempo geológico e a sua divisão em "tempo antigo" e "tempo recente";
- Conhecer a distribuição das grandes estruturas geológicas do território brasileiro;
- Compreender que a estrutura geológica é a base de um território, pois corresponde à sua composição rochosa e está ligada ao surgimento de minérios metálicos;
- Conhecer a distribuição dos minérios metálicos no território brasileiro e relacioná-los com o arcabouço geológico brasileiro

NOÇÕES PRELININARES:



Lembrando



Relevo ≠ Estrutura Geológica

- Relevo= corresponde a forma (o modelado) apresentado pela superfície terrestre.
- Estrutura geológica=corresponde a natureza das rochas (tipos de rochas) que compõem o relevo de um lugar   

Assim para entender as atuais formas do relevo brasileira, precisamos 1º conhecer as formas da estruturas geológicas que compõem o território brasileiro.
Para isso precisamos saber que:

-Existem diferentes idades entre as estruturas geológicas brasileiras. E que essa diferença de idade é expressa em eras e períodos geológicos (tempo geológico)  

Como assim???? Bem pessoal, para eu entender melhor e fixar a diferença de idade das estruturas geológicas eu devo primeiro dividir o tempo geológico em dois  grandes períodos. Quais?:
            - os "tempos antigos" e
            -  os "tempos recentes".


Essa divisão é só para melhor entendimento, na verdade essa divisão não existe no real.

Vejamos:

Os "tempos antigos" abrangem o Pré-Cambriano e as eras Paleozóica e Mesozóica - e que estas se associam à configuração do arcabouço geológico. Que corresponde os terrenos originalizados com a gêneses das primeira rochas que formaram a superfície e que ainda existem e são chamados de:
•           - Escudos Cristalino ou residuais
•           - Maciço Antigos ou residuais ou ainda
•           - Cobertura residuais de plataformas planálticas

Esses "tempos antigos" possui grande parte das rochas e estruturas do relevo brasileiro são anteriores à atual configuração do continente sul-americano, que passou a ter o formato atual depois do levantamento da cordilheira dos Andes, a partir do Mesozóico. Isto é, vale dizer que para os terrenos cristalinos as estruturas e formações rochosas são antigas, mas as formas de relevo são recentes, decorrentes do desgaste erosivo.

Os "tempos recentes" abrangem os períodos Terciário e Quaternário da Era Cenozóica, associando-se à modelagem do relevo.

Nesses "tempos recentes"  foram formadas as bacias recentes que correspondem ao terciário e quaternário (Cenozóico 865 milhões de anos) e correspondem aos terrenos do Pantanal Mato-grossense, parte da bacia Amazônica e trechos do litoral nordeste e sul do país.

CONTUDO é importante saber que  restante do território brasileiro tem bacias sedimentares que tem  idades geológicas que vão do Paleozóico ao Mesozóico (o que significa entre 570 milhões e 225 milhões de anos), para as grandes áreas sedimentares, e ao pré-cambriano (acima de 570 milhões de anos ).Isto é bastante antigas.






ESTRUTURA GEOLÓGICA BRASILEIRA:
O território brasileiro é formado, basicamente, por dois tipos de estrutura geológica: os escudos cristalinos (blocos cratônicos) e as bacias sedimentares.
Estrutura geológica e mineração no Brasil (Foto: Reprodução)
As formações serranas originaram-se de dobramentos antigos, constituídos antes da Era Cenozóica. Por exemplo: os dobramentos que originaram a Serra do Mar e a Serra da Mantiqueira remontam à Era Arqueozóica, e os que originaram a Serra do Espinhaço, datam da Era Proterozóica.

a) Áreas cratônicas: terrenos arqueozóicos e proterozóicos

Geologicamente estáveis, os crátons têm grande importância econômica porque abrigam as principais jazidas de minerais metálicos, como ferro, manganês, cobre. Por serem muito antigos, a ação dos agentes externos do relevo (clima, rios, mar, etc.) modelou-os, dando origem a formas arredondadas, os planaltos cristalinos. Do território brasileiro, 36% correspondem aos escudos cristalinos, assim distribuídos:

- 32% são da Era Arqueozóica. Esses terrenos, os mais antigos do país, são constituí­dos por rochas magmáticas intrusivas ou internas (como o granito) e metamórficas (como o gnaisse) e formam o chamado Embasamento ou Complexo Cristalino Brasileiro;

- 4% são terrenos da Era Proterozóica, em que predominam as rochas metamórficas. Possuem grande importância econômica porque neles se localizam as principais jazidas de minerais metálicos do país. É o caso das jazidas de ferro do Quadrilátero de Ferro (MG), da Serra dos Carajás (PA) e do Maciço de Urucum (MS); das jazidas de manganês da Serra do Navio (AP); da bauxita de oriximiná (PA); da cassiterita de Rondônia.

Podemos também considerar os escudos cristalinos em dois grandes blocos: o Escudo das Guianas, situado ao norte, e o Escudo Brasileiro, que abrange as porções central, leste e sul do país e se encontra subdividido em várias partes denominadas núcleos ou escudos propriamente (Sul-Amazônico, Atlântico, Uruguaio-Sul-Rio-Grandense).

b) Bacias Sedimentares

As bacias sedimentares cobrem 64% da área total do Brasil e classificam-se, quanto extensão, em grandes bacias (Amazônica, do Meio-Norte, Paranaica, Sâo-Franciscana e do Pantanal) e pequenas bacias (do Recôncavo Baiano, de São Paulo, de Curitiba).

Quanto à idade classificam-se:

Bacias antigas:
- paleozoicas (São-Franciscana e Paranaica) - e
- mesozoica (Meio Norte e do Recôncavo)

Bacias recentes:

- cenozoicas terciárias (Central e Costeira) e
- quatenárias (Amazônica e do Pantanal).

Aproveitamento Economico

 NOÇÕES PRELIMINARES:

Minerais são substâncias químicas, geralmente sólidas, encontradas na superfície da Terra. Apesar de sua variedade, todos os minerais apresentam diversas características comuns: cada um deles é um sólido químico determinado; cada um tem uma estrutura cristalina única; e na sua maioria nunca fizeram parte de um organismo vivo.
Diversos tipos de rochas existentes na Terra possuem na sua composição substâncias minerais de grande aplicação econômica. Quando essas substâncias são utilizadas economicamente, recebem o nome de minérios.


 a) APROVEITAMENTO ECONOMICO NAS BACIAS SEDIMENTARES:

As bacias sedimentares são estruturas geológicas de grande importância econômica pelo fato de abrigarem jazidas de recursos minerais energéticos, como o petróleo e o carvão mineral.

O petróleo extraído no Brasil é proveniente de bacias sedimentares tanto continentais (por exemplo, a Bacia do Recôncavo Baiano) quanto marítimas (por exemplo, a Bacia de Campos, no Rio de Janeiro). No tocante ao carvão mineral, as principais jazidas e a quase totalidade da produção encontram-se na Bacia Paranaica, a maioria em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul.
A)  Observação: Bacia sedimentar x planície

Não devemos confundir bacia sedimentar, denominação que se refere à estrutura, com planície, que se refere à forma. A estrutura geológica sedimentar indica a origem, a formação e a composição do terreno, ocorrida ao longo do tempo geológico. Durante sua formação, enquanto a sedimentação supera os processos erosivos, a bacia sedimentar é sempre uma planície. Uma bacia sedimentar que no passado foi uma planície pode estar atualmente sofrendo um processo de desgaste e, portanto, corresponder a um planalto ou a uma depressão, como as da Amazônia. Em contrapartida, bacias sedimentares que hoje estão em processo de formação correspondem a planícies. Um exemplo: a planície do Pantanal.



ATIVIDADE DE FIXAÇÃO:


1ª Questão: Em relação ao território brasileiro, cerca de 64% é formado por bacias sedimentares, sendo os 36% restantes constituídos por plataformas ou escudos cristalinos. Desses, 32% pertencem à era Arqueozóica e 4% à era Proterozóica. Apesar de constituírem uma pequena área, os terrenos proterozóicos são muito importantes porque:

(A) ali estão localizadas as reservas de petróleo e carvão.
(B) possuem minérios, como, por exemplo, o granito e a ardósia.
(C) contém reservas minerais importantes, como as de ferro e manganês.
(D) possuem calcário, importante material para a fabricação de cimento.
(E) na verdade, as reservas minerais estão localizadas em áreas do Cenozóico.


A alternativa correta é a letra:C



GEOGRAFALANDO COMENTA:
É importante ter atenção com a comanda da questão:
Observe que a banca quer saber sobre o aproveitamento econômico dos terrenos Protorozóico do território brasileiro! O que se sabe é que neles se localizam as principais jazidas de minerais metálicos do país. É o caso das jazidas de ferro do Quadrilátero de Ferro (MG), da Serra dos Carajás (PA) e do Maciço de Urucum (MS); das jazidas de manganês da Serra do Navio (AP); da bauxita de oriximiná (PA); da cassiterita de Rondônia.

Galera!!! Você poderia está em dúvida em relação a LETRA "B". Ela está INCORRETA por que? porque o granito é um tipo de minério que não é  metálico e que está  presente em terreno Arqueozóico, são terrenos  constituí­dos por rochas magmáticas intrusivas ou internas (como o granito) e metamórficas (como o gnaisse).


2ª Questão: Em relação às bases geológicas e ao relevo do território brasileiro, é INCORRETO afirmar que:

(A) os terrenos proterozóicos apresentam grande importância econômica, pois aí se localizam recursos minerais como o ferro, o manganês, a bauxita, o ouro e outros.
(B) as bacias sedimentares possuem grandes reservas de petróleo e carvão, sendo que Santa Catarina é o maior produtor de carvão mineral.
(C) o relevo brasileiro é modesto, pois sofreu desgaste pelos agentes de erosão ao longo das eras geológicas, o que ocasionou a diminuição de suas altitudes.
(D) o Brasil possui escudos antigos, bacias sedimentares e também os dobramentos modernos, com suas grandes altitudes.
(E) os terrenos do planalto Atlântico são antigos, datam do Pré-Cambriano e, pelo desgaste sofrido, possuem trechos arredondados na forma de "pães de açúcar" ou morros em "meia-laranja".

A alternativa correta é a letra:D

GEOGRAFALANDO COMENTA: A ocorrência de dobramentos modernos são frutos do choque de placas que se movem no mesmo sentido. Quando isto ocorre as consequências podem ser: fortes tremores de terra e intensa atividade vulcânica que podem originar ilhas ou cadeias de montanhas. Como exemplo na América do Sul, o choque entre as placas Nazca e Placa Sul-Americana originaram a Cordilheira dos Andes.  
No caso brasileiro mesmo localizado em uma placa tectônica (Placa Sul-Americana) aonde existe dobramentos moderno (as Cordilheira dos Andes) esse tipo de estrutura geológica não existe no território brasileiro, pois ele só ocorre na porção ocidental do continente sul americano, e o território brasileiro se localiza na porção centro-oriental da placa Sul -Americana daí a ausência de dobramento moderno no território brasileiro. 

3ª Questão: Observe a figura. 


As áreas mapeadas representam importantes reservas predominantes e exploração de:

(A) cobre
(B) urânio
(C) estanho
(D) bauxita
(E) minério de ferro


A alternativa correta é a letra:E

GEOGRAFALANDO COMENTA:

Quadrilátero Ferrífero é uma região localizada no centro-sul do estado de Minas Gerais, que é a maior produtora nacional de minério de ferro. 60% de toda a produção nacional sai da região, que tem uma área de aproximadamente 7 mil quilômetros quadrados e abrange os municípios de Sabará, Santa Bárbara, Mariana, Congonhas, Ouro Preto, João Monlevade, Rio Piracicaba, Itaúna e Itabira, entre outros. Além do minério de ferro, também são extraídos do Quadrilátero Ferrífero, ouro e manganês.

4Questão:  A Serra dos Carajás é considerada a maior província mineral do planeta, com abundância de diversos minerais. Dos minerais relacionados abaixo, apenas um deles não é encontrado lá. Qual?

(A) Bauxita
(B) Cobre
(C) Manganês
(D) Carvão mineral
(E) Minério de ferro
A alternativa correta é a letra:D

GEOGRAFALANDO COMENTA:


Carvão mineral é um dos tipos de combustível fósseis, encontrados somente estruturas geológicas de bacias sedimentares. Estas são de grande importância econômica pelo fato de abrigarem jazidas de recursos minerais energéticos, como o petróleo, gás natural e o carvão mineral.
A serra dos Carajás, no estado do Pará, é um terreno proterozoico, nesse tipo de terreno  há rochas metamórficas que formam jazidas minerais (ferro, níquel, chumbo, ouro, prata, diamantes e manganês).
.
5ª Questão:UVA 2004.2 O Brasil apresenta 64% do seu território formado por bacias sedimentares e 36% por escudos cristalinos. Dos escudos, 32% pertencem à era Arqueozóica e 4% à era Proterozóica. Apesar de reduzidos em área, estes últimos são importantíssimos porque:

(A) possuem petróleo e carvão
(B) o enunciado é incoerente porque minérios só aparecem na era Cenozóica
(C) possuem minérios, tais como ferro e manganês
(D) possuem calcário, importante para a fabricação de cimento

GEOGRAFALANDO – COMENTA:
O relevo Pré-Cambriano é dividido em Arqueozóico, que é representado pelas rochas cristalinas e Proterozóico, onde são encontrados jazidas de minerais metálicos. 


Resposta correta: "C "


 6ª Questão: Analise os enunciados abaixo:


I- “As reservas brasileiras estão entre as maiores do mundo, com cerca de aproximadamente 4 bilhões de toneladas. Este minério tem larga utilização em vários ramos da economia, como a indústria de bebida, aeroespacial e de utensílios”.
II- “Trata-se de um minério vital para o desenvolvimento da indústria siderúrgica, a partir da união desse minério com ferro é obtido o aço. As reservas brasileiras giram em torno de 160 milhões de toneladas”


Os textos referem-se, respectivamente, aos minérios de:


(A) Alumínio e Chumbo.
(B) Cobre e Alumínio.
(C) manganês e Cobre.
(D) Sal marinho e Estanho.
(E) Alumínio e Manganês.

Resposta correta: "E "
GEOGRAFALANDO COMENTA:


Alumínio:

Texto I refere-se ao alumínio que é fabricando partir do minério da bauxita, Sua extração acontece, exclusivamente, na Serra do Oriximiná, no estado do Pará. Importante matéria-prima na produção de eletrodomésticos, material elétrico, entre muitos outros.

Manganês: 
 Texto II refere-se ao manganês que tem seu uso vinculado à fabricação do aço e de diversos produtos químicos. O Brasil é o terceiro produtor mundial de manganês, com uma produção aproximada de 1,3 milhão de toneladas ao ano. Sua extração ocorre, especialmente, em jazidas situadas na Serra dos Carajás, Quadrilátero Ferrífero e Maciço do Urucum. Grande parte da produção tem como destino o mercado externo, sendo absorvida principalmente pelos Estados Unidos, Europa e Japão. 

 
7ª Questão: O Brasil é um dos países que mais extrai bauxita, o mineral base para a produção de alumínio, produto de grande aceitação no mercado industrial.



Determine qual a principal área de extração no Brasil:
(A) Serra de Carajás.
(B) Quadrilátero Ferrífero.
(C) Projeto Oriximiná.
(D) Serra do Navio.
(E) Serra da Mantiqueira.

Resposta correta: "C "
GEOGRAFALANDO COMENTA:
Sua extração acontece, exclusivamente, na Serra do Oriximiná, no estado do Pará.
8ª Questão: UVA 2004.1  Rochas que resultam da destruição de rochas mais antigas e de transformações sofridas por outros materiais, de origem química ou orgânica. Ex. Carvão mineral.
(A) rochas magmáticas ou eruptiva
(B) rochas sedimentares
(C) rochas metamórficas
(D) rochas intrusivas.
CLF – COMENTA:

O carvão mineral, assim como outras rochas, como o petróleo e o xisto betuminoso, e originaram de matéria orgânica, depositadas nas eras paleozóicas e mesozóicas.


Resposta Correta: “B”
 
9ª Questão:  (Fgv 2007) Considere o mapa apresentado.

A partir dos dados apresentados, assinale a alternativa correta.

(A) A maior quantidade de minerais concentra-se em áreas sedimentares, situadas em região de clima tropical de estações contrastadas e, em menor grau, na Amazônia.

(B) As áreas de escudos são responsáveis por grandes reservas de minerais, sendo as localizadas no Brasil-Central e no Atlântico as mais abundantes.

(C) Na Bacia do Paraná, encontram-se as maiores reservas de manganês no Brasil, associadas também a reservas de ouro e prata.

(D) No Maciço de Urucum, no Mato Grosso, as reservas de ferro e manganês situam-se em áreas sedimentares.

(E) O clima semi-árido encontrado no Nordeste é o responsável pela ausência de grandes reservas de minerais metálicos.


10ª Questão: Bacias sedimentares são depressões dos antigos escudos que receberam sedimentos dos próprios escudos. Os recursos minerais típicos destas formações são:

(A) ferro e níquel.
(B) carvão mineral e petróleo.
(C) ouro e manganês.
(D) bauxita e cassiterita.
(E) cobre e petróleo.

11ª Questão: No que diz respeito à estrutura geológica brasileira, considere as afirmações abaixo:

I- Há predomínio de bacias sedimentares (64% do território) cuja importância econômica está associada à exploração de jazidas de carvão mineral e petróleo.

II- O derrame vulcânico da era paleozóica que atingiu áreas das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, quando sofre a ação do intemperismo, dá origem a um solo bastante fértil, a terra roxa.

III- Há dois escudos, o brasileiro e o das guianas, onde são encontradas importantes jazidas de minerais, tais como ferro, manganês, ouro, entre outros.

São corretas as informações:

(A) I, II e III                   
(B)I e II           
(C) II apenas
(D) II e III                
(E)III apenas

12ª Questão:UEL - A estrutura geológica do Brasil é composta por:

I. Escudos cristalinos, muito antigos, de rochas rígidas e resistentes que originaram planaltos e algumas depressões, compondo 1/3 do território nacional.
II. Bacias sedimentares compostas de rochas sedimentares que originaram as planícies, planaltos sedimentares ou depressões, ocupando cerca de 64% do total do país.
III. Dobramentos modernos que originaram planaltos e relevos montanhosos, formados no Terciário, ocupando cerca de 30% do território nacional.
IV. Escudos cristalinos recentes, pouco desgastados por processos erosivos, que deram origem às formas de relevo no qual predominam os planaltos montanhosos distribuídos por quase todo o território nacional.

Assinale a alternativa correta.

(A) Somente as afirmativas I e II são corretas.
(B) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
(C) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
(D) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
(E) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

13ª Questão:. (UERJ) A crosta terrestre é formada por três tipos de estruturas geológicas, caracterizadas pelos tipos predominantes de rochas, pelo processo de formação e pela idade geológica. Essas estruturas são os maciços cristalinos, as bacias sedimentares e os dobramentos modernos. Sobre esse assunto, é CORRETO afirmar:

(A) os maciços antigos ou escudos cristalinos datam da era pré-cambriana, são constituídos por rochas sedimentares e são ricos em jazidas de minerais não metálicos.

(B) as bacias sedimentares são formações muito recentes, datando da era quaternária, ricas em minerais energéticos e com intenso processo erosivo; constituem 64% do território brasileiro.

(C) os dobramentos modernos, resultantes de movimentos epirogenéticos, são constituídos por rochas magmáticas, datam do período terciário e são ricos em carvão e petróleo, como os Andes, os Alpes e o Himalaia.

(D) as principais reservas petrolíferas e carboníferas do mundo encontram-se nas bacias sedimentares, enquanto minerais como ferro, níquel, manganês, ouro, bauxita etc. são encontrados nos maciços cristalinos; os dobramentos modernos constituem áreas de intenso vulcanismo.

14ª Questão: (Uece) Tratando-se da estrutura geológica do Brasil, todas as afirmações a seguir são verdadeiras, EXCETO:

(A) as grandes estruturas do país são formadas por escudos cristalinos e por bacias sedimentares
(B) a parte central da Amazônia é formada por rochas que compõem uma extensa bacia sedimentar
(C) recursos naturais como petróleo, gás natural e carvão mineral ocorrem nos escudos cristalinos
(D) as grandes reservas de águas subterrâneas se localizam em rochas porosas das bacias e coberturas sedimentares.



15ª Questão: (Ufpel 2007) Relevo é o conjunto de diferentes formas apresentadas pela superfície terrestre, as quais são definidas pela estrutura geológica a partir da combinação de ações da dinâmica externa e interna da Terra.
Com base no texto anterior e em seus conhecimentos, é correto afirmar que

(A) as modificações ocorridas no relevo brasileiro devem-se à intensa atividade geológica interna no passado, como vulcanismo, terremoto e dobramentos, verificadas no Brasil.

(B) considerando que planícies são relevos em construção e planaltos relevos em destruição, no caso brasileiro, não devemos levar em conta os processos que os constituíram para tal classificação.

(C) o clima tipicamente quente e úmido do Brasil não condiciona os mecanismos externos de atuação do intemperismo e da erosão sobre as rochas cristalinas e sedimentares.

(D) o relevo não exerce influência sobre a pecuária e as atividades agrícolas no caso brasileiro, por sua característica de baixas altitudes.

(E) predominam baixas altitudes no relevo brasileiro, e isso se deve à inexistência de dobramentos modernos durante o período terciário.

16ª Questão: (Puccamp) Não, é nossa terra, a terra do índio. Isso que a gente quer mostrar pro Brasil: gostamos muito do Brasil, amamos o Brasil, valorizamos as coisas do Brasil porque o adubo do Brasil são os corpos dos nossos antepassados e todo o patrimônio ecológico que existe por aqui foi protegido pelos povos indígenas. Quando Cabral chegou, a gente o recebeu com sinceridade, com a verdade, e o pessoal achou que a gente era inocente demais e aí fomos traídos: aquilo que era nosso, que a gente queria repartir, passou a ser objeto de ambição. Do ponto de vista do colonizador, era tomar para dominar a terra, dominar nossa cultura, anulando a gente como civilização.
(Revista "Caros Amigos". ano 4. nŽ. 37. Abril/2000. p. 36).

Objeto de ambição, eis uma expressão que cabe perfeitamente quando nos referimos ao subsolo brasileiro. Explica a afirmação, dentre outras causas,

(A) a extensa área de terrenos pré-cambrianos ricos em minérios.
(B) a ocorrência de combustíveis fósseis no escudo cristalino.
(C) a baixa altimetria, responsável pela concentração mineral.
(D) a ausência de alterações geológicas desde o Mesozóico.
(E) os vários períodos de glaciação durante o Cenozóico.



Fim!!!

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...